20190204 – Tônica da Semana: Um empurrão de fora para bolsa? Mas e a esquiva?

A Tônica
Tempo de leitura: 8 min

Dizem que o mercado é uma grande arena onde touros e ursos disputam diariamente buscando ganhar uns trocados….mas com tantas “batalhas” nada como um final de semana no meio para você dar uma respirada.

Resultado de imagem para boxe corner

Então vou dar meus adendos do que observei aqui do “corner”.

 

BOLSA…UM EMPURRÃO DE FORA? 

Já comentei aqui algumas vezes, mas nunca é demais…somos emergentes…a meu ver o gringo olha para o Brasil com o mesmo olhar que assiste as barbaridades do Erdogan na Turquia, as peripécias do Putin na Rússia, a loucura que é a Índia e etc….tão importante quanto as doideras dos líderes é o movimento das commodities!!

Abaixo o gráfico de longo prazo onde comparo os emergentes (vermelho) o IBOV em dólar (verde) e commodities (preto)…dá pra ver que essas coisas andam juntas.

Pois bem, o ano de 2019 tem sido positivo para as commodities e isso tem ajudado os emergentes.

E daqui para frente? Vou listar alguns pontos que podem ajudar as commodities e consequentemente fazer preço nos mercado emergentes:

CHINA

Último dado de PMI da China fi bem ruim e mostrou contração da atividade manufatureira…

Porque isso é bom? Porque o governo chinês trabalha com meta de crescimento e olhando para o passado recente, essas desacelerações foram seguidas de pacotes de estímulos para “ajudar” no crescimento.

Se isso acontecer de fato, poderia fazer preços nas commodities e consequentemente na bolsa…vale ficar de olho…apostaria que após as festas do ano novo que acontecem essa semana, eles poderiam soltar algo nesse sentido.

 

PETRÓLEO

A mãe das commodities também merece atenção….após fortes quedas, já temos visto recuperação, com o oil saindo dos US$ 42 de mínima e batendo US$ 55 na sexta. Pois bem algumas notícias ajudam e devem continuar ajudando a empurrar a commoditie:

  • Corte de produção anunciado em dezembro pela OPEP.
  • Mais empresas americanas desativando sondas de perfuração por conta de um preço que não atrai o produtor.
  • Sanções comerciais a Venezuela…EUA é o maior importador de petróleo venezuelano (gráfico abaixo)…logo as sanções são sim algo relevante.

  • Queda nos estoques de gasolina, conforme último dado que saiu semana passada:

Como vocês sabem, pois publico minha carteira…penso que petróleo pode seguir se valorizando no curto prazo…logo como “mãe das commodities” isso poderia gerar impactos positivos para mercados emergentes como o nosso.

 

EUA

Já gerou impactos essa semana, mas penso que é mais um vento que ajuda os mercados emergentes e consequentemente o Brasil…o que é? O fato de que não vai ter hike! FED não vai subir juros nos EUA.

Isso tende a enfraquecer dólares e fortalecer commodities…se fortalece commodities…bom vcs já entenderam neh?

 

Tenho um viés claro por estar comprado em ações e desejar ver estas se valorizarem mais e mais. Mas busco ser crítico em minhas ponderações sobre mercado…e realmente acredito em tudo que escrevi aqui! E se essas coisas se materializarem teríamos bons ventos soprando em nossa bolsa…e veja que nem citei a questão dos EUA e China chegarem a um acordo e encerrarem sua Trade War! 

 

Seguindo…

Mas com dinheiro não se brinca é sempre bom olhar a big picture e “treinar a esquiva”, que no mercado seria o hedge! Então vou fazer uns adendos…pois apesar de otimista algumas coisas chamam atenção.

 

JUROS…”NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESSE PAÍS” 

Vagando pelos meus estudos de domingo a noite me lembrei de Lula…Sim nele mesmo que tá la na cadeia….deve ter assistido o Corinthians ganhar do Palmeiras…

Pois bem o gráfico abaixo explica…

Nunca antes na história desse país a curva de 10 anos de juros no Brasil esteve em patamar tão baixo!

O que isso quer dizer? Pode dizer várias coisas…aqui vão algumas opções:

  • Que o Brasil esta virando a Dinamarca
  • Que os investidores não estão mensurando o real risco das reformas demorarem ou até não passarem.
  • Que a baixa expectativa de inflação de curto prazo possa estar influenciando o julgamento do mercado olhando além.

Ou seja, que o mercado está exagerando….OU

  • Que o Brasil de fato está mudando e que o juro de equilíbrio poderia cair ainda mais!

Como investidor de ações e bullish convicto, gosto de acreditar na última opção…e se isso for verdade qual seria um juros de equilíbrio?

Diria que com juro real nos EUA na casa de 1% + um risco país de 200 basis = você teria 3% de juro real , ou algo como 7% de juro nominal aqui no Brasil…considerando que estamos falando de uma curva de 10 anos e que merece um premiozinho de risco adicional aí …digamos mais 0,5% …chegaria em 7,5%…ou seja ainda haveria algum espaço pra quedas adicionais na curva.

Mas algumas coisas me preocupam…. nosso histórico inflacionário… quebras de safra… choques externos … política… o Neymar machucado….enfim…muita coisa!  Então olho nesse juro aí!

