CARTEIRA WILL – 20161121

Carteira do Will

Vamos lá uma alteração importante na minha carteira.

Reduzi minha exposição a ações de 28% para 25% da carteira. Veja bem, não é falta de crença em ações de forma alguma…nem acho que o mercado esteja caro ou já tenha subido o que tinha pra subir..não é nada disso.

Na verdade por questões vi uma oportunidade muito grande nas NTN’s. O risco Trump mexeu com as curvas de juros no mundo…e no Brasil não foi diferente…isso tornou o investimento em juros muito interessantes a meu ver.

jurosbrnov16

 

Sigo acreditando que os juros cairão além do que hoje está precificado na curva…com isso vi uma oportunidade de ouro em comprar uma NTN longa (2035) e ganhar apostando no fechamento de curva e consequente valorização do título. Comprei pagando IPCA+6,2% a meu ver nada mau.

Fica a dica!

Por que a longa? Por que o impacto no preço do título é mais elevado logo se eu estiver certo, a possibilidade de ganho é maior.   A propósito, as NTN’s que comprei em fevereiro (a 2024) já me rendem mais de 20% no ano caso eu me desfizesse delas.

carteirawill3nov16b

 

Em ações também alterei a estrutura da carteira.

 

A mais relevante foi a venda de VALE5. Fiz na segunda e cheguei a estar ganhando 8,5% no intraday na sexta….zerei uma parte com um bom ganho (+6,4% em 3 dias!)…. de acordo com o fechamento (R$22,2) o ganho é menor, 5,5% no restante da posição. Parece pouco, mas me sinto satisfeito…além do mais, com metade da posição já deu pra recuperar o prejuízo sofrido nas opções.

Os motivos da venda já foram amplamente abordados nos posts sobre a bolha das commodities metálicas chinesas:

MINÉRIO, METALICOS, AMY WINEHOUSE E VALE5 – parte 2 

 

 

carteirawill3nov16

 

Clube de investimento. Tive que tirar meus recursos do clube, por questões eu diria técnicas…enquanto ainda não transformamos em fundo, havia uma insuficiência de espaço para novos cotistas, então sai fora para dar espaço aos clientes…tão logo tenhamos o Fundo operando posso retornar…além do mais iremos abrir outro clube e serei um cotista desse que terá a mesma estratégia do clube atual.

Por ora estou de olho em BRML…penso que essa elevação na curva de juros afetou demasiadamente a empresa…logo se os juros voltarem a cair repercutindo o cenário que tenho para Brasil no médio prazo, isso poderia impactar suas ações na minha opinião…veremos.

 

Enfim, era isso.

 

 

Leave a Reply