chinese woman

20170717 – TÔNICA DA SEMANA

A Tônica

Após uma semana muito boa para o mercado de renda variável (IBOV +5%) o que nos reserva esta semana?

Bom, ao menos tivemos uma boa notícia! Que boa notícia??

 

AGOSTO DE DEUS….

O Congresso vai entrar em recesso!!! #NoNewsIsGoodNews!! 

Tanto é que a Câmara marcou para 2 de agosto a votação da denúncia por corrupção passiva apresentada contra o presidento .. alguns viram como um problema por que até lá tem muita água (ou cabeças) pra rolar … mas enfim, o fato é que, ao menos em tese, teremos uma folga desse noticiário político nojento.

Ficou pra agosto também as novas denúncias contra o presidento que o Rodrigo Janot deve apresentar… são aquelas dos depoimentos de executivos da JBS.

 

ECONOMIA EM FOCO? 

Talvez assim a macroeconomia volte ao radar…sobre esse tema eu comento alguns:

HIGHLIGHTS ECONÔMICOS

Comento juros, siderurgia, rodovias entre outros.

 

 

IPO’s 

Mas a semana também é marcada pelo fim das reservas de 2 estreantes na bolsa, Carrefour e BioToscana, deixo-vos aqui minha opinião e se vou ou não entrar…

CRFB3

IPO gigante de ~3BI…é bastante grana algo pouco usual na história recente. Empresa chega a bolsa com valor de mercado de ~30BI o que colocará ela entre BRFS e CCR.

Falando da empresa: Carrefour ou Atacadão (nome da empresa no BR) é essencialmente uma vendedora de alimentos (80% da receita); possui posição e operação muito bem consolidada no Brasil; forte geradora de caixa; operação da financeira acoplada a estrutura gera muita sinergia e bons retornos; rentabilidade acima do custo de capital de forma consistente; um crescimento acima dos players do mercado (principal comparável é PCAR); forte poder de barganha com fornecedores o que é fundamental num mercado extremamente competitivo como é o do varejo de alimentos que conta com diversos players substitutos; escala gigantesca (receitas de quase R$ 50 BI), know how conferem importantes barreiras a entrada de novos entrantes. Pós IPO a empresa passa a operar bastante desalavancada o que abre espaço para novas alavancagens e busca de crescimento futuro. Empresa já vem dando os primeiros passos para o desenvolvimento de uma plataforma on line para  a compra de alimentos…sai do papel ainda esse ano. Além disso, a reformulação de lojas e o direcionamento ao crescimento do Carrefour Express são vertentes de crescimento interessante.

Imagem relacionada

Grande dúvida recai sobre o contrato de pagamento de royalties pelo uso da marca Carrefour, algo novo e no qual a empresa falhou em fornecer maiores infos.

No low do range de preço (R$ 15,00) me parece uma boa… ainda assim vou participar do IPO e espero pagar não mais que R$ 17. Dado o seu porte, penso que suas ações são uma fortíssima candidata a ser integrante do índice Bovespa (num segundo momento). Isso por si só já geraria uma demanda passiva para o papel.

Demanda ta boa aparentemente:

Reportagem VALOR

 

 

GBIO33

Sobre BioToscana vou seguir o guru Peter Lynch que diz o seguinte: 

“Invista naquilo que você conheçe”.

Como não conheço nada a respeito do business e acho sinceramente, nada trivial o que a empresa faz e com a estrutura que ela faz, vou ficar de fora. 

Setor da empresa (remédios ultra mega especializados para doenças raras e tratamentos complexos) é um nicho bom de mercado (com total respeito aos doentes, obviamente). Empresa entregou crescimento nos últimos anos, essencialmente através de aquisições…bem ao modelo Advent de criar uma gigante … algumas deram errado, mas o track record dos caras é bom. Retornos são elevados e os produtos, por serem especializados geram barreira de entrada natural…ao menos por um curto período de tempo até o genérico copiar a fórmula. Pós IPO o endividamento fica equacionado, o que também vejo como positivo.

Resultado de imagem para lab

No entanto, me preocupa o fato da empresa operar em diferentes mercados/moedas e riscos…todos em países da AmLatina sendo, onde uma caneta pode afetar o mercado dela…e as canetas aqui embaixo são bem nervosas! Outro ponto é que é um BDR, o qual tem e direitos diferentes aos acionistas. Estrutura societária me parece complexa…e os produtos então! Eu não tenho a menor capacidade de dizer se são bons ou se manterão ou não … produtos de difícil avaliação a meu ver. Me chamou atenção ainda a concentração de vendas em distribuidores especializados (clientes da empresa) que somam 46% das receitas…diminui seu poder de barganha com seus clientes a meu ver. Por último mas não menos importante, o valuation parece meio caro

 

 

 

LÁ FORA

Olhando para fora novamente os vendidos no S&P estão sendo stopados…mercado “não quer cair”…para nós esse cenário de tranquilidade é bom…então não podemos reclamar…VIX deu um mergulho, olha só:

vix jul17

 

Junto a isso o Petróleo encerrou a semana se recuperando…logo seria razoável supor que os países emergentes tivessem uma semana boa… Portanto se você acha que o “Temer não cai” foi o motor da alta dessa semana, penso que você não está vendo o todo! Cuidado. Essa semana tem indicadores importantes nesse sentido (dados de petróleo na terça e quarta principalmente).

Ahhh outra boa notícia: dados de China que saíram domingo a noite foram muito bons! 

dados china jul17

Não bastasse  os gastos fiscais na China terem saltado 19,1% em junho ante jun/16. Tivemos esses números aí de cima que sem dúvida são positivos para commodities!! E se é bom pra commodities é bom pra nós!

De novo os chineses salvando o mundo? Ou seria inflando o mundo? Rs

 

Outra coisa que tem me  chamado atenção é a underperform do Dólar no mundo … me parece começar a ficar barato…não digo necessariamente contra o Real , mas veja (candles) que o mergulho do Dólar foi forte. E a descolada que tivemos com a JBS Storm parece se fechar (Real é a linha verde)…contra o Real penso que lá nos R$ 3,10 vale parar e pensar uma compra.

 

dol x real jul 17

 

 

EM TERMOS DE AGENDA

  • Segunda: dados de atividade na China e inflação na europa
  • Terça: clima de negócios na Alemanha
  • Quarta: dados de petróleo e housing nos EUA
  • Quinta: dados de indústria na Filadélfia e coletiva do BCE
  • Sexta: nada…saia mais cedo e vá beber!

 

2 comments

Leave a Reply