20160506 – Thoughts

Brasil, China, Curiosidades, EUA, Europa, Thoughts, Uncategorized
Tempo de leitura: 9 min

TÔNICA DO DIA

Bom dia a todos,

O humor não esta dos melhores…digo o meu mesmo…Grêmio fora da Libertadores…fomos atropelados…torço para que o Rosário saia campeão, tal qual foi o San Lorenzo depois de nos eliminar em 2014…Enfim..move on

Hoje tem ADP nos EUA as 8h30 de NY. Número esperado é 200k…criação deantigas-garrafas-de-agua-tonica-antarctica-290-ml-13733-MLB139598645_3946-O vagas…número acima indica robustez da economia americana e seria uma indicativo de alta de juros? Número baixo mostra que FED não precisa se preocupar em aumentar juros, mas economia não está tão cheia assim? Penso que é mais ou menos por aí.

Anyway dólar veio se valorizando no curto prazo na expectativa do encontro do FOMC em junho…mercado antecipando algum hike nos juros…até porque os últimos comunicados de diretores do FED deixaram a porta aberta para tal. Veremos…

Futuros americanos caem 0,2% e petróleo 0,7%. Sobre o petróleo li um comentário interessante: Dominic Schnider, the head of commodities and Asia-Pacific foreign exchange at UBS’s wealth-management unit in Hong Kong, said “Oil is ripe for a consolidation or correction into the mid-to-low $30s.”

Ou seja, petróleo esta pronto para se consolidar no atual patamar ou realizar…parece um comentário meio lógico, ou cai ou sobe…mas não…na verdade se o petróleo se manter no atual patamar ~US$45 já demonstrara certa força.

Na Europa o humor também não é dos melhores com o Stoxx 600 caindo 0,8% e na Ásia mercados na China fecharam com forte queda com as autoridades introduzindo regras mais restritivas ao chamado Shadow Banking System…prometo escrever sobre isso em breve.

Internamente, a leitura de que sem Cunha o cobra Temer perde apoio no Congresso e, com isso, capacidade de aprovar seus projetos parece ganhar espaço na mídia…que bizarro…de onde vinha tanto poder assim a Eduardo Cunha?! Não obstante, a suposta inelegibilidade de Temer também é outro fator que mercado observa atentamente.

Vinha comentando que o rally dos emergentes tinha perdido fôlego…falei também do sell in may and go away…nossa bolsa já vem fraquejando…o pregão ontem foi um bom exemplo…e agora tivemos certas notícias bem menos agradáveis…ou seja, o fator que segura nosso mercado (os avanços na questão política), vem enfraquecendo…muito cuidado!

Temos a votação da admissibilidade do relatório do senador Anastasia na Comissão do Impeatchment do senado. Um grande non-event…se aprovar estava no preço…logo qualquer surpresa a meu ver só pode vir do lado negativo.

No mais boa sexta a todos, menos para Dilma.

 

LÁ FORA

CHINA – TACALE PAU BNDES CHINÊS!

“Lá vem o Marco…descendo o morro da vó Salvelina…tacale pau nesse carrinho Marco! Tacale pau, Tacale pau, Tacale pau”

Não sei vocês, mas eu achei esse vídeo demais! Ri muito e vi muitas vezes…reminiscências de minha infância em Cruz Alta…terra boa…vermelha…boa pra sujar os tênis! Pra quem não viu:

https://www.youtube.com/watch?v=m4Ixr1aVCc0

Mas vendo o gráfico de investimentos do CDB (China Development Bank) me veio essa frase na mente…coisa de doido…mas o que o BNDES chinês tem feito é mais ou menos isso “tacandole pau” nos empréstimos e investimentos em infra-estrutura para animar economia por lá….que fim vai dar isso?

 

 

UK – A DESACELERAÇÃO DA RAINHA

Na Europa o Reino Unido vem experimentando um belo de um slowdown em sua economia…ou melhor, seria um feio de um slowdown.

O PMI geral do país aponta um crescimento de 0,1% de PIB para o 2T16 e como o segundo gráfico abaixo mostra, a desaceleração se mostra bem dispersa entre os diferentes setores.

