20190408 – Tônica da Semana: AÇÕES E A REGRA DE OURO

A Tônica
Tempo de leitura: 7 min

Começamos mais uma semana. Que alegria! Celebre a vida meus amigos, pois ela é um sopro! Impressionante como um 2 graus a mais na sua temperatura corporal mudam por completo sua disposição, sua capacidade de raciocínio e interação com o mundo. Digo isso porque andei tendo um febrão…não devíamos precisar disso, mas as vezes esse tipo de coisa nos dá um belo chute no traseiro dizendo: aproveite a vida, sua saúde e pare de se lamentar sobre as FESA4 ou BRKM5 que caem…rs.

Pra quem tiver interesse e puder, deixa rolar essa música aqui enquanto você lê:

 

A REGRA DE OURO DAS AÇÕES 

Já fiz um post comentando isso (Ações e a Regra de Ouro), mas acho que convém repetir aqui e atualizá-lo.

Muita gente me pergunta o que é necessário para analisar ações…quais ferramentas, sites, livros, robôs, planilhas mágicas, quantas telas de computador. Somos mega influenciados pelo que vemos…quantos aqui já viram uma reportagem sobre bolsa de valores em um ambiente calmo, sem estresse, com um cara lendo um livro por exemplo…ou lendo o jornal em sua mesa simples sem as 4, 6, 10 telas?

O motivo disso é que somos influenciados a pensar que a bolsa é um cassino ou um local de ganhos rápidos baseados em boatos, dicas, informações privilegiadas ou ainda em análises de padrões que tenderiam a se repetir ignorando completamente a sempre presente aleatoriedade.

Mas então o que é necessário para analisar ações Will? Não analisá-las! Analise o negócio e não uma ação….afinal atrás de toda ação tem uma empresa trabalhando, com pessoas fazendo reuniões, dinheiro sendo investido aqui e acolá, etc. 

Então se você vai usar o google, o Investing.com, a Inversa, 5 telas, site de RI, livro, jornal ou a lua, tanto faz, conquanto que você consiga descobrir pra onde vai o indicador mais importante: o lucro! Descobrindo com alguma convicção para onde ele vai, esteja certo que as ações tendem a se mover para aquele lado!

Não se convenceu? Deixa eu te mostrar 7 gráficos.…poderiam ser 37…ou 58…mas vamos ficar em 7 mesmo. Linha azul é o preço da ação que segue o eixo da esquerda; linha preta é o lucro por ação que segue o eixo direito.

Os 7 gráficos mostram a mesma coisa, ou seja, quando o lucro sobe as ações sobem…quando o lucro cai as ações caem! Tão simples que preferimos não acreditar e buscar esoterismos a parte afim de ganhar dinheiro em ações.

A dificuldade reside em: saber analisar um negócio para daí sim prever, ou estimar, ou ter uma noção de pra onde vai o lucro! E isso não é simples não! Entender dinâmica de concorrência, mudanças tecnológicas, entender qual a cabeça dos sócios, como as mudanças de custos podem ser absorvidas pela empresa ou repassadas aos clientes sem detrimento de margem,…and the list goes on!

Fora isso o cenário, o contexto importa. Nadar em mar agitado é sempre mais desafiador. Plantar sementes no sertão também é uma tarefa árdua..por isso o ambiente macro, a meu ver, importa bastante!

Então feita a consideração educacional, vamos falar um pouco da semana que começa….

 

E A SEMANA NO BRASIL…

Semana passada fiz um post meio que resumo de cenário: CONFERE.

Seguimos falando das mesmas coisas:

  • Brasil…Entre tchuchucas e tigrões seguimos a espera de avanços acerca da reforma da previdência…

Resultado de imagem para tchutchuca é a mãe

É totalmente claro que no curto prazo, avanços acerca da reforma da previdência sustentarão a bolsa…qualquer revés faz mercado “panicar”…tem sido assim e deve seguir sendo assim. Em abril o processo deve passar pela CCJ pelo menos, isso é o que esperamos.

Paralelamente o governo costura a reforma tributária…bom demais! Pode dar um gás bacana para a bolsa. So far so good, penso que podemos bater os 100k novamente essa semana…chute mesmo.

Na Economia tivemos 2 dados bons: produção industrial e ISM de serviços. Nossa retomada segue lenta mas existindo o que é bom para as empresas.

Segundo a Markit: “Survey data showed a remarkable upswing in inflows of new work at Brazilian service providers, which suggests that the economy may be heating up.

 

E A SEMANA NO MUNDO…INFLEXÃO A VISTA? 

Semana passada fiz um post meio que resumo de cenário: CONFERE.

No mundo…a Trade no ending War segue no radar…mas será que estamos revivendo 2016? Já tinha comentado isso há tempos aqui num post…ano de 2019 estar com uma cara DE JA VU 2016

Pois bem, já vejo algumas pessoas comentarem acerca de uma recuperação dos indicadores econômicos daqui para frente…a ideia de o pior já ter ficado para trás em termos de números como os PMI’s (link pra enteder o que é PMI). Gráfico abaixo da corretora TD Securities sugere que as quedas dos PMI’s tem sido menores e que a difusão de indicadores diminuiu, um sinal de uma inflexão.

Outro que espera recuperação foi o Credit Suisse…

Tweetei isso essa semana…a BCA Research também engrossa o coro de recuperação da atividade daqui para frente (#oremos). Indicadores antecedentes mostram inflexão do ciclo…

 

PRA ACABAR…

Se economia lá fora inflexionar bom para nós…mas até aqui o mundo/cenário tem sido BEM BOM! Vix nas mínimas, S&P nas máximas, commodities subindo (exceção dos grãos) e nenhum desastre macro…não por acaso a correlação entre emergentes + Brasil + commodities segue andando junta esse ano. 

Cenário a meu ver segue bom…não vamos crescer mais que 2%, mas o que conta esse ano é termos reformas que destravem o Brasil…seguimos na espera. 

daffy duck waiting GIF

 Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

5 comments

Leave a Reply