paravale

CHINA, MINÉRIO, METALICOS, AMY WINEHOUSE E VALE5 – parte 4

Bolsas, China, Lá Fora

Bom vamos lá dar um update nisso aqui. Uns tempos atrás escrevi que acreditava que existia uma bolha nas commodities metálicas, especialmente o minério de ferro, a qual estava sendo alimentada pela elevada liquidez existente nos agentes chineses.

Entenda: a China temm um nível de popança agregada elevada em sua economia; dado que sua taxa básica de juros é baixa, eles tem buscado maiores yields em diversos ativos, o que tem gerado anomalias, tais como a supervalorização de sua bolsa em 2015 com a consequente queda em janeiro de 2016, alta nos preços dos imóveis, bitcoin e por aí vai…com isso acredito que isso esteja inflando os preços desses ativos (commodities metálicas), até porque é uma forma de investimento em um ativo dolarizado, uma vez que sua moeda vem desvalorizando frente ao dólar e o governo aplica rígidos controles de capitais. Os links dos posts:

MINÉRIO, METALICOS, AMY WINEHOUSE E VALE

MINÉRIO, METALICOS, AMY WINEHOUSE E VALE5 – parte 2

MINÉRIO, METALICOS, AMY WINEHOUSE E VALE5 – parte 3

O resultado foi que o minério tem tido uma performance muito além da média de outras commodities no mundo, dá uma olhada (em azul a média das commodities):

 

ironoreXcommodities

 

Mas, os mercados podem permanecer irracional por mais tempo que nós líquidos…e o fato é que o minério não arrefeceu! Ou seja, é verdade que TENHO ESTADO ERRADO e não houve realização relevante no preço do minério, vide gráfico abaixo.

 

ironore

 

Alguns pontos ajudaram os “bulls” no minério. Analistas do Goldman pontuaram bem a meu ver: 

 

  • A demanda chinesa realmente surpreendeu a todos. Após estímulos monetários massivos no primeiro semestre, RMB 14 trilhões, equivalente a 35% do PIB chinês, a demanda respondeu no segundo semestre, com as vendas de casas crescendo 27% YoY, venda de carros +14% YoY e de escavadoras +17%.

 

  • Estocagem. Além de puxar a demanda por minério, fez com que distribuidores e siderúrgicas se estocassem para não serem pegos de surpresa, logo, diferentemente de 2015 quando houve desestocagem, em 2016 os estoques aumentaram.

 

  • Carvão (IMPORTANTE). Esse talvez tenha sido o principal ponto de mudança “estrutural” e que possui um embasamento no cenário fundamental. Com a  escalada de preços do carvão por conta de cortes de produção por mineradoras chinesas, os produtores de aço se viram na necessidade de elevar preços de seus produtos e também usar mais minério na mistura, como forma de mitigar o impacto em suas margens. Abaixo o gráfico do contrato futuro de carvão na bolsa de Chicago…o certo mesmo seria ver o cotado lá na China, mas esse dá uma boa ideia.

 

coalUS

 

Aí junto a isso tem aquelas notícias de uma demanda muito potente vinda dos estímulos fiscais que Trump aplicaria nos EUA e seu potencial de alavancar a demanda por minério….mas já falei que isso é BULLSHIT, não consegue de fato influenciar demanda de minério a ponto de sustentar esse preço.

 

Agora o que de fato é relevante e também vem ajudando a sustentar o minério, são os anúncios de cortes de produção de minas ineficientes. Algo que o governo já vinha colocando como necessário e no qual já vinha agindo. Ainda que pequenos comparado aos projetos massivos de minério (tal qual Carajás), eles ajudam a determinar um “mood” mais otimista com a commoditie.

Chinacutingoutput

“Chinese authorities at a CISA conference held in Beijing reaffirmed their intent to shut down illegal furnaces and trim the country’s excess steel capacity, lending a fillip to steel prices which has been further boosted by winter restocking ahead of Chinese New Year,” said analysts at The Steel Index.

ANZ’s commodity research team agreed with that view: “Further closures of steel capacity in the Hebei province in China due to pollution issues has seen steel prices rebound over the past few days, dragging iron ore prices higher,”

Isso é sim um evento altista para preço, mas que ainda seria insuficiente para gerar um desbalanço capaz de mudar as estimativas de quem estuda o mercado de minério.

