20180910 – Tônica da Semana: Quem levou a facada foram os vendidos!

A Tônica

Eu vinha dizendo que a menos que tivéssemos algo inusitado ou uma mudança muito brusca no cenário internacional nosso mercado não andaria…ia ficar de lado com muita volatilidade e em meio a incertezas políticas e o mau humor externo com emergentes.

Errei. Uma facada mudou tudo!

Quem iria imaginar que uma coisa bizonha desse tipo ia acontecer! É tipo filme, só que é real!

A leitura que eu faço do evento: a esquerda levou uma facada…rejeição de Bolsonaro diminuirá e isso irá afetar a esquerda; principalmente se conseguirem linkar ele com alguém importante do partido. Mas isso não quer dizer que nada esteja resolvido e temos que ver inclusive como será a campanha de Bolsonaro daqui para frente.

A leitura que o mercado fez: vamos enfiar a faca nos vendidos! kkkk. Nas dúvida compra! Aposta aqui é que a facada o ajudará a vencer a eleição. De fato a mídia lá fora viu como fortalecimento da sua candidatura:

“This will galvanize Bolsonaro’s base,” said Edwin Gutierrez, the head of emerging-market debt at Aberdeen Asset Management.

E olha o reflexo no índice…os grafistas vão chamar essa figura de “facada de alta” … kkkkk

E as ADR’s puxaram bem na sexta (feriado aqui).

Se a leitura é de que aparentemente Bolsonaro tem mais chances de ganhar … e logo a reação do mercado foi de puxar forte a alta….logo se ele ganha de fato a bolsa vai pro céu? #oremos!

Resultado de imagem para bolsonaro facada

 

PESQUISA

Detesto pesquisa..acho-as viesadas, erroneas, e etc. Mas confesso que muita gente gosta..então resolvi compartilhar a pesquisas que recebi hoje do BTG feita pós facada. Mostra que o potencial de voto dele aumentou de 35% para 40%, ou seja mais pessoas dispostas a votarem nele!

E com uma rejeição que é menor que outros candidatos…me parece importante porque destoa das pesquisas mega suspeitas de Ibope e Datafolha.

Bolsonaro tem chances de ganhar no primeiro turno?

Interessante que na última eleição tínhamos ~142 milhões de eleitores … abstenção foi alta, tal qual se espera nessa eleição…então diminui-se para um total de 115 milhões … desses 90% de votos válidos e chegamos a 104 milhões. Com 10% de brancos e nulos somados, algo que imagino que aconteça nessa eleição podemos dizer que para ganhar no 1º Turno o candidato terá que ter uns 45% + 1 voto aproximadamente…uns 46 milhões de votos.

Bolsonaro aparece com 30% nas pesquisas e os indecisos com algo como 20%. Considerando que tem mais os brancos e nulos que acabam votando em alguém, não me parece absurdo acreditar que ele poderia ganhar no primeiro turno não. No escurinho da urna, penso que muita gente que tem certa “vergonha” de anunciar seu voto nele, poderia apertar o 17 e confirmar…será? Quem duvida é louco! 

No mais: 

  • Campanha de Alckmin e Meirelles segue sendo uma piada! Acredito que nem juntando os 2x poderiam ter chances.
  • Haddad cresceu, mas ainda muito longe de brigar por alguma coisa.
  • Ciro segue se consolidando como segundo…vai entender!

 

DEIXANDO AS PESQUISAS DE LADO ….

Tivemos dados da Anfavea e Produção Industrial mostraram números fortes evidenciando o fato do evento dos caminhoneiros ter sido um baita susto, mas que a economia se recupera…

Nossa inflação continua benigna….tem que esperar o impacto do dólar nisso, mas por ora seguimos tranquilos.

 

Com economia indo OK..nem boa nem ruim … a espera de definições … dá pra ver claramente que nosso tombo em Dólar foi muito forte…abaixo comparação de emergentes (vermelho), commodities (preto) e o IBOV em verde:

E que a Bolsa está muito barata! Não por acaso, um evento esdrúxulo como esse ajudou a puxar a bolsa como vimos acima.

 

Bom acho que ficou clara a mensagem. Sigo comprado. Volatilidade é vida! Faz parte! Estejam firmes…aguentem as facadas que a vida nos dá rumo a vitória! Que em nosso caso é ganhar dinheiro! Rs

Era isso.

Aquele Abs.

 

4 comments

  • Ola Will,
    Penso que todo cidadão brasileiro para estar apto a votar deveria passar num curso de conceitos Finanças Públicas, assim reduziria um pouco a chance de alguém com promessas populistas ganhar.
    A promessa do Ciro de “tirar o nome do SPC”, é perfeita, pois tem o viés econômico de a pessoa reduzir no curto prazo o seu problema e também pelo fato de que pessoas mais pobres levam muito em consideração não estar com o “nome sujo” (entra aí uma questão de valores pessoais).
    Mas enfim, é o que temos para o momento. Oremos!!!

Leave a Reply