br-distribuidora

IPO de Petrobras Distribuidora (BRDT3)…minhas percepções

Empresas

Quer saber saber sobre o IPO da BR Distribuidora?

Pergunta no Posto Ipiranga! Ops…pergunta não…pergunta no posto BR na verdade.

 

Acredito que a BR distribuidora dispense maiores apresentações não é verdade? 

Seu principal business é a distribuição de combustíveis através dos postos BR…aquele que eu e você frequentamos…que vende a boa e caríssima gasolina Podium…os lubrificantes Lubrax e tals. Simples assim.

Na verdade não é a Petrobras que opera o posto de gasolina e sim a figura de um empresário. Existem 3 modelos:

  • O distribuidor (Petro no caso) é proprietário do imóvel, dona dos equipamentos e aluga para um revendedor
  • O distribuidor (Petro no caso) loca o imóvel, constrói o posto e subloca pra um revendedor/operador do posto.
  • O distribuidor (Petro no caso) financia a construção do posto no terreno de um terceiro que vai operar o posto.

 

No Brasil, não é permitido que distribuidores de combustível operem postos de serviço. Por isso, os postos são operados por revendedores independentes das distribuidoras.

Alguns big facts a respeito desse negócio:

  • Maior distribuidora em volume de vendas com ~30% do volume de vendas;
  • Share em postos = 24,5%
  • Share em Grandes Consumidores = 43%
  • Share aviação = 56%
  • Maior capilaridade com 8.212 postos…para fins de comparação a Ipiranga tem 7.743 postos e a Shell 6.138 postos.
  • 1294 lojas de conveniência da BR Mania…para fins de comparação a Ipiranga tem 2.260 lojas AMPM e a Shell 950 lojas Select

Na verdade 60% das receitas da empresa advém desse business:

br-distribuidora 2

Olhando os demais segmentos…

Grandes consumidores: essencialmente a distribuição de combustíveis e lubrificantes para empresas…grandes indústrias são seus clientes…caras da siderurgia, mineração, papel e celulose, cimento, transporte, termelétricas, agronegócio e retalhistas de combustível…. são 6 mil clientes ativos.

Aviação: você que viaja de avião já deve ter visto os caminhõezinhos da Petro abastecendo o avião…é basicamente isso. Estão presente em 109 aeroportos em todo o país, com uma carteira de, aproximadamente, 1,5 mil clientes.

Resultado de imagem para abastecendo o avião

Outros: produtos químicos como enxofre, solventes hidrocarbônicos e especialidades químicas; distribuidor de coque verde que é um substituto do carvão em aplicações metalúrgicas e energéticas; e produtos asfálticos.

 

A divisão pela geração de caixa atual também guarda semelhança com a pizza de receita mostrada acima…chama atenção a maior participação da rede de postos na geração de caixa….meu palpite é que a contração econômica no setor industrial explique a redução da participação relativa dos Grandes Consumidores na geração de caixa da empresa. mostra que houve alteração

br-distribuidora 3

 

Ok…então sabemos que a atividade da economia brasileira é muito importante para o resultado da companhia! Isso porque alimenta uma maior venda de combustíveis nos postos, gera um incremento de demanda de combustíveis na indústria, e também no segmento de aviação. 

 

br-distribuidora 4

 

Então considerando a melhora da atividade econômica recente medida pelo dado de produção industrial (aquele que volta e meia cito nos posts Highlights Econômicos) é de se esperar um maior volume de vendas de combustíveis nos últimos meses, bem como nos meses vindouros.

Adicionalmente tivemos u aumento forte do licenciamento de veículos em 2017 o que não garante, mas é um indício de potencial maior venda de combustível nos postos BR.

 

br-distribuidora 5

 

A isso se soma a ainda baixa penetração de veículos por habitante no Brasil e a comparabilidade com outras economias onde a venda de combustíveis sobre o total da economia é muito maior que no Brasil.

Pronto…tem-se um call macroeconômico muito bom para empresa.

 

OK…MAS, CONTUDO, ENTRETANTO, TODAVIA, NO ENTANTO….

Isso não quer dizer que a empresa vai se beneficiar desse crescimento…ela poderia apenas perder share para caras mais eficientes como Ipiranga e Shell! Algo que de fato ocorreu nos últimos anos.

Então é fundamental entender que assim como toda a Petrobras a BR Distribuidora possui suas ineficiências característica de uma empresa estatal. Não por acaso empresa apresentou prejuízo nos últimos 2 anos…esse ano reverteu, mas nem se compara com Shell e Ipiranga….tabela abaixo mostra isso.

Na tabela abaixo também fiz um exercício grosseiro de anualizar o resultado dos 9M17 da empresa e aplicar um crescimento de 10% para a Receita, Ebitda e Lucro…sem ganho de margem algum. Chegamos a esses números:

 

br-distribuidora 6

 

E considerando o ponto médio da oferta que é R$ 17,00 chego nos seguintes números abaixo…vale a importante consideração que não trabalhei com números estimados para Cosan e Ultrapar….

 

O que isso quer dizer? 

Que considerando um crescimento de 10% nas principais linhas da empresa, ela apresenta sim algum desconto, mas que tende a se reduzir caso incorporasse o mesmo crescimento para Ultrapar. Esse é o cerne da questão aqui a meu ver. Penso que o Geraldo Samor resumiu muito bem a questão nessa excelente matéria:

No IPO da BR, qual desconto paga o risco?

Então a questão toda do IPO reside no preço da oferta, o qual vai determinar o tamanho do desconto ante a empresa mais diretamente comparável a ela: a boa e eficiente Ultrapar (UGPA3). 

br-distribuidora 7

 

Por isso minha decisão é que penso em entrar no IPO se e somente se sair até os R$ 17,00…ideal mesmo seria nos  R$15,00…lembrem que é uma oferta secundária…dinheiro vai pro caixa da Petro e não para investimentos na BR Distribuidora…a 15 seria bem melhor…talvez seja possível dado o tamanho da oferta…uns ~5BI.

E vale ainda uma ressalva monstra que ao subscrever suas ações, tu estás se tornando sócio de um cara dúbio chamado governo! Tu estás comprando uma empresa que pode ter outro presidente e direcionamento em menos de 12 meses (pós-eleição)…ou seja um bom risco! 

 

6 comments

Leave a Reply