vaquinhas irlanda

HIGHLIGHTS ECONÔMICOS: FOTO SEGUE BOA

Brasil

O tema eh: Fotografia!

Quem gosta?

Não to falando de selfie, mas de foto de verdade! Pode ser paisagem, objeto, nu artístico, etc. Curto fotos! Não sei nada além de mexer nos filtros do instagram e tals mas taí um negócio que tinha interesse em estudar ou aprender…

Pra me mostrar usei uma das fotos que mais gosto na capa deste post. Tirei essa foto em 2014 quando passeava pelo interior da minha linda e querida Irlanda!! Sim eu apliquei uns  filtrinhos e tal…mas juro que o contraste era fenomenal! Grama verdinha, sol iluminando, vaquinhas malhadas pastando e as ruínas igreja do século 11 atrás….demais…registrado na memória e nessa bela fotografia em minha não tão humilde opinião!

 

Well a fotografia Macro brasileira também não está nada mal! Venho comentando aqui isso. 

Não estou falando que bolsa vai subir por causa disso…não estou falando que eleição não fará preço ano que vem…não me entendam mal.

Mas acho deveras importante manter o olho nos fundamentos entender qual a dinâmica macro interna para ver se faz sentido ou não o que está sendo colocado nos preços.

Começando pelos dados de confiança….

CONFIANÇA DA INDÚSTRIA

A confiança da indústria registrou um crescimento de 1,9 ponto em outubro ante setembro e subiu ao patamar de 94,7 pontos. O componente de situação atual subiu 4,4 pontos, enquanto o de expectativas recuou 0,4 ponto.

E o nível de utilização da capacidade instalada cresceu 0,7 ponto indo de 73,9% para 74,6%.

 

Sim o sub item de expectativas não animou mas o cômputo total é bom!

E veja que a confiança do empresário industrial tem avançado bem…isso sim é bom!

 

 

 

CONFIANÇA DO CONSUMIDOR 

A confiança do consumidor em outubro registrou um crescimento de 1,4 ante setembro, atingindo 83,7 pontos. Olhando para a abertura, o componente de situação atual subiu 2,3 pontos em outubro, indo para 73,2 pontos. Enquanto o componente de expectativas cresceu 0,7 pontos indo para 91,8 pontos.

“A recuperação mais consistente da economia fez com que a confiança do consumidor retornasse ao nível anterior à crise política.” Comentário da Viviane Seda Bittencourt, Coordenadora da Sondagem do Consumidor.

confiança construção out17

 

CONFIANÇA DO COMÉRCIO

A confiança do comércio  atingiu em outubro a máxima desde meados de 2014 em um ambiente de inflação e juros baixos. 

O Índice de Confiança do Comércio (Icom)  teve avanço de 3,3 pontos em outubro e chegou a 92,5 pontos, segunda alta seguida e o maior nível desde agosto de 2014 (92,7 pontos)…a melhora foi observada tanto na avaliação sobre a situação atual quanto das expectativas.

CONFIANÇA DO COMERCIO

 

CONFIANÇA DA CONSTRUÇÃO

Advinha como foi? Mais um pra cima!

O Índice de Confiança da Construção (ICST) teve alta de 0,5 ponto e foi a 78 pontos, a máxima desde fevereiro de 2015 (80,8 pontos).

“A quinta alta consecutiva do ICST fortalece a percepção de retomada dos investimentos em construção. No entanto, ainda são as expectativas que impulsionam o aumento da confiança, já que a situação presente manteve-se estável no mês….Como o ciclo produtivo do setor é bastante longo, isto implica também um movimento mais demorado de recuperação.”

 

CONFIANÇA DO CONSTRUÇÃO

 

 

Comentários

E se você não se convenceu vou colar aqui alguns comentários das empresas! Estamos na safra de balanços do 3T17….os empresários estão falando…e em geral tenho escutado boas coisas…saca só:

WEGE:

“Continuamos a observar a melhora do setor industrial brasileiro, permanecendo a tendência de recuperação gradual após uma recessão prolongada. A recuperação ainda está concentrada nos produtos de ciclo curto, com destaque para indústrias ligadas ao consumo e ao agronegócio.”

