TÔNICA DA SEMANA – 20161114

A Tônica

NÃO DIGAM QUE NÃO AVISEI!!! 

BRASIL – REVERSOR INDEX E BOTÃO EJECT?!

Está registrado….cá estamos nós 9% abaixo nos 59k. Falei…saiu na capa da EXAME, não pensa, VENDE!

 

E O TRADE AQUELE..

Outra coisa que comentei na tônica da semana passada foi a compra de uma PUT de BOVA…lembram?

“Trade arriscado. Com isso, acho justo aquela “apostinha” numa PUT Trump….uma opção de venda de BOVA ou S&P, uma call no dólar, uma posiçãozinha no ouro…vai que né?!”

TÔNICA DA SEMANA – 20161107

Só pra botar em contexto que o Ibov caiu 9%, o dólar saltou dos R$ 3,2 e chegou a bater R$ 3,5. Mas nem tudo teria dado certo…não sou Empiricus, logo aquilo que não teria dado certo eu mostro! A compra de ouro ou venda de S&P não foram boas opções….

 

Sinceramente, eu fiquei mais ou menos assim semana passada: 

 

ENTENDENDO…

Pois bem o que sacudiu a semana: (i) efeito Trump que trouxe  volatilidade no primeiro momento, mas logo após, com um discurso brando e a expectativa com um pacote de investimentos massivos em infra-estrutura, acabou mudando o tabuleiro de investimentos no mundo; (ii) reprecificação de ativos em contexto global com preferência por industrials e bancos nos EUA, aumento da expectativa de elevação de juros nos EUA que puxou a curva de juros lá, maior força no Dólar, puxada das commodities seja por bolha, seja pela expectativa de demanda; (iii) e ainda tivemos o pronunciamento do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles e o suposto cheque apresentado pela defesa de Dilma tentando incriminar Temer.

Sobre os efeitos do TRUMP escrevi um post na quarta onde chamei atenção mais uma vez para essa questão do dólar…

E O CISNE NEGRO POUSA NA SALA…

 

 

OLHANDO PRA FRENTE … RECUPERA? 

Seguindo a lógica dos pontos levantados acima…

Ponto III….Sobre as denúncias, parece meio exagero…mas na paúra teve gente falando que a chapa Dilme/Temer poderia ser impugnada e teríamos o caos de novo …. acho exagero e não aposto nisso não, mas de qualquer forma olhando por essa ótica penso que tem volatilidade e receio ainda para apostas mais pesadas no IBOV esse mês porque temos Cunha e Odebrecht ainda falando…e pelo lado positivo não vejo evento político algum que seja trigger pra nossa bolsa.

Ponto I…. Penso que a paúra com Trump já passou e volatilidade tende a diminuir….diminuir, não desaparecer, pois ninguém sabe efetivamente como será seu governo…as indicações das próximas semanas podem acalmar mercado…sigo achando que tem muito exagero na mesa e que isso acalma, o que é bom pra nós.

Ponto II…aqui uma dúvida cruel! Não sei dizer mas acho que há um exagero enorme com as commodities…abordo mais isso no meu post MINÉRIO, METALICOS, AMY WINEHOUSE E VALE5 – parte 2. Acho também essa reprecificação toda exagerada…veja que OBAMA quando assumiu os EUA em meio a crise lançou um pacote de bondades que remontou US$ 831 BI (American Recovery and Reinvestment Act of 2009) e nem por isso tivemos uma reprecificação monstra de commodities e afins…então acho que mercado está exagerando.

Em suma acho cedo para recuperação…penso que é muito mais uma semana de estabilização pós paúra, mercado parando para respirar…aqui fica difícil distinguir o que é análise de “esperança” digamos assim… além do mais grande parte da realização que vimos foi decorrente de fluxo, logo fica difícil estimar quando isso será estancado. 

“In the short-term the election of Donald Trump as president is causing a bit of uncertainty and markets tend to overreact to that,” said Shane Oliver, Sydney-based head of investment strategy at AMP Capital Investors Ltd., which manages about $121 billion. “I suspect the dust will settle down in the next couple of months and this sort of market overreaction will provide opportunities.”

 

No mais temos a agenda que acaba sendo menos importante nesse momento…

Agenda: 

Segunda: temos dados da produção industrial na China e investimentos em ativos fixos; produção industrial também na Europa e fala do Mr.Draghi; nos EUA temos discursos de alguns do FED

Terça: é feriado no BR, mas o mercado não para, temos o PIB trimestral e o índice Zew de atividade econômica, ambos os dados de Alemanha e da Europa em nível agregado; tem o CPI inglês; e nos EUA as vendas no varejo, estoques das empresas e o índice Empire State de atividade industrial.

Quarta: desemprego no UK ; PPI, produção industrial e estoques de petróleo nos EUA.

Quinta: vendas no varejo inglês; CPI na Europa; dados de housing nos EUA, além do CPI, índice de atividade industrial da Filadélfia e pedidos de desemprego. Também temos Jannet Yellen discursando.

Sexta: teremos finalmente um dia calmo? Quem sabe…ao menos a agenda é tranquila. Temos o PPI da Alemanha, outro discurso do Draghi e um discurso do presidente do BundesBank…ah tem uns diretores do FED falando.

 

E temos ainda uma porrada de balanços…

 

Ahh e teve a entrevista do Trump…o cara insiste no muro?!?! Tsic, tsic!

“We don’t need no education…”

 

Resultado de imagem para trump the wall pink floyd

Leave a Reply