Buggpedia: O que é o EBITDA?

Buggpedia
EBITDA – Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization
O que é o EBITDA? Para que serve?

 

EBITDA em sua tradução simples, significa, “Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização. Porém, seu conceito vai muito além da sua tradução. É um dos indicadores mais acompanhados por investidores e analistas, por isso, é muito importante compreender a sua importância nos resultados das empresas.

 

COMO CALCULAR

O cálculo do EBITDA é um pouco mais “complexo”, mas não no sentido quantitativo em si, mas porque precisa de um certo conhecimento em contabilidade. Existem 2 formas:

 

EBITDA = Lucro Operacional + Despesas de Depreciação + Despesas de Amortização

 

Ou:

 

EBITDA = Lucro Líquido + Juros + Impostos + Depreciação + Amortização

 

Vale lembrar que o resultado do EBITDA é expresso em moeda, ou seja, dependendo da empresa em que você está analisando, se em seu balanço é real, euro, dólar ou outras moedas. Além disso, muitas empresas divulgam o EBITDA em seus resultados já calculados.

Talvez o jeito mais simples de pensar é lembrar da demonstração de resultado a DRE:

DRE

Receita Líquida de Vendas

(-) Custos dos Produtos Vendidos

(-) Despesas Operacionais

= Ebit (Lucro Operacional)

(+) Despesas Operacionais Não-Caixa (Depreciação, Amortização ou Exaustão)

= Ebitda

EBITDA pode ser considerado de fluxo de caixa operacional, pois exclui todos os eventos não operacionais da demonstração de resultado.

 

ENTENDENDO O EBITDA

 

A principal vantagem do EBITDA é que propicia a comparação entre empresas empresas de diferentes países pois elimina os efeitos de financiamento e tributação que incidem sobre o o resultado final das empresas.

O Ebitda dá uma noção de o quão eficiente é a empresa naquilo que ela se propõe a fazer…se é vender celulose, ou carros, ou perfumes, etc….eliminando assim o impacto de resultados advindos de ganhos cambiais, ou tributários, ou de investimentos, etc. Logo a margem Ebitda, ou seja, o resultado da divisão do EBITDA pela Receita Líquida, fornece uma ideia de o quão eficiente a empresa é no seu business e pode ser comparado internacionalmente.

O EBITDA representa uma proxy da geração de caixa operacional de uma empresa, ou seja, quanto de resultado uma empresa gera a partir das suas atividades puramente comerciais, excluindo, todos os custos com impostos, juros, depreciações e amortizações.

Alguns investidores podem cometer o equívoco de pensar que o EBITDA representa ganhos em dinheiro, por mais que a expressão seja dada de forma monetária. Ele é usado para avaliar a lucratividade, mas não o fluxo de caixa. O EBITDA também deixa de fora o necessário para financiar o capital de giro (Ativo Circulante menos Passivo Circulante) e a substituição de equipamentos ou máquinas antigas.

Por fim, o EBITDA nos dá uma boa ideia de como uma empresa está se saindo financeiramente, mas cabe o investidor procurar outras métricas e não se prender a apenas uma. Para uma análise mais completa, é preciso de uma combinação de indicadores.

Espero ter ajudado!

Leave a Reply