LREN

“Foram 2 anos de exceção que exacerbou a competitividade. Estamos saindo desse momento…é uma questão macro…caminhando de forma paulatina…estamos no estágio inicial dessa mudança.”

ROMI

“O ano de 2017 continua demonstrando fraca atividade econômica e alta volatilidade, porém, pode-se notar em alguns dados macroeconômicos indicativos de uma possível recuperação da economia brasileira, como, por exemplo, a evolução nos índices de confiança quando comparados a janeiro de 2017 e a melhora da utilização da capacidade instalada.”

 

Outros antecedentes…

Confiança é um indicador antecedente … ele indica o que em tese está por vir … seguindo nessa linha o BTG me deu uma ajuda postando 2 gráficos bem legais de indicadores que também funcionam como “antecedentes” … preditores de atividade econômica.

Vejamos:

ABCR mostra a atividade nas rodovias…acho que já postei aqui … já consigo imaginar o MC Kevinho cantando:

OOOLHA INFLEXÃO!! Qdo o caminhão passa no chão

Ok foi horrível…mas a inflexão está acontecendo…já está havendo mais caminhões rodando por aí!!

 

DADOS ABCR

 

Outro dado é o da Associação Brasileira de Papelão Ondulado. Quanto mais papelão por aí, mais caixa rodando certo? Quanto mais caixa rodando é sinal de produtos sendo encaixotados correto? Ok , pode ser gente se mudando…heheh…mas esquece essa possibilidade

Então é um indicador antecedente. A industria encaixota e depois vende…simples assim.  Apesar da queda no dado mais recente é notória a mudança

 

DADOS ABPO

 

 

Outros por aí…

Um setor que usa as caixinhas de papelão que citei acima é o de remédios…

O dado que o Sindusfarma trouxe, ainda de setembro, mostrou uma recuperação de volumes no 3T17…ainda que com preços menores nos genéricos…na receita o impacto não parece tão porrada assim, mas o gráfico da Plural abaixo ajuda a ver que ante o 2T17 o negócio parou de cair…bom pras Drogarias da vida, ruim pra Hypermarcas, pois se preço caiu a leitura não é boa pra eles.

All in all o setor que passou incólume pela crise segue muito bem.

 

VENDAS DE REMEDIOS

Crédito…

Também tivemos a divulgação de dados de crédito e do setor bancário…nada demais na real…mas importante comentar….pra economia crescer de verdade, é fundamental que o crédito venha!

O saldo das operações de crédito do sistema financeiro ficou estável em setembro ante agosto. Como proporção do PIB o estoque de operações de crédito ficou estável em 47% em setembro. Mas houve decréscimo nas operações para famílias e empresas o que não é bom.

Mas tivemos um dado bom nessa linha de indicadores financeiros…o percentual de devoluções de cheques pela segunda vez por insuficiência de fundos (sim cheques…eles ainda são usados) foi de 1,78% em setembro … percentual é o menor desde 2010, quando o número foi de 1,59%.

Outro dado do Serasa…Se considerássemos a média diária (por dias úteis), a demanda das empresas por crédito em setembro teria avançado 6,7%, sinalizando que aos poucos, a procura das empresas por crédito começa a dar sinais de estabilização tendo em vista a retomada do crescimento da economia e a queda das taxas de juros.

 

Já disse e repito a big picture da economia brasileira é boa! Passado o que passamos, a atual realidade é boa sim! Eleição é ruído…ruído alto…por vezes ensurdecedor, mas é ruído, o que importa é se economia cresce, pois indica que empresas vão lucrar mais e suas ações vão refletir isso. 

Não sou ingênuo mas acho importante ver o fundamento….ter uma boa foto pra depois colocar os efeitinhos e postar no insta…rs 

Leave a Reply