20160412 – Thoughts

Bolsas, Brasil, Curiosidades, EUA, Europa, Thoughts, Uncategorized
Tempo de leitura: 10 min

TÔNICA DO DIA

Bom dia a todos,

Bolsas na Ásia, mais especificamente no Japão chamaram atenção. Ontem a noite um amigo veio comentar que ETF das empresas brasileiras no Japão estava subindo 3%…nem acreditei…de qualquer forma o Nikkei não fechou lá em cima, mas a fraqueza do yen colaborou pra uma alta de 1,13% por lá. Comento sobre essa questão mais abaixo…BATENDO NO SAMURAI. Ainda sobre o Japão, tivemos a notícia do Nomura Holdings (maior corretora do Japão) falando que vai fechar operações na Europa e racionalizar operações nos EUA…é a crise rapá!

Comentei ontem que as ações de bancos italianos subiam na expectativa de uma reunião entre governo, bancos e credores para criação de um fundo de socorro. Bom o fundo de US$ 5 BI foi criado, mas não entusiasmou muito…índice italiano cai 0,6%. Com €360 BI de “bad loans” no sistema italiano o tamanho do fundo começou a ser questionado. All in all é um melhor que nada! E motiva altas nas ações dos bancos italianoantigas-garrafas-de-agua-tonica-antarctica-290-ml-13733-MLB139598645_3946-Os ao menos. No mais tons mistos na Europa, com o Stoxx 600 em leve alta de 0,13%.

Petróleo em alta 0,9% ajuda a suportar um sentimento positivo para ações. Com isso futuro americano aponta uma alta moderada de ~0,2%. Tal alta é contida pela expectativa do earning season..comentei ontem…expectativa agregada é de uma queda dos lucros de 8,1% para as empresas do S&P na comparação anual. Ontem Alcoa trouxe resultados afetados pela queda de preço de alumínio e menor numero de vendas…resultado? Ação caiu 4%. Tem muita coisa pela frente, mas essa expectativa ajuda a frear o ímpeto da busca de ativos de risco por lá.

Ah vale comentar que mineradoras performavam bem lá fora com a elevação de recomendação do Goldman Sachs para uma gigante do setor, a ArcelorMittal

Internamente caminhamos para aquilo que muitos veem como o grande dia. Em dezembro de 2015 pós a carta de Michel Temer e sabendo das condições de nossa economia tomei a decisão de voltar ao Brasil. Na minha cabeça estava dado que ia acontecer! Ainda não aconteceu mas acredito que vá! 

Derrota de ontem já era esperada, mas nem por isso deve deixar de ser comentada…foi uma derrota! Bolsa deve repercutir isso hoje, a meu ver. Agora  matéria será lida hoje em sessão ordinária. Aí vai ser publicada no diário oficial de quarta. Se tudo der certo e nos planos de Eduardo Cunha, vamos ter o Domingão do Impeatchment! OH LOCO MEU!

A coisa esta ganhando corpo e é bem possível que um certo clima de euforia comece a tomar conta…depois nego faz conta e vê que não é bem assim…mas enfim. 

Tivemos ainda a lava-jato prendendo o ex-senador Gim Argello do PTB, o qual foi citado por Delcídio. Ele disse que, juntamente com outros três políticos, Argello cobrou propina de empreiteiros para que eles não fossem convocados para prestar depoimento na CPI da Petrobras no Senado e na CPI Mista da Petrobras (Câmara e Senado), ambas em 2014. O ex-presidente da OAS teria pago para não ser convocado, apontam as investigações.

Enfim dia cheio e que promete. Vamo que vamo!


LÁ FORA

E O DÓLAR HEIN? 

Li um negócio e pensei…pô, eu postei sobre isso! Tenho certeza…tive que ir atrás e achei. Dia 19/02 postei: AFINAL, DÓLAR ALTO É BOM PARA QUEM HEIN. De lá extraio:

Dólar nas alturas frente a grande parte das moedas no mundo afeta o ambiente de negócios nos EUA. Veja que as vendas em nível agregado (todos  business) vem sofrendo queda com movimento do dólar. Mais um indício de que a guerra monetária vigente tende a afetar a maior economia do mundo…infelizmente…

http://bugg.com.br/2016/02/19/afinal-dolar-alto-e-bom-pra-quem-hein/

Depois dia 14/03 publiquei: EUA – PORQUE PREÇO “MATTERS”. De lá extraio:

Como tudo na vida tem dois lados, se o dólar forte é bom para o consumista consumidor americano, por outro enfraquece suas exportações ao tornar o produto americano mais caro.

http://bugg.com.br/2016/03/14/eua-porque-preco-matters/

Bom. Feito isso, vimos desde então o dólar enfraquecendo em relação a outras moedas…reflexo do não aumento de juros e dos discursos mais dovish das autoridades monetárias por lá. Desde então vimos o dólar enfraquecer: 

dolar

 

E o reflexo começa a ser sentido nas exportações, uma prova de que de fato preço “matters”! 

