CARTEIRA WILL – 20180205

Carteira do Will
CARTEIRA

O que mudou em uma semana? Comprei mais um pouco de ações…comento abaixo…e aportei recursos num novo clube de investimentos da Valor Gestora de Recursos a qual faço parte. Clube tem uma carteira bem diversificada numa estratégia long only, sem pirotecnia (derivativos, futuros ou termos) e com o objetivo de acumulação de capital de longo prazo. Última carta mensal dá uma ideia da nossa cabeça: leia aqui

Na parte de ações comento mais abaixo….

Carteira Will fev18 1 a

FUNDOS

Este foi um mês excelente para minha carteira de fundos! Sempre difícil entregar a chave do carro pra alguém e ser passageiro, mas nesse mês valeu a pena. Basicamente credito a boa performance ao posicionamento favorável dos 3 fundos aquilo que chamo “kit Brazil” : vendido em juros e dólar e comprados em bolsa. Não é só isso que fazem, mas aposto que parcela relevante do retorno veio disso!

Mas em suma minha parcela em fundos rendeu 2,28% o que representa mais de 400% do CDI! Nada  mal! E isso também é reflexo do meu conservadorismo, dado que 50% da minha parcela de fundos está no Garde que é um fundo menos volátil que o Gripen e o Adam.

Carteira Will fev18 1 c

Carteira Will fev18 1 cA

 

AÇÕES

Adicionei mais um ativo aqui seguindo a Carteira #Notbad, estou falando de SAPR11…comentei mais dela quando fiz o post da nova carteira do mês.

No mais, VULC3, MGLU3 e TRIS3 diminuíram a participação relativa na carteira porque nessa semana resolvi comprar mais ações de UNIP6 e LOGN3…sigo achando a primeira um excelente carrego…já estava ganhando mais de 100% nela! Meu preço médio era 10,45! Agora está em 14,20 pois comprei mais essa semana que passou…vem resultado bom por aí..anotem!

Quanto a LOGN3 conversei com a empresa e fiz um update aqui:

LOGN3 (update) – NÃO SABE BRINCAR NÃO DESCE PRO PLAY

Confesso que o movimento de mercado eu não sei explicar, mas sigo só ouvindo coisas boas para uma empresa que até ontem muita gente apostaria que iria quebrar…situação mudou e muita gente não se deu conta…enfim…segue como parcela relevante da minha carteira!

 

Carteira Will fev18 1 B

 

#NOTBAD

Aqui não tenho muito a dizer hoje…na verdade fiz um post essa semana que passou atualizando a carteira, os papéis, e a performance. Pra quem não viu, está aqui:

CARTEIRA #NOTBAD – FEVEREIRO 2018

E a performance de 2 dias bem dizer:

Carteira Will fev18 1 d

Era isso,

Aquele Abs

WILL

11 comments

  • Olá will. Você não acha que a UNIP6 está muito esticada? Dá uma olhada nela no gráfico mensal, está fora da banda de bollinger.

  • ola will,

    Eu nao entendo quando voce diz que nao é trader. O que voce aplica em seus investimentos em açoes?

    Eu sou leigo no assunto, mas vc me parece um trader, estou errado?

    VULC, empresa muito ruim, dos ultimos 6 anos, 5 anos de prejuizo. Onde espera chegar com essa açao? Pretende venda-la e realizar lucro (trade?)

    MGLU, empresa que nao tem lucro consistente, balanco pessimo.

    PRIO, 2,8 BILHOES em prejuizo nos ultimos 4 anos. Onde quer chegar com ela?

    TRIS, teve 302 milhoes de receita e só 2 milhoes de lucro em 2016, NAO DA LUCRO.

    Enfim, desculpa, nao quero parecer arrogante. Eu estou conhecendo agora o mercado de açoes e gostaria de conhecer outras estrategias além da estrategia de comprar apenas empresas boas pra LP.

    • hahaha..ótimo comment! Sem problemas…vamos lá. Ser ou não trader depende de semântica ou o q tu considera trader…na minha cabeça o que fundamenta qualquer compra ou até venda que eu faça é valuation e fundamento das empresas…não é gráfico ou qualquer leitura de book ou fluxo ou whatsoever…então por isso não me considero trader.
      Quanto as empresas olhe a inflexão…olhe a mundança q passam …empresas com dificuldades como tu citou mas que estão fazendo uma inflexão monstruosa e por isso as ações já estão andando. Se fores olhar balanço de empresa brasileira em 2016 tu compra quase nada … mas é perfil mesmo…gosto dessas inflexões acho que rentabilizam bem o risco.
      Espero ter respondido.
      abs

      • Acho que entendi. Quando eu tiver mais experiencia, vou separar um tempo de estudos pra identificar empresas que estão melhorando, achei arriscado e interessante. Por enquanto, vou continuar com empresas que estão boas há algum tempo.

        Pela sua experiencia, tem chance de que empresas boas, que são as tops do mercado atualmente em relação a sua saúde, se tornarem ruins ou andarem lateralmente, ou seja, pro pequeno investidor é arriscado investir APENAS em empresas boas, e deixar de lado essas emergentes com grande potencial de crescer e valorizar?

        • Risco sempre existe….veja casos de grandes empresas que sucumbiram a governos, trocas no management, mudanças de regulação, tecnologia e por aí vai.
          O líder tem que sempre se manter na frente e isso não é fácil….mas óbvio que o risco é menor do que investir nas menores que estão buscando crescer e investir em novos e arriscados projetos.
          Penso que é dá pra pensar como time de futebol…zagueiros que defendam bem (empresas estáveis e sólidas)…um meio campo que saiba atacar e defender…mix entre mid e big companies e algumas mais agressivas para o ataque.
          Espero ter ajudado.
          Forte abs

  • Fala Will, excelente seu blog, parabéns!! Conheci pelo site do Andre Bonna e estou impressionado com o retorno da carteira notbad!!! Mas a pergunta que não quer calar é: quando saber a hora de sair do papel? Sei que você segue a “regra de ouro”, mas você espera até a empresa começar a apresentar declínio do lucro para sair ou estabelece um ganhou alvo, ou algo do tipo? Obrigado!

    • Show Ricardo! Realmente é muito difícil saber.
      Tento acompanhar as empresas que invisto e com isso estimar o que pode acontecer com o lucro futuro…mas estimativas podem sempre se mostrar equivocadas…
      Anyway busco ganhos de longo prazo e de forma sustentada.
      Carteira esta indo bem sim…glória Deus! Rs
      Obrigado pelos elogios…dão força pra continuar
      Forte abs

Leave a Reply