Nesse sentido, estou MUITO interessado em ver o que a Vale tem a dizer a respeito…suas estimativas para preço da commodity.

 

Reforço aqui minha opinião: acredito que o preço do minério está se mantendo em patamares desconexos de seus fundamentos, fato esse que não se sustenta no longo prazo!

Recentemente li:

“Eu creio que é algo puxado por especuladores de novo”, disse Richard Lu, analista da consultoria CRU, em Pequim. Em termos de aço, não vimos qualquer suporte real para isso do ponto de vista da demanda.”

“O inverno se aproxima e a maior parte da construção no norte da China já está suspensa porque está muito frio e por isso a demanda por aço está caindo”, disse Lu.

O ponto é que apesar de tudo quanto mais eu leio, mais eu vejo gente citando especulação e menos funchinesetradingbananadamento para essa alta e manutenção de preço de minério de ferro! 

“Iron ore prices have remained disconnected to the fundamentals in our view since late October, ranging from $US60-$US83/tonne despite clearly abundant supply of iron units,” Macquarie analysts said in a note.

Estoques em níveis elevadíssimos lá nos portos chineses. São 111.55 milhões de toneladas segundo dados de dezembro o maior patamar desde setembro de 2014.

Sigo achando que essa alta não é derivada de uma super demanda advinda de projetos de infraestrutura de Trump, ou de um crescimento acelerado chinês… A meu ver o que tem por trás disso é um monte de chinês operando minério como quem aposta no vermelho 27 na roleta!! Ou como o vendedor de bananas aí do lado operando o minério…rs (suposição minha)…a propósito, nada contra vendedor de frutas.

 

 

Abaixo as previsões do pessoal do Goldman Sachs e Santander para o preço do minério ao longo do ano: 

Goldman minerio

vale_santander-estimativas

 

 

Questão é que isso tem sustentado toda essa alta de Vale em bolsa e acho muito difícil o papel cair sem que haja uma realização forte no minério. Isso porque se os preços se mantiverem nesse patamar, de fato existe muito valor na Vale…mas muito mesmo! Analistas do BTG fizeram um estudo de sensibilidade interessante o qual replico abaixo:

– A US $ 80 / t (assumindo que os preços permanecem estáveis ​​durante todo o nosso período de previsão) = Vale valeria cerca de US $ 21 (+ 139% de valor positivo)

– A US $ 70 / t = Vale valeria cerca de US $ 17 (+ 90% de valor)

– A US $ 60 / t = Vale valeria cerca de US $ 12,6 (+ 40% de valorização)

– A US $ 50 / t = vale valeria em torno de US $ 8 (-10% downside) —– Nota: nosso caso base é de cerca de 50-55 / t para 2017 (este é 34% abaixo spot).

– A US $ 40 / t = Vale valeria cerca de US $ 4 (-60% de desvantagem)

 

E obviamente não preciso nem dizer que se o preço do minério permanecer nesses patamares, a geração de caixa da Vale seria MTO porrada!

Como comentei na Carteira Will, essa semana abri mais uma operação vendida na Vale…a última deu calor mas consegui sair com ganho…vamos ver agora. Não tenho nenhuma ideia se o minério vai realizar essa semana, mas continuo achando o movimento estranho. E quero MUITO ver o preço de venda do minério da Vale nesse 4t16 pra ver se ela conseguiu pegar essa alta toda de fato.

 

Pra Vale eu canto: “meet u downstairs in the bar and heard…por ora sigo “cheating myself”  tentando ganhar operando Vale vendido.  

4 comments

    • hahahahha
      Bah pior…foda neh cara…
      Q nem Gerdau que ano todo eu fiquei com receio dela por conta da alta do carvão e de insumos dela e mercado cagou e o papel subiu.
      Hoje no Valor saiu uma repo do carvão subindo e vieram me perguntar sobre o q eu achava, dado que tem implicações nas siderurgicas…minha resposta: não sei de mais nada! rs

      • Mas acho justo fazer a parte cinco! Pelo fundamento era tudo especulação chinesa, do jeito que minério ta caindo nos últimos dias, a análise foi 100% certa. Vamos ver os próximos dias

Leave a Reply