EUA – SAEM OS JUROS, ENTRA TRUMP EM CENA?

Bolsas, EUA
Tempo de leitura: 4 min

Bom não tem como não falar da celeuma de juros nos EUA…então vamos lá cumprir o script.

Janete falou…frase nova foi:

“O comitê acredita que o caso para alta de juros se fortaleceu, mas decidiu esperar maior progresso em relação a seus objetivos”,

Decisão foi anunciada deixando as portas abertas e as apostas mais altas do que nunca de que vai ter hike em dezembro…”só” 60% apostam nisso. Mídia quer highlight e sangue na tela…hehehe…e bem ou mal, tivemos 3 membros do FED que votaram pela alta de juros já nessa reunião…logo…mercado agora vai entrar na queda de braço dos juros para dezembro.

Mas me chamou a atenção da agressividade de mercado…muita gente aposta em 50 a 75 basis…acho, humildemente, que vão errar grosso! Errar rude!

 

 

E outra coisa que não entra na minha cabeça (fiquem a vontade para discordar ou me explicar) é o fato de elevar juros numa economia que se espera um menor crescimento não só no curto prazo como no longo?!  No seu comunicado o FOMC revisou para baixo as taxas de crescimento e inflação esperadas para este ano, assim como a projeção de crescimento de longo prazo. Gráfico abaixo da tendência do PIB americano para o longo prazo:

 

Eles simplesmente estão dizendo:

Olha pessoal a economia americana não vai crescer mais de 2% ao ano nos próximos anos!! 

To loko ou isso é muito doido?!

Além disso, apesar das expectativas de alta de juros no curto prazo, a taxa média de “equilíbrio” para os juros nos EUA é bem mais baixa…

 

 

Já comentei aqui que o grande problema ou o grande driver para economia americana é a sua dificuldade em incrementar a produtividade do trabalho…cometei nesse post aqui:

EUA – COPO MEIO VAZIO, ELEIÇÕES, MEDO, HIKE

Aí achei esse gráfico do Deustche que põe mais lenha nessa fogueira…basicamente ele diz o seguinte: a queda no investimento privado americano não é só resultado da redução dos investimentos da indústria de óleo e gás, mas sim de toda economia…e, se isso é verdade, a produtividade dificilmente melhorará….interessante não?

All in all, o mercado parece ignorar qualquer problema, ineficiência ou riscos da economia americana…veja que o Nasdaq renovou máximas essa semana….ou seja, produtividade da economia em nível agregado é um problema, mas especificamente no o setor de tecnologia, não é. Seria resultado de uma criteriosa análise e stock picking, ou crença exagerada nas grandes .com? Fico na dúvida também….tipo a Apple especula comprar a McLaren?! Eu sei que soa estranho, mas enfim de repente esses caras (falo das .com e startups do vale do silício) realmente terão a capacidade de puxar a economia

nasdaq

 

Comentei na Tônica da Semana que tem uma porrada de indicadores e ainda os diretores do FED falando essa semana, o que sempre gera um estresse nessa questão de juros….

MAS…

Penso que agora entra em cena a questão das eleições nos EUA…o risco-Trump! Hoje (segunda) tem um importantíssimo debate que vai ser visto pelo mundo todo! Logo penso que daqui para frente o mercado por lá vai prestar atenção nesses 2 pontos aqui: 

  • Donald Trump e eleições gerando incertezas e travando mercados; dá uma olhada na pesquisa que saiu hoje:

Trump, Clinton Deadlocked in Bloomberg Poll Before Key Debate

  • Fim do período de vigência do Quantitative Easing 3 do FED…se não me engano agora em setembro…sem a bengala das compras dos ativos por parte da autoridade monetária, o mercado pode fraquejar…

 

 

Leave a Reply