O QUE ESPERAR DE 2017 – DEUTSCHE

Curiosidades, Europa, Lá Fora
Tempo de leitura: 3 min

Amigo me mandou um email/report do Deutsche com potenciais eventos e coisas que chamam atenção para 2017. Não fiz nenhuma análise aqui…só dividindo mesmo com vcs pq acho interessante:

 

  • Cenario para 2017 
  1. Fazer com que “crescimento” seja “interessante” de novo
  2. EUA como um ponto fora da curva quando comparado a outros países que compõem o G10
  3. Mudanças nos regimes que imperavam nos mercados
  4. Despertar o espírito animal
  5. Renascimento do crescimento do lucro por ação das empresas
  6. Ventos favoráveis e desfavoráveis para crédito corporativo
  7. Paradigma na mudanca das taxas de juros
  8. Ciclo de alta do USD
  9. Vulnerabilidades de FX nos Mercados Emergentes (incluindo RMB)
  10. Mercado de petróleo liderado pela oferta

 

  • Desempenho de moedas contra o DOL:

deutsche bank 2017a

 

  • 10 Temas principais para 2017 
  1. EUA como um ponto fora da curva quando comparado a outros países que compõem o G10 – afrouxamento fiscal / aperto monetario / viés de desregulamentação
  2. Mudanca de paradigma – Deflação para “reflation” globalmente
  3. Riscos políticos como um vetor importante dos mercados
  4. Aumento do nacionalismo e políticas voltadas para a economia doméstica (acordos comerciais, imigração etc)
  5. Kit de ferramentas do Governo Chines – afrouxamento fiscal / política cambial / controles de capitais / agenda de reformas
  6. Mudanca nos regimes que imperavam nos mercados – Rotacao dos portfólios para Renda Variável e setor Financeiro; renda variável sendo guiada pelo desenvolvimento do lucro por ação; Paradigma na mudança das taxas de juros
  7. Espírito animal despertado
  8. Aumento das taxas de juros e inclinacao da curva
  9. Ciclo de alta do USD
  10. Maior número de episódios de alta volatilidade

 

  • 10 Eleicoes para monitorar em 2017 
  1. Mar 15: Holanda
  2. Mar 26: HK
  3. Abr 23: Primeiro Turno da eleição presidencial na França
  4. Mai 7: Primeiro Turno da eleição presidencial na França
  5. Mai 19: Iran
  6. Agosto: Ruanda
  7. Outubro: Comitê Central de Política do Partido Comunista na China (Politburo)
  8. Out 22: Alemanha
  9. Dez 20: Coreia do Sul
  10. Final de 2017: Tailândia

 

  • 10 Riscos para monitorar em 2017 
  1. Banco Central dos EUA (Fed) “atrasado” (behind the curve)
  2. Estagflação caso a desaceleração do crescimento dos EUA se materialize
  3. Aperto das condições financeiras seja pelo FED ou por um USD forte
  4. Aumento das disputas / retaliacoes nas relações comerciais entre EUA e China
  5. Contágio de um USD forte – Mercados Emergentes, China, petróleo, exportações, lucro das empresas
  6. Política na Europa – Brexit, eleições, crise da imigração
  7. Republicanos falham em passar uma reforma tributária ampla
  8. Petróleo – aumento da producao nos EUA; corte na producao da OPEC
  9. Atraso na recuperacão dos exportadores de commodities
  10. Escalada das tensões geo-políticas – segurança cibernética, terrorismo

 

Obs. Apesar de ainda nao agendados, ha uma boa probabilidade de que haja eleicões na Itália e Reino Unido

 deutsche bank 2017

 

deutsche bank 20172

 

  • Riscos Políticos

Gráficos abaixo relacionam o crescimento do populismo em diferentes países da Europa…importante monitorar porque em países onde a desaprovação do governo é alta, o populismo tende a aumentar.

 deutsche bank 20173

Leave a Reply