20160425 – Thoughts

Bolsas, Brasil, China, Emergentes, EUA, Europa, Thoughts, Uncategorized
Tempo de leitura: 11 min

TÔNICA DO DIA

Bom dia a todos,

Vamos lá começando a semana num tom meio negativo nos mercados lá fora. Sexta comentei sobre um possível fim do rally dos emergentes, ou ao menos que esse estaria perdendo força. Hoje reforço essa ideia num post específico sobre na seção Brasil –  ATÉ ONDE VAI O RALLY DOS EMERGENTES 2. E já adianto que amanha vou postar sobre o tradicional “sell in may and go away”. Não é pessimismo não, apenas uma constatação…mercados sobem e descem e devemos ser impessoais a ele…sem paixões (eu sei que é difícil)…sem amor a ações e/ou posições…sabendo que toda convicção pode e deve ser desfeita caso o cenário mude. antigas-garrafas-de-agua-tonica-antarctica-290-ml-13733-MLB139598645_3946-O

Mas então…petróleo cai (0,94%), assim como futuros americanos (cerca de 0,2%) e bolsas na Europa (Stoxx 600 -0,36%).

“O que tá pegando?”

Well sentimento negativo pela Ásia (aposto que é o esgotamento do rally de emergentes…); este é atribuído ao receio com as reuniões do Banco Central do Japão, Nova Zelândia e mais importante, o Federal Reserve! Ainda que não se imagine nenhuma alteração significativa na postura do FED, esse é sempre um evento que não passa como coadjuvante!

Taxas de juros negativas para empréstimos?

Não obstante, os olhos também vão estar voltados ao Japão pois especula-se que irão ir além no seu projeto de expansão monetária adotando taxas negativas para empréstimos! Isso mesmo, nêgo paga pra ti pegar dinheiro! Japão é outro mundo mesmo. É tão bizarro que até refuta a parábola de Jesus acerca dos talentos…papo para um post específico…mas enfim…

“The main attention is likely to be fixed on the Bank of Japan meeting on Thursday after last week’s reports that the central bank might extend its negative rate policy further by adopting a policy of a negative rates on loans,” Michael Hewson, chief market analyst at CMC Markets, wrote in a note on Monday.

No petróleo investidores citam uma realização de lucros…mas ha também uma expectativa com as declarações do Deputy Crown Prince Mohammed bin Salman’s acerca do futuro da Arabia Saudita num mundo “sem petróleo” … como eles planejam desenvolver o país e usar o mega wealth fund que estão criando…o evento esta sendo chamado de “Vision for the Kingdom of Saudi Arabia”.

Internamente creio que devemos seguir esse mesmo movimento dos mercados pelo mundo….ate porque o campo politico segue sendo observado, mas sem grandes novidades…digo a questão do impeatchment parece dada, agora e observar como isso avança no senado.

Outro ponto importante se refere aos possíveis nomes de Temer para Fazenda…com Serra ainda como possível nome, tenho os meus receios…e penso que o mercado também prefere observar e ver se o “A Ponte para o Futuro” não vai desmoronar em meio a tantas ondas de especulações!

Focus chamou atenção com varias mudanças: (i) projeção menor de PIB para 2016 em -3,88% ; (ii) PIB maior para 2017 em +0,3% (seria um efeito Temer aqui?); (iii) inflação abaixo de 7% para esse ano, em 6,96%; (iv) e Selic em 13,25% para esse ano e 12% para ano que vem. Deve dar mais uma mexida na curva de juros…

Era isso…

LÁ FORA

 

GIGANTE ALAVANCADO 87

Já postei inúmeros gráficos e informações tentando mostrar que China é um gigante alavancado e que ela mesmo possa estar subestimando o poder de uma bolha de crédito em sua economia. Enfim não é profeta do caos é só monitoramento de pica…de onde possa vir uma que nos atinja (nós gestores, alocadores, investidores).

Enfim gráfico mostra uma dinâmica recente interessante e preocupante. Crédito vem crescendo em ritmo mior que o PIB … se tu observar o gráfico, verás que expansão de crédito no passado recente serviu apenas para manter o PIB, não por inverter sua trajetória que se sendo de arrefecimento.  

 

Assusta também o fato de, mesmo já tendo cidades fantasmas por lá (pra quem nunca viu nada a respeito, dá uma olhada no videozinho abaixo)

https://www.youtube.com/watch?v=QucpOo-CKjU

Ainda assim, eles seguem investindo em construção de novas casas…quem vai comprar isso?

 

O TRUNFO DE OBAMA

Sigo achando que Hillary leva essa eleição. O motivo? O mercado de trabalho. Obama esta entregando o governo com um desemprego baixíssimo! Pedido de seguro-desemprego que saiu esses dias foi o menor desde 1973 no governo Nixon.

