TRIS3 – Ainda “TRI” legal?

Empresas

Li essa matéria e fiquei intrigado:

Pra quem não sabe eu tenho ações da TRIS3. Fiz esse post aqui debaixo lá em janeiro de 2018 quando o papel estava R$ 4,63 cerca de 20% do preço atual.

TRIS3 – BAH TCHÊ…É TRI E É SUL…É TRISUL!!

E pra quem me acompanha sabe que tenho em na minha CARTEIRA WILL

Pois então o título da matéria do Money Times dá entender que “deu ruim” nas prévias de resultado da empresa. O problema é que não…não deu ruim! Justificar a queda ou a alta de ações é sempre uma tarefa ingrata que os jornalistas pretensiosamente assumem. Acho o Money Times muito bom…não me entendam mal.

Mas indo aos fatos ou aos fundamentos de fato… ao que está acontecendo com a empresa temos o seguinte:

  • Vendas Líquidas totalizaram R$ 146 milhões uma elevação de 23% em comparação ao 1T17. Vender mais me parece bom não?!
  • Velocidade de vendas segue crescendo e mostrando um trend bem positivo. Quanto mais rápido a empresa vende, mais rápido o dinheiro “volta” ao caixa…lembrando que estamos falando de um ciclo financeiro loooongo! Achei o dado muito bom.

“ah Will mas os lançamentos decepcionaram!” 

  • Well a empresa lançou 1 empreendimento e vendeu 94% das unidades…isso não me parece nada ruim…não sei pra vocês!

Esse empreendimento aqui:

Vivamar Canário em Santos

O que ocorreu foi que ela lançou um empreendimento para outro público com um preço de apartamento mais barato… a média era acima de R$ 700 mil e esses tiveram preço médio abaixo de R$ 200 mil…logo o valor total de vendas dos lançamentos foi bem menor… 72% pra ser mais exato.

Mas ora o que você prefere lançar uma porrada de apartamento e ficar encalhado com unidades atrasando o teu ciclo financeiro ou vender 94% das unidades lançadas?? Amigo pra mim lucro bom é no bolso! E não em estoques num cenário ainda suscetível a receios por parte dos compradores.

Mas ok, concordo que os lançamentos foram mais fracos…mas a empresa tem a sensibilidade da ponta final…da venda…então entendo perfeitamente.

 

Sigo gostando do papel que negocia com um sonoro desconto de 20% sobre o Valor de Patrimônio, dívida pequena e num belo ponto de inflexão do setor, sigo achando ela bem atrativa. Sigo achando ela TRI LEGAL … TRISUL. 

Ok…Essa foi péssima…foi mal.

Leave a Reply