 

 

VIDA DURA AOS BANQUEIROS 

Li que o Goldman Sachsesta cortando 10% das posições de renda fixa do banco após o fraco resultado reportado neste 1T16.

http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-05-05/goldman-said-to-extend-fixed-income-cuts-to-10-of-staff-in-2016

Não para por aí não, BNP Paribas também esta reduzindo pessoal, dessa vez na Ásia e na divisão de Equities! Não tá fácil não…

http://www.bloomberg.com/news/articles/2016-05-06/bnp-said-to-shrink-cash-equities-in-asia-with-up-to-40-job-cuts

Estive um tempo na Europa…sinceramente…acho que o Brasilzão tem muita oportunidade! Por isso voltei…em breve comento mais do novo projeto que estou me inserindo. 

Ainda nessa linha da vida dura aos bancos mas em outra temática…

Bancos italianos apanhando mais que mulher de malandro! Que paura mamma mia! 

 

 

NO BRASIL

 

ALGUNS THOUGHTS SOBRE O VAREJO

Pensando que não estamos em maio…”espada justiceira de-me a visão além do alcance” … o mês é novembro…penso sinceramente que “no matter what”, estamos sempre 6 meses a frente em se tratando de bolsa e dá pra dizer invertimentos. Portanto, vamos a alguns pontos que me surgiram a respeito do varejo….estou elucubrando apenas, você não precisa concordar… 

ESTOQUES. Varejistas e produtores tem avançado no seu processo de redução de estoques por conta de todo esse cenário de crise…simples, mantém-se menos produto na loja dado que as vendas minguaram, logo tu consegue ser mais “inventory light” o que pode gerar ganhos de eficiência em k de giro.

CUSTOS. Crise é sinônimo de oportunidade…sim de oportunidade de cortar custos. Empresário olhou pra fora e viu cenário dantesco…o que fez, se voltou pra dentro e saiu cortando ou buscando ganhos de eficiência que protegesse sua margem! Ora esse foi um movimento que já veio ocorrendo, logo, hoje, empresas do setor são mais eficientes em termos de custos e despesas…já houve a racionalização advinda da crise…que racionalização é essa? Readequação dos custos de pessoal, aliada a alguma redução nos preços de energia, aluguéis e fretes. Portanto, qualquer melhora de cenário é, a meu ver, ganho de margem!

QUEBRADEIRAS. Varejo é um setor ainda pouco concentrado. Exivarejostem muitas pequenas e médias empresas nesse setor … isso de forma bem genérica .. em vestuário, bens duráveis, móveis, etc. Essas por sua vez, tendem a ter menos acesso a crédito…capacidade de investimento em tecnologia que gere ganhos de eficiência…capacidade de não sucumbir a crises (em tese). Logo, não a toa, muitas empresas quebraram ou estão em sérias dificuldades…logo as que restaram (nessas me refiro as de bolsa) tem maiores condições de abocanhar o mercado outrora deixado por tais empresas em dificuldades…não faz sentido?

CONFIANÇA. A crise de confiança não foi resolvida, ainda há muito que avançar, mas a mudança de governo pode ajudar nesse sentido. Talvez esteja sendo muito foward, mas se confiança do empresário melhorar a do consumidor tende a seguir, ainda que com delay…se isso ocorrer teríamos um indicador relevante apontando compra…é monitorar.

Tudo isso parece muito bullish com o setor, mas lembre-se que estamos em novembro…esse cenário é uma aposta arriscada numa inflexão lá na frente … por hora o que temos é: vendas ainda em queda; aumento do desemprego; juros ainda altos; inadimplência; e o consumidor ainda alavancado

Questão é que isso não vai durar pra sempre… pelos próximos 6 meses OK, mas e depois de novembro…será? Juros tendem a baixar, consumidor deve se desalavancar dado que não assumiu novas dívidas (consumo ainda fraco); ajuste e repasse a preços pelo efeito do câmbio já foi feito…logo penso que o fim do mundo não é o cenário base para o varejo no Brasil.

 

 

CURIOSIDADES…

500 EUROS E O ACRE

Li que o Banco Central Europeu vai parar de emitir notas de 500 euros…aí me perguntei…existiam notas de 500 euros? Nunca as vi?! Pobre é F…. Mas é sério…nunca tinha as visto…para mim são como o Acre…dizem que existe mas nunca conheci ninguém nem nada de lá…acho que foi invenção da Globo! kkkk

 

 

 

 

Era isso, 

Abs.

WILL

 

 

Leave a Reply