 

DÓLAR NAS CASAS BAHIA? 

Meu adendo no dólar é o seguinte: estou começando a achar barato abaixo desses R$ 3,70. #prontofalei! A última vez que falei isso foi lá na tônica do dia 05 de novembro … pra quem não lembra segue o LINK.

Os porquês acho barato:

  • juros baixo no Brasil tenderia a atrair menos capital do que já atraiu no passado;
  • reformas e discussões políticas voltando a tona são um prato cheio para respingar no dólar (leia-se: aumento do risco Brasil);
  • hedge bom para qualquer posição comprada em Brasil.

Risco aqui a meu ver é o Brasil “dar muito certo” com reformas acontecendo e turbulência política passar desapercebida. Eu torço muito pra isso…mas com dinheiro é bom ser diligente e por isso penso que pode ser um bom hedge!

Se cair mais vai aparecer o chato aquele das Casas Bahia oferecendo dólar…

Resultado de imagem para casas bahia barato pra caramba

 

PRA CONCLUIR…

Sigo otimista e acredito que os ventos externos podem ajudar…Entretanto penso que muita coisa foi colocada previamente na conta. Brasil não virou a Dinamarca e precisamos de fato entregar coisas. Penso que o PIB está mais para 2% ou até mais baixo, do que pra 3%…penso que juros seguirão dando uma folga boa para esse ano e não devem subir ficando em 6,5%…Mas quando vemos figuras como Renan Calheiros e o circo que foi a eleição do senado dá até calafrios…por isso quis chamar atenção ao investidor “treinar sua esquiva”  tal qual o gênio Ali. 

 

muhammad ali boxing GIF

 

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Yotube: Willcastroalves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

15 comments

  • Excelente post Will, muito obrigado! Ficou um resumo muito bom do que realmente devemos acompanhar neste momento. Abração

  • Realmente é otimista e tenebroso cenário político nosso!

    Não tenho exposição ao dólar, mais cada vez mais penso nessa necessidade

  • Bom dia Will, obrigado pelo conteúdo.
    Recomendaria algum plano de contingência para caso esse arco íris vire uma tempestade? Acredito que a maioria das pessoas seriam pegas de surpresa.

    • Não.
      se o foco é 20 anos, um mês com queda de 10% não deveria ser um problema e sim oportunidade de alocar mais recursos.
      Como não sei quando a bolsa vai cair ou subir, prefiro nem tentar fazer esse tipo de aposta.
      abs

  • Excelente conteúdo Will! Acho que com o início dos trabalhos no legislativo, nos próximos meses teremos uma ideia melhor do que podemos esperar para nossa economia. Por enquanto minhas expectativas de futuro “ficam em cima do muro”, juntamente com a alocação dos meus ativos. Abs!

  • Will, se ver comentários do Stephen Kanitz, administrador, ele diz 2 coisas claramente.
    1. Previdência
    Não existe solução. Direito de cada um é zero, seja aposentado ou da ativa.
    Pois não tem fundo / reservas.
    E ainda é deficitário pois entra menos dos ativos que sai pros aposentados.
    Qualquer reforma então é mero paleativo empurrando bomba pra frente.

    2. Brasil Falido
    Com PL negativo, Brasil tá quebrado.
    Então quem compra título governo é como se tivesse comprando debêntures da Forja Taurus.

    Ou seja, na melhor das hipóteses quem se aposentar daqui 20 ou mais anos receberá 1 valor mínimo, talvez até abaixo salário mínimo.

    E quem faz previdência privada majoritariamente com títulos públicos talvez não recupere nem principal.

    Cenário me parece mais realista que pessimismo exagerado.

    Como nenhum governo teria coragem de abrir o jogo, isso pode levar décadas pra estourar de vez.

    Então onde reside fundamentos pra otimismo com bolsa nesses niveis, e previsões de até 200 K pra cima?

    Depois de vender / privatizar tudo governo ainda estará com dividas enormes, e sem nada mais pra gerar sequer proventos.

    E mesmo se conseguir ajuste fiscal com sobra superávit primário pra cobertura juros, principal ainda fica.

    E se commodities não ajudar, qual saída?

    • Discordo. Simplesmente mudando a regra da idade minima a curva do gasto fiscal já inflexiona pra baixo.
      Fazendo uma reforma decente tu joga de volta para uma trajetória decendente.
      E se privatizar, cortar gastos então…
      Brasil não está quebrado! Pode vira estar em 15 ou 20 anos se não fizer nada …como parece q vamos fazer, sigo otimista
      abs

    • Então teria que enxugar bem custos e conseguir superavit primário sólido e consistente pra conseguir amortizar dívida pública.

      E aguentar momentos de estress econômico e principalmente oscilações commodities.

      Visão otimista vem prevalecendo até o momento.

  • Will, excelente análise mais uma vez!

    Conteúdo realmente bem fundamentado.

    Sigo com grande otimismo na minha carteira de ações deste ano, caminhando para 60% do patrimônio já alocado nesta categoria.

    Blog digno de se acompanhar todos os dias.

    Parabéns, meu caro.

Leave a Reply