Buggpedia: O que é a Gross Margin (Margem Bruta)?

Buggpedia
Gross Margin (Margem Bruta)
O que é o Gross Margin? Para que serve?

 

“Gross Margin” pode ser traduzido para Margem Bruta. É um indicador de rentabilidade, ela mede a lucratividade do que muitos chamam como “chão de fábrica” de uma companhia. É uma das métricas mais usadas quando se quer avaliar parte do desempenho do negócio. Isso quer dizer também, o quão eficiente a empresa é em “reter” parte do Lucro Bruto, que depois pode ser usado para pagar outros custos ou até obrigações.

COMO CALCULAR

O cálculo da Margem Bruta é muito tranquilo e precisa de duas variáveis. É a divisão entre o Lucro Bruto pela Receita Líquida da empresa. A equação fica assim:

 

Margem Bruta = (Lucro Bruto / Receita Líquida) x 100

 

O resultado é expresso em porcentagem. Além disso, por fim de esclarecimento, o Lucro Bruto nada mais é que a Receita menos o custo dos bens vendidos. E a Receita Líquida é a quantidade de dinheiro trazido para empresa ao realizar suas vendas de produtos ou serviços. Todas essas informações podem ser encontradas nos resultados trimestrais das companhias no site de “Relação Investidor”.

ENTENDENDO A MARGEM BRUTA

 

É sempre bom começar com um exemplo. Vamos pegar a companhia Wiz S.A. (WIZS3), do ramo de seguros, que atende a Caixa Econômica com vários produtos. O Lucro Bruto da companhia no 3 trimestre de 2018 foi de R$ 318.618.000,00 e sua Receita Líquida foi de R$ 430.836.000,00. Sendo assim, basta montar a equação e calcular.

 

Margem Bruta = (318.618.000 / 430.836.000) x 100

Margem Bruta = 0,7395 ou 73,95%

 

O que é considerado uma Margem Bruta bem alta, mostrando assim que a companhia possui uma vantagem competitiva em relação aos seus pares. Isso também indica que a companhia possui certa “liberdade” em estabelecer o preço de seus produtos ou serviços, acima dos custos de produção.

Geralmente, empresas que apresentam uma Margem Bruta de 40% para cima, possuem uma vantagem competitiva que pode ser durável no setor em que ela está inserida. Porém, companhias que apresentam Margens Brutas de 20% para baixo, geralmente, estão em setores lotados com bastante competitividade neles, um exemplo seria o setor varejista.

Por fim, vale destacar que a Margem Bruta deve ser analisada em vários períodos e concluir se ela é recorrente nesse intervalo ou não. Além disso, esse indicador isolado é apenas um indicador isolado (por mais redundante que seja a frase, é isso mesmo rs). Use-o com outros indicadores ao fazer suas análises, só assim para se ter maior assertividade.

 

Eu me chamo Breno Bonani e espero ter ajudado!!

Twitter: @Breno_Bonani  Instagram: @bonani_ 

Leave a Reply