Buggpedia: O que é o P/B (P/VPA)?

Buggpedia
P/B Ratio – Price to Book Ratio
O que é o P/B Ratio? Qual a sua importância?

 

O P/B Ratio, também conhecido como P/VPA – Preço sobre o Valor Patrimonial por Ação. Antes de tudo, acho válido explicar o que é o VPA (Valor Patrimonial por Ação) de uma ação: De uma maneira sucinta, é quanto o mercado está disposto a pagar, naquele momento, pelo Patrimônio Líquido da empresa. Logo, P/B (P/VPA) nos diz o quanto uma ação pode estar “descontada” em relação ao seu Valor Patrimonial por ação.

 

COMO CALCULAR

O cálculo é bastante simples, como a maioria dos indicadores tendem a ser, e o resultado é dado em decimal. Fica assim:

 

P/B ou P/VPA = Preço atual da Ação / Valor Patrimonial por Ação

 

Veja, para achar o Valor Patrimonial por Ação é muito simples, basta dividir o Patrimônio Líquido pelo número total de ações em circulação. E mais, é sempre bom entender de contabilidade, então para chegar no Patrimônio Líquido, é só fazer a diferença entre o total de ativos e o total de passivos.

ENTENDENDO O P/B

 

 

Muitos investidores consideram o P/B Ratio útil porque o valor contábil do Patrimônio fornece uma métrica relativamente “estável” e “intuitiva” para comparar com o preço de mercado. Em outras palavras, fica mais tangível de se olhar e analisar se você está pagando por algo descontado ou algo com ágil.

Vamos a um exemplo, setembro de 2018, P/B (P/VPA) da empresa Banco do Brasil (BBAS3). Preciso alertar que Bancos são excelentes para ser olhar o P/B Ratio. Olhe o gráfico abaixo:

Fonte: Economatica

 

Note, no mês de setembro o P/B das ações do Banco do Brasil está a 0,75. Isso quer dizer que a ação está negociando a um desconto de 25% em relação ao seu Patrimônio.

Agora vamos olhar outro exemplo, no mesmo setor ainda, a empresa Banco Bradesco (BBDC4). Olhe o gráfico abaixo:

Fonte: Economatica

 

Perceba que o P/B Ratio do Banco Bradesco (BBDC4) está no mês de setembro 2018 em aproximadamente 1,65. Isso quer dizer então que os papeis do Bradesco estão negociando ao ágio sobre o Patrimônio, no caso de 65%.

Existem casos em que a empresa tem o P/B Ratio igual a 1, neste caso, dizem que a empresa está sendo negociada “em linha” com o seu Valor Patrimonial.

Mas nem todo setor é possível analisar o P/VPA. No setor de tecnologia por exemplo, empresas como Cielo (CIEL3), Multiplus (MPLU3) e Smiles (SMLS3), é praticamente impossível de se analisar, fica enviesado. Mas por que? Pois bem, vamos pegar a Cielo, em tese a empresa é só um prédio, com algumas máquinas e sistemas, o Valor de Patrimônio dela é só essas máquinas e sistemas? Não… Fica difícil, Facebook, Uber, e outras, também entram nessa contingência. Além disso muitas delas decidem investir em Pesquisa e Desenvolvimento, além do intangível (Dentro dos Ativos Não Circulantes) que acabam enviesando também quando se pega para analisar o P/B Ratio.

Já empresas que possuem terrenos, muitas máquinas, papeis, materiais e etc. Como Bancos, que tem os caixas para sacar, além de um terreno grande, toda a estrutura por assim dizer. Isso tudo é levado em consideração no Valor Patrimonial. Mas não só Bancos também, seguradoras, empresas do ramo de empréstimo de carros como Localiza (RENT3) ou Movida (MOVI3).

Por fim, a mesma dica, ela é sempre imprescindível para suas análises. Não se prenda a apenas um indicador, use todas as ferramentas, procure juntar o máximo de informação em suas abordagens, só assim você minimizará a suas chances de errar.

 

Esperto ter ajudado!

 

4 comments

Leave a Reply