pexels-photo-112352

20171030 – TÔNICA DA SEMANA: HALLOWEEN NA BOLSA?

A Tônica

Semana de “Réllouwin” será que vai ter algum fantasma pairando pelo Ibov? Não sei mas tenho receio…aquela batidinha antes da puxada marota do final de ano pra fechar dezembrino bonito…enfim, veremos.

Bom semana passada postei que a pesquisa do Broad mostrava os agentes otimistas correto? Sim. O resultado? Bolsa pra baixo!

hahahahaha

Já diria Peter Lynch:“pare de escutar os analistas estou convencido que qualquer pessoa que use 3% de sua capacidade cerebral consegue escolher ações como um mediano analista de wall street” 

Resultado de imagem para peter lynch

Poisé…não me escutem, até porque não sou analista…já fui…hoje meu job é outro. E aqui apenas posto minhas percepções de forma genuína e verdadeira.

Uma semaninha de queda e a percepção do mercado medida pelo Broad já mudou: 

O Termômetro Broadcast Bolsa desta sexta-feira mostra que o mercado financeiro está dividido quanto às expectativas para o Ibovespa na próxima semana. Entre 30 participantes, 43,33% veem alta para o índice e outros 43,33%, estabilidade. Neste universo, a percepção de uma minoria de 13,33% é de baixa. A pesquisa refere-se ao período entre os dias 30 de outubro e 3 de novembro.

O QUE TÁ PEGANDO?  

Essencialmente a questão de mudança na condução da política americana…aumento de juros. Fala-se em 2 nomes Powell e Taylor (o cara da fórmula de Taylor para os juros). Em suma o segundo seria o cara que iria botar os juros pra cima. Já Powell seria o cara do gradualismo…café com leite. A lógica do medo é:

Juros pra cima –> dólar forte –> commodities mais caras –> emergentes vendem menos –> ruim pra emergentes

Juros pra cima –> investir no US fica mais atrativo –> ruim pra emergentes

Lógica a grosso modo é essa. Pensa que com a treasurie de 10 anos nos EUA apontando pra 3% nossos juros não podem ser muito menores que 7% não. (3% livre de risco + risco país + diferencial de inflação)…a ver.

Então muito cuidado que o pombo sem asa pode vir dos EUA…

Falam que Trump gostaria de anunciar o novo nome ainda essa semana….vale monitorar pois pode mexer com as peças no tabuleiro. Por ora os Odd’s do Powell estão com mais “power” com perdão do trocadalho:

 

DADOS FORTES NO US 

E toda essa discussão de juros nos EUA encontram respaldo nos dados da economia americana…vale olhar o PIB que saiu semana passada…3% é porrada! Puxado pelo consumo e aumento de estoques.

 

 

E olha que o tax Reform do Trump ainda nem impactaram esse número…logo a expectativa de mais crescimento alimenta também a de inflação e com isso reforça o call de juros pra cim.

Enfim…move on

FLUXO PARA EMERGENTES

Mas o que não me parece fazer sentido (não que tenha que fazer sentido) é que tem havido fluxo para mercados emergentes e em especial Latam segue forte como mostrou um relatório do Credit Suisse que tive acesso…ainda que sejam em grande parte para investimentos passivos, leia-se ETF’s, ainda assim é representativo não? Mostra que o call segue ativo e $$ segue fluindo pra cá.

 

fluxo emergente CS

 

Se você não se convenceu, dá uma olhada nesse gráfico…é mais de LP eu sei…mas da pra ver que participação de Brasil cresceu mesmo olhando recentemente.

fluxo emergente CS 2

Mas em emergentes nada foi tão bom quanto investir em ações de tecnologia Chinesas e Koreanas… acreditem se quiser elas subiram mais de 50% da MÉDIA!! BIZAR

 wtf what confused surprised huh GIF

 

E pra quem acha que virou bagunça, que é euforia pura e não tem fundamento essa alta em emergentes, o CS também calcula um índice que mostra que nem tanto assim…ainda tem mais algum caminho para uma suposta euforia…

 

performances emergentes euforia

 

E O BRASIL?

E pra quem acha que Brasil deixou de ser atrativo eu digo que NÃO.

Comentei no post: HIGHLIGHTS ECONÔMICOS: FOTO SEGUE BOA  que a foto segue bonita.

É verdade que nossa bolsa já foi mais barganha…mas aí tinha bem mais risco embutido também. All in all penso que o gringo olha pra cá e ainda vê espaço…veja essa tabela de valuation relativo com outros países da Am. Latina….Brazil se mostra mais barato que a média em termos de múltiplos (PER, PBR e EV/Ebitda) , com um yield melhor e embutindo um baixo crescimento de vendas…se vendas (entenda-se Receitas das empresas) surpreenderem positivamente daria pra dizer que estamos ainda mais descontados!

fluxo emergente CS 3

 

Enfim …..

Voltando para o nosso dia dia….

 

NA POLÍTICA

Já disse aqui que essas pesquisas pra mim tem valor ZERO no atual momento…então não dou a mínima.

O fato a ser monitorado agora sim voltou a ser a bendita Reforma da Previdência…governo já teria encomendado um levantamento sobre pontos da reforma  que poderiam ser aprovados via projeto de lei. Objetivo seria ver o que dá pra fazer…aquilo que não precisa alterar a Constituição e que, portanto, não precisam do aval de 3/5 dos deputados e senadores, com votação em 2 turnos e tudo mais.

Inteligente!

Foco mesmo deve ser a questão do tempo mínimo de contribuição e dos privilégios para alguns grupos específicos.

 

AGENDAS 

Temos uma agenda carregada de balanços…destaque para os bancos que começam a divulgar seus números temos ITUB e ABCB (meus favoritos) e o Bradescão da massa. Temos as ações da moda tipo ARZZ, MGLU, BTOW  … as esquecidas CIEL, MDIA, TIET, PSSA … as complicadas PDGR, ELPL, TESA, … e outras mais:

Balanços 3t17 2

 

E no campo macro, após a redução dos juros (em linha com as expectativas) temos dados bem relevantes a meu ver: 

  • IGP-M mensal hoje na segunda;
  • Tx de Desemprego e ata do Copom amanhã;
  • Produção industrial na quarta;

Lá fora além do lance do Trump que comentei mais acima, também tem coisa importante…PMI’s, juros e China que sempre faz preço em commodities: 

Segunda: PMI Oficial de China

Terça: PMI Caixin de China (privado) ; Confiança do Consumidor americano

Quarta: PMI da Industria americana, estoques de petróleo e Decisão de juros nos EUA

Quinta: apesar de feriado tem o PMI alemão

Sexta: Payroll americano…mega relevante.

 

Era isso

Aquele Abs!

WILL

Leave a Reply