20180319 – TÔNICA DA SEMANA: O SILÊNCIO QUE PRECEDE O ESPORRO?

A Tônica

Oh semaninha morna que tivemos hein?!

Em 2003 o Rappa lançou seu quinto álbum…o primeiro sem Marcelo Yuka na bateria, após aquele triste incidente que o deixou paralítico. Enfim o nome do álbum era “O Silêncio que Precede o Esporro”.

Seria esse silêncio de mercado a precedência de um “esporro”?

Well oremos para que não….mas vamos ao nosso rodo cotidiano… aquele “rolé” básico sobre os principais indicadores, mas sem gráficos para não ficar enfadonho:

  • Semana morna com S&P oscilando pouco.
  • Treasury acalmou…se mantendo em nível elevado, acima do que vinha a uns tempos atrás…la na casa dos 2,8%…esperando um empurrãozinho pra ir para os 3%.
  • O VIX não voltou para as mínimas históricas, mas também não se movimentou muito.
  • Petróleo caiu…depois subiu…fechou no zero a zero na semana.
  • E nos mercados emergentes, assim como na Bolsa brasileira, a semana foi de leve realização…nenhum fim de mundo, mas nada a se comemorar.
  • O dólar seguiu relativamente parado….isso me chama atenção. Já comentei aqui comentei aqui dia 26/02 e semana passada que não apostaria contra a moeda esse ano após o tombo de 2017.

Well…seguindo….

Nesse mar de gente que posta coisas no twiteer e youtube, a respeito de mercado, uma coisa me saltou aos olhos:

Recentemente o Henrique Bredda do Alaska postou esse gráfico da volatilidade (VOL) de 200d no IBOV, chamando atenção ao fato de estar muito baixa, o que é contraditório ao senso comum quando pensamos que temos eleição esse ano… enfim.

Eis que me surge uma ideia…uma Trading Idea…aquela que se fosse boa a gente não dava, vendia!

Poisé, bem por aí….mas a ideia é: comprar volatilidade, a famosa “nega vol”.

Aí fiquei pensando: bolsa sempre nos traz surpresas….com vol em níveis historicamente baixos, porque não comprar vol?! Me parece um trade interessante apostar que algo pode acontecer e triggar nova alta de bolsa, ou ainda dar aquelas quedas que assustam…famoso pombo sem asa estilo o Roy Nelson no UFC…vai saber?! Não sei, só sei que essa nega vol baixa tá piscando pra mim…se oferecendo…e parece beem atraente!

Mas como Will? Basicamente comprando calls e puts de mesmo vencimento. Se mercado cai você ganha na put e perde na call. Se mercado sobre você ganha na call e perde na put. Se mercado fica parado, aí sim você perde nas duas que vão sendo “corroídas” pelo tempo…lembrando que opção tem vencimento né.

Problema todo é a liquidez que é ruim…dá para fazer em BOVA11, mas estejam cientes que a liquidez não é boa. Enfim…fica a ideia.

 

Avançando….

Nesse álbum do Rappa, tem uma música bem pouco conhecida chamada “Óbvio” … foi daquelas que poucos ou ninguém se lembra. Na letra diz o seguinte: Saia do ócio….Não caia no óbvio….

Nos juros no Brasil não tem muito como não cair na obviedade de que deveremos ter mais um corte de juros essa semana na reunião do copom trazendo a taxa para 6,5%. A curva ja aponta isso (linha vermelha)…agora o que fica na expectativa é o IBC-Br que temos hoje na segunda+comunicado da decisão que podem dar pistas para quem sabe mais um corte nos juros.

 

Sim isso já é esperado e em tese não deveria fazer muito preço….mas

Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim
Não tem fim

Ou seria “a alta do Ibov nunca tem fim” ?

Questão é que a safra de balanços ajudou a dar uma ajustada no múltiplo e hoje, olhando para o IBOV da massa, não tá caro no relativo…quando olhamos ao histórico de múultiplos que nossa bolsa já negociou…tá na média…tá na média (gráfico 2 abaixo), mesmo depois de toda a alta que tivemos em 2016 pra cá. Isso porque as empresas estão entregando melhores resultados…simples assim. E o gráfico 1 abaixo  mostra a bolsa em dólar mostrando que a inflexão foi menor ainda.

 

Nessa linha saiu repo falando do otimismo do Goldman com emergentes…não citam Brasil…mas enfim, aqui a matéria:

Para Goldman, ações de emergentes são a melhor aposta do mundo

Vou ficar aqui cantando:

Volte a brilhar, volte a brilhar

Mas pra não ficar como um Pescador de Ilusões, é necessário que haja uma inflexão nisso aqui ó: fluxo gringo para nossa bolsa.

No mês eles já retiraram 2,5 BI, depois de adicionarem muitos recursos ao longo do ano, é verdade. Mas veja a “coincidência” da bolsa ter parado com a saída dos gringos. Até aqui o local parece ter dado a liquidez necessária….muito se fala do fluxo que deve haver para bolsa com a queda dos juros e muitos fundos de pensão com a corda no pescoço com dificuldade para entregar suas metas atuariais….então qualquer 2% ou 3% de fundos deles gera um caminhão de dinheiro para bolsa….parece já estar havendo não?

 

No mais o cenário político começa a ganhar espaço…as discussões mais bizarras… aquele monte de achismo…. um bom Papo de Surdo e Mudo que até me atrai, mas não para tomar o tempo de vocês escrevendo algo que é apenas uma opinião minha.

 

Enfim, mercado parece meio silencioso…não acho que o esporro nesse caso seja necessariamente ruim….fundamentos seguem a meu ver conjunturalmente bons então sigo otimista…mas como já disse a mais de um mês bem seletivo. O que move as ações pra cima a meu ver, são lucros para cima, então enquanto esses continuarem existindo sigo otimista. 

Procurando

Em algum lugar, pra relaxar
Eu vou pedir pros anjos cantarem por mim
Pra quem tem fé
A vida nunca tem fim
Não tem fim
É

Era isso

Aquele abs.

 

2 comments

Leave a Reply