20180521 – Tônica da Semana: IBOV E O BONDE PESADÃO!

A Tônica

Tiros no Macdonalds

Tem algumas coisas que não adianta, batem na nossa “lata” e nos dão conta da realidade. Semana passada presenciei um a polícia atirando em 2 caras numa moto que não quis parar. Estava no drive-thru do Macdonalds a espera de um singelo sundae…doidera neh? Foi longe até, mas imagina…hoje em dia o cara perde a vida por bobagem…perder por um sundae do Mac não seria algo legal.

Esse blog é pessoal, vocês sabem por isso estou comentando isso…

Mas outra coisa que foi tipo um belo tapa na “minha lata” foi isso aqui:

IBCBR

Semana que passou tivemos a notícia de que a economia brasileira registrou retração de 0,13% no 1T18 ante o 4T17 segundo o IBC-Br que é uma espécie de “prévia” do PIB … essa retração é a primeira desde o 4T16! Ainda que ante o 1T17 tenha havido alta de 0,86% é muito pouco e um banho de água fria nas expectativas … mercado apontava uma queda de 0,10% no mês de março (o dado é mensal), veio em -0,74%.  As fotos ficaram feias:

E óbvio que o resultado natural é a revisão das estimativas para baixo…no último Focus já teve redução de 2,7% para 2,51%…só esperar que vem mais.

Junto a isso as notícias de Argentina são sofríveis…taxa de juros de 40%, Peso despencando e o país tendo que voltar a bater na porta do FMI

“BRAZIL SER MESMA COISA QUE ARGENTINA NON EH MESMO” dizem os gringos.

Pode parecer que não…mas já morei fora…Irlanda e Inglaterra…algumas vezes aconteceu a clássica “ah você é brasileiro…fala espanhol neh?”

solemn kristen wiig GIF by Golden Globes

Enfim…o que aconteceu foi que o nosso Risco também subiu porque querendo ou não os argentinos são importantes parceiros comerciais…(abaixo o gráfico do CDS que é um título de proteção ao risco…quando ele sobe significa que os investidores se mostram receosos com a situação do país).

Pronto…cara aperta o botão e lá se foi o dólar escalando. Falei dele a primeira vem em 12/03/2018 e depois dia 26/03/2018 comentando que tinha feeling que ia subir. Mas confesso que não esperava tanta porrada assim.

Sobre isso não se assustem porque até aqui tem sido global … olha o gráfico contra uma cesta de moedas:

E refletindo as treasuries que vem subindo bem…

Juros vão pra cima…ainda mais com a ACERTADA decisão do Ilan em não reduzir ainda mais os juros. Não que os 0,25p.p. iria fazer muita diferença, mas enfim. O carry trade já foi pro saco e ao menos que suba juro (desnecessário agora) esse câmbio não tem muito porque ceder…(abaixo o gráfico das variações nos títulos de 10 anos em azul e 2 anos em vermalho… normalmente utilizo o das taxas, mas queria mostrar que o movimento foi forte…comparável ao Joesley Day).

E a política? Para ajudar ainda teve pesquisa mostrando um cenário basicamente com Bolsonaro x Ciro ou Bolsonaro x Marina….sofrível neh! Gosto do capitão, mas confesso que gostaria de alguém melhor preparado e claramente comprometido com as reformas que o Brasil precisa…Bolsora ainda deixa dúvidas.

E pronto o tapa de realidade na minha “lata” foi no IBOV…abaixo gráfico em dol…mostrei dia 30/04/2018 esse gráfico…todo “bonitinho” com quadradinhos mostrando que as realizações em dólar tinham sido na casa de 10% …. legal pra mostrar que uma análise gráfica bonitinha não quer dizer bulhufas! IBOV realizou bem … bem mais que das últimas vezes nos últimos 2 anos. -18% desde a máxima …. TOMA!

Qual o nome de tudo isso? O BONDE PESADÃO! Juros pra cima, dólar pra cima, risco pra cima e bolsa pra baixo!

Ooh ooh-ô-oh
Som pesadão, pesadão-dão
Ooh ooh-ô-oh

OK….Isso tudo está dado …. está nos preços… foi o que aconteceu semana passada e aquele mau humor todo no mercado.

Eh passado…e o que ficou?

A meu ver tem algumas coisas que são quase que imutáveis… a palavra é forte … e nesse caso pode ser que um dia essa relação deixe de existir, mas até onde sei tem sido verdade. Já comentei aqui, mas a relação entre o desempenho das commodities e de mercados emergentes é estreita. De vez em quando se descolam, mas não tende a ser por muito tempo.

 

Temos então 3 opções: (i) ou as commodities realizam., (ii) ou os mercados emergentes se recuperam; (iii) ou um pouco dos 2.  Estamos aqui na torcida pelo:

number 2 waiting GIF by MOOT

Quando o medo se apossou
Trazendo guerra sem sentido
A esperança aqui ficou
Segue vibrando

Sim sigo esperançoso…difícil…mas sigo…sim zé comprinha se quiserem…mas outra coisa que ficou desse bonde pesadão que abateu o Ibov foi que o mesmo apresentou uma boa realização … especialmente em em dólar e trouxe o múltiplo P/L foward (olhando 12 meses a frente) de volta para média:

Enfim…já comentei aqui que o cenário piorou com a atividade travando e um cenário eleitoral muito incerto ali na frente. Não espero nem inviso esperando um “milagre” de curto prazo (ainda que eles possam existir), mas olhando pós eleição e focando no que é mais importante de fato que é a economia, os ciclos….sigo otimista sim e sigo aqui cantando:

Vou reerguer o meu castelo
Ferro e martelo
Reconquistar o que eu perdi
Eu sei que vão tentar me destruir
Mas vou me reconstruir
Vou ‘tá mais forte que antes

Era isso.

Aquele abs.

7 comments

Leave a Reply