SMTO3 2t17 5

SMTO3 – OLHA O BALANÇO DO BALANÇO 2T17

Empresas

É uma pena que o mercado não dê a mínima para o belo resultado da São Martinho (SMTO3)…um absurdo!

Resultado de imagem para MARTINHO DA VILA SERIO

 

Sim até o Martinho da Vila ficou P da vida….tá eu sei que essa foi horrível!

 

Mas continuando, números foram bons…já comento o porquê…mas o que o mercado segue olhando é isso aqui (candles = açúcar em NY e linha azul = SMTO3):

SMTO3 2t18 1

 

Correlação não é perfeita, mas existe…e é visível. Óbvio São Martinho é uma empresa produtora de açúcar e etanol (88% da receita), logo o preço do seu produto influencia o desempenho de suas ações…mais do que devia, na minha humilde opinião.

No curto prazo (últimos 30 dias) vi que o preço do açúcar subiu…enquanto SMTO continua no mesmo valor, abaixo de 18,00…o que me leva a crer que o mercado está duvidando da sustentabilidade de alta do açúcar.

SMTO3 2t18 2

No release eles comentam:

A queda acentuada dos preços de açúcar ocorrida no ano de 2017  impactará marginalmente os resultados da São Martinho dado nossa estratégia de hedge combinada com o aumento da alavancagem operacional dos nossos ativos.

Hoje (10/11) as 15hs teremos o conference de resultado da empresa onde poderemos ter uma cor melhor sobre isso.

 

Avançando…

 

Vou falar mto breve dos números:

SMTO3 2t18 3

No acumulado do ano os preços maiores do açúcar, resultado do hedge feito ano passado que surtem seus efeitos agora, além do maior volume de vendas de energia com a incorporação da usina Boa Vista.

Ebitda cresceu beeeemmmm! O açúcar representou 51,4% do Ebitda, enquanto que o etanol 31,4% e energia por 15,6%. A margem EBITDA do açúcar teve um aumento de 8,8 p.p. em relação ao mesmo período da safra anterior… a margem do etanol ficou em linha com o mesmo período, e a margem de energia foi 3,8 p.p. maior. E o lucro caixa somou R$ 167,1 milhões, 22,7% superior ao realizado no 2T17 e R$ 397,3 milhões no acumulado dessa safra, um crescimento de 66,8%.

 

Guidance

Empresa soltou uma revisão de guidance que achei boa por conta da melhora do ATR (grosso modo o % de açúcar em Kgs por ton de cana). Isso representa aumento de produtividade nessa safra.

 

Hedge

Empresa vem hedgeando parte da produção e vendas do ano que vem a um preço 5,8% menor em dólar e 9,7% em Real. Não é nenhum fim do mundo…e vale a ressalva que hedgearam apenas 8% a 10% da cana propria..ou seja, tem muito ainda para fixar os preços logo tudo depende dos preços do açúcar e do Real (se o dólar subir pra eles é bom).

 

Vejo como um dos melhore papeis da bolsa. Empresa extremamente eficiente,  passando por um processo de desalavancagem importante que poderá culminar com pagamento de dividendos. O downside para o açúcar é baixo, dado que se cair demais os produtores param… logo tu compra hoje a empresa a cerca de 5,5x Ev/Ebitda que é descontado frente o múltiplo histórico … vejo espaço para isso andar até 6,5x facilmente…uns 20% de upside. 

Leave a Reply