Último dado de ISM non manufacturing surpreendeu positivamente: 

 

E na abertura do dado, vê-se que de fato o que ajudou a puxar foram os novos pedidos de exportação! 

 

 

Logo um receio a menos com relação a economia americana. Para os que gostam de teoria da conspiração poderiam dizer que foi tudo arquitetado…fizeram de propósito…hehe…All in all é bom que sua economia continue no prumo…são eles que puxam o mundo!

 

BATENDO NO SAMURAI

Seguindo essa tônica de moedas, temos visto a bolsa japonesa sofrer, mais especificamente as empresas exportadoras (parte considerável das empresas de bolsa). Também pudera, o movimento que comentei acima, do dólar, se mostrou mais forte contra o Yen…o resultado foi a desvalorização do dólar frente o Yen de mais de 12% desde novembro do ano passado. Veja:

yen

 

Não por acaso o Nikkei acumula queda de 17% no mesmo período….

nikkei

 

 

EUA – MALTHUS E O MENOR CRESCIMENTO  

Não quero ser enfadonho aqui, mas só pra lembrar, Thomas Robert Malthus foi o cara que criou aquela teoria de que a produção de alimentos crescia em progressão aritmética e a população em progressão geométrica. O contexto era a revolução industrial, que fizera com que a produção de alimentos crescesse assim como melhorou em certa medida as condições sanitárias…pessoas vivendo mais e se reproduzindo a rodo (não havia tv, internet, gadgets, etc)…logo ia faltar comida pra todo mundo e devia-se controlar natalidade.

Well Malthus não contava com o poder dos controles de natalidade, TV’s, video games, gadgets, e toda essa vida moderna. Hoje o problema é outro, falta natalidade! E isso afeta crescimento econômico! É um fator de produção que cresce menos, fator trabalho! Esse gráfico mostra isso…que o menor crescimento, nos EUA na média seria resultante também de um menor crescimento populacional e consequentemente da força de trabalho….interessante!

mALTHUS

 

NO BRASIL

 

GGBR – ANALISTA DE RETROVISOR 

A super performance de Gerdau chama atenção. Faço aqui a meaculpa de não ter aproveitado essa oportunidade…cagão mesmo! Juro que lembro do dia que o papel bateu os R$ 3,3 em janeiro…papel na bacia das almas, largado! Estava em Santiago de Compostela e não tive muito tempo para focar em mercado…mesmo que tivesse dificilmente teria comprado.

Mas lembro que pensei: papel a 18% do valor de patrimônio (P/VPA 0,18x)…algo deve estar errado! Naquele momento Usiminas valia menos de R$ 1,00! Eu pensei, será que é game over para o setor? Não é possível! Para quem viu esses papéis em seu auge é estranho…pensei, se alguem vai sobrar nesse setor, esse alguém deve ser Gerdau… ela é a maior produtora de aços longos das Américas e a segunda maior em aços longos especiais no mundo…não é possível! To Big to fail…na verdade não…tinha em mente que sempre foi uma empresa bastante razoável em suas decisões de investimento e alocação de capital, além de eficiente e diversificada sob aspecto operacional…era uma boa aposta…cagão…só pensei. Fácil falar agora! 

Além do fluxo para emergentes trigado pela questão política, e de um valuation que precificava o fim do mundo, tivemos a melhora de preços de vergalhão lá fora….já tinha inclusive melhorado em janeiro…não me liguei…gráfico mostra isso:

Depois dos 117% de alta desde a mínima sou ainda mais cagão…hehehe…já corrigiu algumas discrepâncias bizarras…negocia a 6,5x EV/Ebitda pra 2016…colocando do lado das outras é um case que pode ser visto como empresa…Usiminas é imbróglio societário+case de crédito e CSN case de crédito. Se é pra ter alguém no setor, ainda e ela, mas acho que por ora ela vai mais no beta, call Brasil/político, e na esteira da melhora recente nas commodities.

 

CURIOSIDADES…

PUTIN E SEUS VIZINHOS…

Que o mundo anda estranho isso não é novidade…o receio com conflitos aumenta e faz aumentar os dispêndios/investimentos militares…Estive em grande parte dos países do mapa abaixo e posso afirmar: esses caras não curtem muito os russos e temem Putin! Logo o que fazer? Vamos nos armar! E assim o fazem! Crescimento do gasto militar se intesificou!

Foto que tirei na Ucrânia:

IMG_20140903_131043

 

Já na Rússia: 

putin2

 

Era isso, 

Abs.

WILL

 

 

Leave a Reply