20190603 – Tônica da Semana: TARIFF TRUMP, O DÓLAR E UMA LIÇÃO

A Tônica
Tempo de leitura: 6 min

Foto de capa: Lake District na Inglaterra – 2015 

Quem me conhece sabe que adoro viajar! 27 países por enquanto…ainda tem muito pra conhecer, afinal esse mundão veio é grande demais! Então que tal começar o mês dando uma viajada… revisitando os grandes temas macro que rodam o mundo…saber o que se passa ao nosso redor…afinal não somos uma ilha e os mercados são super interligados… Vem comigo…

 

EUA – MAKE AMERICA FIGHT AGAIN? 

Tudo ia relativamente bem até que o Mr. Tariff Man resolveu atacar. Primeiro as tarifas contra a China fazendo soar a sirene da Trade War e espalhando certo pavor no mundo. Mas ele não parou por aí e na última semana lançou tarifas sobre os mexicanos.

Minha opinião? Essas medidas não são efetivas! Penso que os EUA deveriam se concentrar em investir em portos, rodovias, pontes, viadutos, fibra ótica e todo tipo de infra….junto a isso, focar na questão da produtividade do trabalhador, algo que os chineses vem investindo muito pois é justamente o que gera crescimento sustentado de longo prazo!

Veja que apesar de reduzir o comércio com a China os americanos passaram a importar de outros países…mantendo o déficit comercial.

Na questão das tarifas contra o México é ainda pior pois a integração das empresas americanas com plantas e subsidiárias mexicanas é imensa. 2/3 das importações do México são de produtos intra-company, ou seja, de fábricas de uma mesma empresa.

Penso que o impacto de tudo isso será:

Resultado esperado a meu ver?

  • Mais inflação com o consumidor pagando a conta
  • Menos crescimento
  • Mal estar geopolítico (Nafta)
  • Insatisfações de grupos industriais.
  • Mais de 5 MM de empregos dependem dessa integração entre EUA e México e correm riscos.

Guerra comercial não é benéfica ao crescimento econômico e consequentemente o impacto nos mercados foi imediato: bolsas ao redor do mundo pesaram…peso mexicano saltou…VIX segue alto e S&P realizou bem – exatamente como tinha comentado semana passada.

Começamos o mês de junho assim como na foto de capa…com nuvens espessas e pesadas no mercado…é o que consigo ver por ora. 

 

PAGANDO PARA INVESTIR?  

Frente ao receio de menor crescimento e maiores riscos o que fazer? Investir em ativos de menor risco…os bonds de países considerados seguros, correto?  Sim!

Por isso, vimos um influxo gigante para os chamados money markets (mercado de dívida, especialmente de curto prazo)…foram US$ 200 BI em 4 semanas! Quase o tamanho das reservas brasileiras migrando para esse tipo de investimento ao redor do mundo.

E o impacto nos juros tem sido relevante! Mais pessoas comprando os títulos fazem com que esses se valorizem. Dado que o juros que estes pagam é de certa forma fixo, os yields despencaram! Hoje em dia você recebe 2,1% ao ano para se optar por investir num título americano por 10 anos.

Agora se preferir a segurança da economia alemã, ao invés de ganhar algo, você pagará 0,2% ao ano para que o governo alemão use o seu dinheiro! Muito doido isso não?!

Isso ajuda a explicar porque os juros brasileiros também caíram…obviamente que as questões internas também são mega relevantes, mas como gosto de dizer, não somos uma ilha e acaba que o que ocorre fora, repercute internamente…

 

E O DÓLAR …SERÁ QUE VAI MAIS? 

Juros baixos e menor crescimento não combinam com dólar forte. Falei isso semana passada. E de lá pra cá o dólar já saiu dos R$ 4,02 para R$ 3,92. Acredito que vai mais…se a política deixar neh!

 

UI…QUEM SEGURA ESSE PETRÓLEO E AS COMMODITIES? 

Menos crescimento + estoques altos + uma postura mais branda de Trump contra o Irã = derrubada no petróleo!

#Notgood! 

Ficar de olho porque se commodities virem abaixo fica difícil segurar nossa bolsa! 

 

CHEGANDO NO BRASIL….

Já estou sendo chato, mas vou repetir o que venho dizendo…Para mim o cenário segue incerto porque existe uma dispersão muito grande de “apostas” acerca da reforma da previdência. Com isso a bolsa fica aí flutuando…

Meu chamou atenção que no curto prazo tivemos uma performance até boa comparada os demais emergentes.

 

Veja que houve outflows (saída de dinheiro) de mercados emergentes em maio…

Maio acabou não cumprindo a estatística e bolsa inclusive subiu. Mas o que explica a discrepância acima? Tudo isso porque aparentemente teremos um pacto para fazer o Brasil andar. Torço muito para que as coisas saiam do papel, pois caso contrário estaríamos de novo antecipando expectativas que não se concretizam. 

 

LIÇÃO – O QUE VOCÊ PRECISA PARA GANHAR DINHEIRO EM AÇÕES

Para terminar gosto sempre de passar alguma lição  nas minhas tônicas…dividir o que aprendi nesses 15 anos de mercado. Sei que o título pode parecer charlatão, mas o conteúdo é muito sincero!

Afinal o que você precisa para ganhar dinheiro em ações? 4, 5, 6 telas? Robôs? Softwares? Ser gênio? Nada disso! Dá o play e confere!

Tenho colocado em prática o que comento no vídeo e isso tem me ajudado muito a ganhar dinheiro na minha Carteira de investimentos, a qual compartilho aqui com você totalmente de graça porque sou legal! =)

CARTEIRA WILL – 20190603

 

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

8 comments

    • Não me agrada não Dylan.
      Receio com essa alta recente no preço do milho; questões fitossanitárias são sempre um problema; e penso que boa parte da recuperação e turnover da empresa já foram incorporados no preço.
      Forte abs

  • Olá, Will. Na Avenues tem indicações para ETFs de renda fixa? Boas opções para curto e médio prazo nos EUA? Já abri a conta e estou transferindo uma quantia maior essa semana, mas estou com receio de entrar em renda variável agora, pensando mais em hedge.

  • Fala Will!
    Sempre um gênio nas análises macro e micro!!!
    Agora vem a bomba… queda forte de Braskem. Reforçamos posição?
    Grande abraço e obrigado

    • quando eu acerto não sou um gênio, mas quando erro não sou uma anta! Rs
      meu lema
      tenho estado errado em BRKM essa eh q a verdade.
      ta doendo, mas sigo com ela. Cenário bastante complexo e de muita incerteza.
      quanto maior a incerteza maior o upside potencial…mas risco é grande sem duvida.

  • Oi Will,

    Parabéns pelos resultados com sua carteira. A NotBad está indo bem demais! A relação simplicidade/performance é surpreendente… O seu timming com assuntos como Dólar e Petróleo também é impressionante.

    Continue dividindo um pouco do seu conhecimento com a gente…

    Abs!

  • Will, não em relação à este post, mas após ter conhecido logg3 pela sua carteira passei a estudar a empresa e me surpreendi pelo preço descontado e boa administração, tanto que atribui à ela boa fração de minha carteira. No entanto, dentre os ativos da logg, tem um parque industrial de betim, que já fizeram um investimento milionário, área extensa, que não há detalhes de como anda o parque, pelo que tenho conhecimento em relação à minha região, modelos semelhantes em menor proporção, fracassaram. Você sabe como está este parque industrial de betim? Os custos futuro e riscos, pois os demais ativos sao espetaculares. Obrigado

Leave a Reply