 

Sabendo que economia é cíclica, vai dizer que não parece q algo vai acontecer e esse desemprego vai subir?!

P.s: e as barras cinzas são períodos de recessão…

Obama e o EUA como nação conseguiram também, reduzir o gap existente entre a proporção de desempregados negros e latinos versus brancos. Na verdade ainda há muito que fazer nesse sentido, mas me parece ter havido uma melhora, não?

 

PETRÓLEO, BOLSAS E BEN BERNANKE

Já comentei aqui sobre a forte correlação existente entre petróleo e os mercados acionários no mundo. Mas é sempre bom ver um outro lado das coisas.

Em seu blog, Ben Bernanke (ex-presidente do FED) chamou atenção ao fato de que ambos os mercados sempre foram correlacionados e que não seria nenhum fenômeno o que ocorre hoje.

Na tese dele, ambas variáveis respondem aos riscos e expectativas com a demanda agregada da economia. O que tivemos segundo ele foi apenas um certo “spike” nessa correlação, a qual já estaria voltando a sua média de longo prazo de 0.68, ou 68%.

Interessante… artigo completo aqui:

http://www.brookings.edu/blogs/ben-bernanke/posts/2016/02/19-stocks-and-oil-prices

 

LONG&SHORT É O CANAL, #FICADICA

Gráfico interessante mostrando que operações não direcionais via Long & shorts te permitem ter performance superior e com menos volatilidade e/ou menos drawdown (riscos de quedas).

Confesso que não ficou totalmente claro para mim como eles chegaram no HFRI EH index. É pra ser um indicador de exposição neutra a mercado com operações de pair trade estatístico de arbitragem e factor-based…enfim nada muito claro digamos assim …logo, já aviso que é mega viesado pois era um site que de certa forma promovia um sistema de trading em long & short.

All in all, é só pra chamar atenção, porque realmente acredito nessa modalidade de operações. Reduz tua exposição direcional a mercado e de fato com menor volatilidade. Lembro-me que na época de XP fizemos vários e o nível de acerto sempre foi muito bom.

 

 

NO BRASIL

ATÉ ONDE VAI O RALLY DOS EMERGENTES 2

Ainda na linha do que publiquei sexta, e da alta recente de nossa bolsa…abaixo listo os riscos para a sustentabilidade dessa alta observada em mercados emergentes…

Risco 1:

Índice de surpresa econômica com mercados emergentes deu um salto após o encontro de março, quando o discurso dovish de Janet Yellen acalmou mercados e ligou o apetite a risco mundo afora.

Uma mudança de discurso, ou a interpretação de dados pelo mercado, no sentido a termos elevação de juros nos EUA poderia rapidamente mudar essa tendência hein! Na verdade o risco aqui é o dólar se fortalecer…é isso que está implícito e esse é o risco citado aqui.

 

Risco 2: 

Fato é que o indicador que melhor explica o desempenho da bolsa recentemente não são as mudanças nas cabeças dos parlamentares, mas sim o índice de commodities. Dado que já houve correção do petróleo e demais commodities e, concomitantemente, você não viu uma mudança expressiva nos condicionantes macroeconômicos, creio que não haja suporte para manutenção de tais preços. Sendo assim, dado nossa correlação com as commodities, diria que temos grandes chances de sofrer alguma realização.
Screen Shot 2016 04 18 at 4.23.15 PM

O cerne da questão aqui, a meu ver, é China! Saber se vão se estabilizar e em que patamar…saber se as políticas de incentivos do governo vão continuar surtindo efeito…pois são eles que direcionam o mercado de commodities.  

“As we have pointed out in the past, commodity prices have been the driving force behind Brazilian markets. This still seems to be the case,” …David Rees, disse o gestor da Capital Economics.

 

Risco 3: 

Mudanças no cenário político, ou termos algum revés na evolução do processo de impeatchment ou de assunção ao poder por Michel Temer. Na verdade aqui tudo pode acontecer…

 

 

AINDA NA PAUSA PARA MACROECONOMIA

Sexta postei alguns indicadores sobre nossa economia…talvez tenha ficado faltando o mais relevante de todos que é nossa situação de dívida e o déficit do governo…para o alto e avante…de mal a pior…#triste. 

Como já existe muito a respeito, não vou perder muito tempo nisso…o gráfico fala por si só…pra mudar essa dinâmica teremos que ter um presidente realmente com BALLS! Seja ele homem ou mulher!

 

 

 

CURIOSIDADES…

 

VIET CONG’S INVADINDO OS EUA 

De inimigos de guerra a grandes parceiros comerciais. Vida é mesmo irônica. Vietnam é o parceiro comercial dos EUA que mais cresce! Os caras estão invadindo os EUA!

 

 

Era isso, 

Abs.

WILL

 

 

Leave a Reply