pard3 2t17 4

PARD3 – OLHA O BALANÇO DO BALANÇO 3T17

Empresas

Se o Rodrigo Hilgert é o tão “Homão da porra” eu diria que Hermes Pardini é um “Empresão da porra”! 

Resultado de imagem para rodrigo hilbert rindo

Mais um resultado muito bom pra conta nesse seu 1º ano de bolsa. Não sei se vai subir ou cair hoje, mas enquanto muitas estreantes seguem derrapando (GBIO33, CAML3, AALR3, entre outras), a Pardini segue crescendo, com bons números e rentabilidade. Mineirinha e quietinha!

 

Big numbers: depois de março e maio, agora agosto é o novo recorde mensal de exames processados pela cia (7,8 Milhões). Receita crescendo 24,5%, custos +23% e despesas crescendo 11%…logo o Ebitda saltou +38,7% com uma margem 2,58 p.p. maior (23,9%). Na última linha, o saldo de dívida (maior que no 3T16) acabou reduzindo o resultado financeiro e afetando lucro…ainda assim um crescimento de 15,4%. Vale a ressalva que e empresa se encontra perfeitamente equacionada em termos de dívida e com baixa alavancagem.

Fluxo de caixa estável ante o 3T16 em 40,8 MM, mas um crescimento de 66,3% no acumulado do ano, atingindo 98,3MM.

Por fim, ao contrário do que MUITOS ANALISTAS pregavam equivocadamente, a empresa seguiu expandindo seu ROIC (retorno sobre o capital investido)…dá uma olhada na tabela abaixo:

pard3 3t17 2

 

Indo aos diferentes segmentos…

Lab-to-lab (~55% da receita):

Crescimento de volumes de 16% YoY (ante o 3T16), de 14% da receita com um Same Lab Sales de +12,4% e crescimento de 7,3% no número de clientes geradores de receita (5.175 clientes). Esse aumento de base de clientes reduz o tíket médio no primeiro momento pois os novos entrantes o fazem com exames mais simples…normal…segue o jogo.

PSC …operação direta ao cliente (~45% da receita):

Receita crescendo 39%, mas aí tem a aquisição do Guanabara na conta…excluindo ele o crescimento foi baixo na minha opinião = +4,3% com um Same Store Sales de 5%. Olhando separadamente seguiu-se a tendência de números fracos em Sampa o que não é bom – questão é que sampa responde por apenas 11% da receita….fora isso Minas e Goiás onde a quantidade significativa de lojas abertas entre 2013 e 2015 tem dado bons resultados e compensado os números mais fracos de Sampa.

pard3 3t17 1

Houve melhora de margem bruta no segmento por conta da alavancagem operacional, o maior volume de exames em Minas e Goiás e aumento de ticket médio (+24%).

 

Só não gostei de uma coisa: 

  • Aumento nos saldos vencidos até 120 dias sobre a carteira de recebíveis. Saiu de 10,5% no 3T16 e tinha caído para 7,6% no 2T17…agora saltou para 11,4%….quero só entender melhor isso…vou perguntar no conference agora as 10hs.

 

Valuation dela é esticado…eu sei…se ela seguir crescendo 40% seu Ebitda (~360 MM em 2018?) estaria negociada a 11x EV/Ebitda…mas veja que é um cresci mento e tanto neh!

Ou ainda se lucro crescer 30% (~170MM em 2018?) ela estaria sendo negociada a 24x Lucro…realmente não é nenhuma barganha….

Mas sigo surfando o papel…

 

Ahh e tem recompra aí: 

 

pard3 3t17 recompra

 

Leave a Reply