Turbinas da nave Apollo 11

HIGHLIGHTS ECONÔMICOS: TURBINAS LIGADAS?

Brasil

Falei bastante que estava duvidando das expectativas positivas de crescimento para o 2S17 e 2018. Gato escaldado tem medo de água quente….depois de 2 anos horrorosos e com a confiança ainda combalida eu estava sendo um cético convicto.

Aí fui investigar, ler e tentar entender…na verdade esse é o trabalho de gestão: sempre achar que estamos errados e ir atrás dos fundamentos.

Well todos os dados tem realmente surpreendidos pela ponta positiva e isso é deveras relevante! 

Veja…

 

Produção Industrial surpreende – Segundo o IBGE, a Produção Industrial subiu 0,8% no mês de julho, acima dos 0,4% previstos pelo mercado. Na comparação anual o indicador cresceu 2,5%, ante 1,7% esperados. O índice acumulado do ano teve alta de 0,8%. O acumulado nos últimos doze meses recuou 1,1%.

prodInd ago17

Destaque para os produtos alimentícios (2,2%), os produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (1,9%), os equipamentos de informática e produtos eletrônicos e ópticos (5,9%), produtos farmoquímicos e farmacêuticos (4,8%) e de móveis (6,0%). Na ponta negativa, a indústrias extrativas (-1,5%), perfumaria, sabões, produtos de limpeza e de higiene pessoal (-1,8%) e metalurgia (-2,1%).

 

prodInd 2 ago17

 

E aí li algo que me pareceu fazer muito sentido….foi do Banco Pine…confesso que não lembro o nome de quem escreveu isso…leio tanta coisa…se alguém souber me fala aí…anyway achei muito sensato: 

 

No nosso entendimento, os saques do FGTS contam uma história apenas parcial para a trajetória do consumo. O rendimento médio do trabalhador tem crescido 7% ao ano em termos nominais desde meados de 2016, enquanto a descompressão relevante da inflação tem levado os salários reais a crescer 3% real anual. Conquanto que o desemprego siga elevado, a ocupação tem acelerado e o próprio crescimento daqueles que procuram emprego (dentro da população economicamente ativa) sugere uma maior confiança em encontrá-lo, o que ampliaria a propensão das famílias a consumir.

(…)

Para finalizar, conhecido o 1S17, o carrego estatístico para 2017 subiu para 0,5% (crescimento do ano se nada avançarmos no 2S17). Sendo assim, acreditamos que as expectativas de mercado irão convergir para o intervalo 0,5% a 1,0% para esse ano, com viés positivo para as projeções para 2018. Tudo o mais constante, nossas projeções passaram para 0,6% e 1,8% respectivamente.

 

E teve mais gente revisando PIB pra cima…Itaú, Merril, entre outros…vamos ver isso no Focus de Segunda….e aí começa a ficar mais fácil acreditar num PIBão da Porra pra ano que vem…#OREMOS

 

Sustentando essa visão positiva, os últimos dados da Anafavea foram porrada!

 

ANFAVEA

O mês de agosto encerrou com produção de 260,35 mil veículos (entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus) um aumento de 45,7% em relação ao mesmo período de 2016 e alta de 15,4%. PORRADA! E mesmo quando tu olha o acumulado no ano o número me soa surpreendente: 25,5% de crescimento!

 

anfavea 1

 

Ah Will mas está bem abaixo da média……WHO CARES?!?!?! Fato é que depois de 3 anos de contração, a produção voltou finalmente a melhorar. E outro dado que mostra que essa melhora tem se espalhado é a difusão por estado da nação do licenciamento de veículos leves, como mostra no gráfico abaixo:

 

anfavea 2

 

Em suma melhorou…bem verdade que parte relevante dessa produção foi destinada a exportação…já que não consumimos, alguém consome! As exportações de carros saltou 61,7% ante agosto/16!! Até agora no ano um crescimento de 56,1%!!! Não por acaso a Anfavea acredita que pode bater o recorde histórico de exportações neste ano.

 

anfavea 3

 

Outros dados interessantes: 

  • Produção de caminhões teve um aumento de 52%.
  • Vendas do setor subiram 17,8% em agosto ante agosto/16.
  • A ocupação nas montadoras teve leve aumento de 0,9% na passagem de julho para agosto.

