pexels-photo-160153

TÔNICA DA SEMANA – 20170306

A Tônica, Bolsas, Brasil, Thoughts

Eis que o ano começa? Coisíssima nenhuma, o ano já começou! Não a toa na gestora onde trabalho nosso clube acumula uma altinha maneira próxima ao Ibovespa…nada de ano começar em março nada! Mas sim, entendo que o país entra no “vamo lá que agora é sério…chegou a hoooooooraaaa!”

Me atualizando desses 3 dias (semana que passou) que estive fora, passo aqui um briefing rápido do que olho e vi a respeito do mercado.

Ibovespa fez uma pausa para respirar. Um ou outro resultado fraco…uma ou outra especulação em torno da dificuldade que a reforma da previdência poderá sofrer e tivemos uma “correção” no Ibovespa…nada que altere sua tônica que parece ser mesmo para o alto e avante. Mas lembro que “começando o ano de fato” é possível que a realidade volte a tona…ou seja, nossa economia segue fraca e ainda temos reformas importantes pela frente que deverão gerar algumas batalhas e volatilidade para o mercado.

 

Ibovmarco1

 

A doleta também deu uma reagida básica…mas ainda cedo, ou muito difícil acreditar em mudança de tendência pois seguimos com juros reais altíssimos e sendo um país que esta saindo de uma das mais graves crises de sua história, logo vamos continuar atraindo capital…a menos que alguma coisa fora altere significativamente esse cenário.

 

Dolmarco1

 

Acredito que essa correção recente tem muito mais a ver com um movimento global…veja que o MSCI de emergentes realmente fez uma pausa após o forte rally de alta recente.

 

msciemergentesmarco1

 

A meu ver o gráfico abaixo das commodities “arrefecendo” é a explicação por trás disso. A pipa do vovô não sobe mais? Rs

 

comoditiesmarco1

 

Na verdade nada mudou significativamente no mundo….como assim?

Bom a Portela ganhou…isso é um grande feito e deve ser celebrado em Madureira…fora isso o mundo seguiu…Trump continuou falando bobagem e coisas interessantes também…a mídia seguiu atacando ele…..ele seguiu respondendo usando o twiteer…enfim…

Vivemos um momento de “reinflação”. Após um 2015 e 2016 onde vimos as commodities virem as mínimas, a deflação rondando e os BC’s do mundo sem saber como lidar com tal situação, temos uma nova realidade desde meados de 2016….uma realidade caracterizada por alta nos preços de commodities e uma economia sendo reativada, o que surte efeito em ativos de risco e nos juros mundo afora.

 

Com isso, seguimos vendo o o S&P para o alto e avante na expectativa de lucros crescente e uma economia seguindo a se aquecer…..

 

S&Pmarco1

 

Alá lá ô ô ô ô…mas que calôôôr…que os vendidos seguem tomando na venda do S&P…e quem, assim como eu, acreditava que poderia acontecer algo que mexesse com o VIX, apostou errado…seguimos navegando por águas tranquilas o que é uma benesse para ativos de risco.

 

vixmarco1

 

O que mexeu por lá mesmo foi a treasurie que se recuperou com o speech da Janete na semana passada…comento mais no post sobre os EUA.

 

treasuriemarco1

 

 

Meus thoughts a respeito do mercado…

O leitor desavisado pode pensar que sou grafista…não não não…apenas vejo esses gráficos como se fosse meu “painel de controle de vôo” pra saber o que está acontecendo, o que está sendo colocado nos preços…uma forma de “ler” o mercado…ler aquilo que está sendo colocado nos preços.

Grande abismo a frente?

Vejo muitos gráficos de valuations esticados no S&P e de uma eminente realização súbita e abrupta nos EUA…isso porque nunca os múltiplos (P/E por exemplo, entre outros) foram tão esticados. Isso aliado a possibilidade de uma grande decepção com os programas do Trump, geram esse sentimento. Fato é que até agora absolutamente NADA! Aparentemente recordes foram feitos para serem batidos e isso também na bolsa. Pode ser como no Big Shot onde a coisa demorou para acontecer, mas enfim. 

Para nós penso que a coisa precisa ficar muito feia lá fora para nos afetar…não que sejamos uma ilha, longe disso…o fato é que se as coisas andarem por aqui, as reformas que temos que fazer, podemos ver os ativos de risco ainda performarem…só minha opinião…enfim. 

 

Em termos de agenda econômica, me chamam atenção os seguintes pontos:

Balança Comercial na China, PIB da Europa e do Brasil na terça. Estoques de petróleo e CPI chinês na quarta. Decisão de juros e a conferência do BC Euroepu na quinta. O nosso IPCA e o Payroll na sexta.

 

Outra ccoisa que pode sacudir com algumas empresas da bolsa é o anúncio, pelo governo, do pacote de concessões na terça-feira. Segundo a Folha, serão incluídas licitações de terminais portuários, linhas de transmissão, ferrovias e uma rodovia. A intenção é somar R$ 45 bilhões em investimentos

 

Seguimos com a agenda de resultados…essa semana mais fraca, mas não menos interessante:

Resultados4T16

 

2 comments

    • Opa…cara é um setor que gosto muito…tive oportunidade de trabalhar por alguns meses.
      MUITTTOOOO trabalho…para em algum momento tu dar uma porrada. Mas estou falando de anos de trbalho por vezes sem que dê em nada.
      Bônus podem ser mto bons mas depende de fechamento de negócio, logo tu pode passar anos sem fechar nada, até porque não é algo simples nem tampouco trivial. Mas como experiência e conhecimento acho excelente…conquanto que seja feito com profissionais.
      Abs

Leave a Reply