Menos pujante foi o crescimento do segmento de caminhões que ainda acumulam queda nos licenciamentos em 2017 ante 2016 (-11%).

 

Avançando…

 

ABCR

Apesar dos dados muito fortes de produção e vendas, esses carros parecem não ter rodado muito…ao menos não nas estradas…O Índice ABCR de atividade de agosto registrou queda de 1,5% na comparação com julho já ajustado sazonalmente… o índice mede o fluxo de veículos nas estradas concedidas à iniciativa privada.

Ruim, correto? Sim e não. Por quê?

Primeiro porque foi o fluxo de veículos leves que caiu mais (1,8%), o de pesados (mais ligados a atividade econômica) teve leve retração de 0,3%.

Segundo porque quando comparamos agosto/2017 sobre agosto/2016, o índice total aumentou 2,4%, sendo que o fluxo de veículos pesados que puxou o índice, tendo subido 5,1%!

 

abcr ago17

 

Enfim os dados que tenho postado aqui tem me convencido de que a turbina 2 está ligada e tomando mais potência e isso é uma BAITA notícia!!

 

Resultado de imagem para turbina

 

 

Como assim turbina 2? Temos uma turbina já ligada a todo vapor empurrando a bolsa…essa debaixo

JUROS

Tivemos 100 bps no Copom e uma sinalização de mais 75bps levando a taxa a 7,5% ao fim do ano. E ai aumenta a discussão de até onde vai o juro….será que chega nos 7,25% de 2012?

Não por acaso tivemos uma inflexão interessante nos juros mais longos…dá uma olhada no círculo verde limão que mostra o mergulho das taxas longas:

Juro curto e longo

 

Luiz Eduardo Portella é sócio-gestor do Modal Asset Management fez uma lista que considero excelente para ver como o momento atual é diferente e existe espaço para ir mais:

 

hiatodoPIB2

 

Destaque para o fato de o atual hiato do produto chancelar a viabilidade de taxas menores…ou seja, podemos crescer tranquilamente sem gerar inflação!

 

hiatodoPIB

 

Mas aí esbarramos na sustentabilidade fiscal…algo que comento mais abaixo…mas é fato que se fizéssemos uma reforma de previdência esse juro ia mais pra baixo ainda.

 

REFORMAS JÁ FEITAS

A terceira turbina está custando a pegar (turbina 1 e ligada a todo vapor = juros; turbina 2 aquecendo = atividade).

Mas ainda assim, é salutar chamar atenção para o que já foi feito … é como se a turbina 3 das reformas políticas estivesse ligada … mas com uma boa surdina…engasga de vez em quando, mas tá indo! Veja o que já foi feito:

  • PEC do teto de gastos público
  • Lei de terceirização
  • Renegociação de dívidas dos estados e a lei de falência dos estados
  • Lei de responsabilidade das Estatais
  • Mudança na política de conteúdo local para industria do petróleo
  • Novo FIES que cabe no orçamento
  • Reforma trabalhista que tramitou 20 anos no congresso
  • programa de desestatização da Eletrobras
  • criação da Taxa de Longo Prazo (TLP) reduzindo o subsidio necessário pelo BNDES
  • MP 784 que amplia os poderes regulatórios do Bacen e CVM sobre o setor financeiro

 

Com isso vamos chegar em 2018 saindo de uma recessão histórica que começou em 2014, com juros extremamente baixos em 7,5%? com uma inflação das mais baixas da história e com um desemprego começando a dar sinais de melhora. O que falta? Mta coisa…a Previdência seria a cereja do bolo…a reforma política algo mais que necessário…tributária então…mexer nos gastos com judiciário…mas enfim…o atual governo também tem suas inúmeras limitações…não dá pra esperar que resolvam tudo em 2 anos. 

Mas de fato as turbinas estão ligadas e funcionando….nós os passageiros agradecemos!

 

Resultado de imagem para turbina foguete espacial

Mas calma, nada de soltar foguetes! Não temos muito para comemorar, vamos seguir aqui torcendo para que esse foguete decole bem!

 

 

Leave a Reply