CARTEIRA WILL – 20190610

Carteira do Will
CARTEIRA

INVESTINDO NO EXTERIOR…

Promessa é dívida! O que vocês vão encontrar aqui é sinceridade acima de tudo! Conforme vinha falando internacionalizei 9% da minha carteira. A ideia é aumentar isso e alcançar pelo menos 20%, mas por ora fiz metade.

Teve gente me perguntando se eu não devia esperar o dólar baixar. Penso que eu não faço ideia quando ele vai baixar ou até mesmo se vai baixar…fora isso, penso que quem investe fora não deve focar em “tradar” o câmbio, mas sim em construir poupança/patrimônio em moeda forte…esse é o meu foco!

Estou estudando alguns ativos e tão logo eu monte posição irei dividir aqui com vocês, tal qual eu faço com as minhas ações….quem sabe uma #Notbad US….Aguardem!

Eu uso a Avenue Securities que é um projeto ao qual faço parte. Convido todos a abrirem sua conta…é fácil, rápido e totalmente gratuito. Fora isso vocês vão nos ajudar com feedbacks e opiniões.

Link para quem quiser abrir a conta.

 

No mais a carteira seguiu muito semelhante…apenas uma ou outra adição na parte de ações, logo abaixo.

AÇÕES

Vamos lá, como vocês sabem, não gosto de uma carteira com muitos ativos…prefiro concentrar mesmo sabendo que corro mais riscos. Para mim prefiro uma carteira de no máximo 10 ativos. Seguindo esse raciocínio e também pelo que comentei no post da Carteira #Notbad, realizei as seguintes alterações:

  • Saída de Guararapes (GUAR3). Não acho a empresa ruim, mas penso que o momento macro não é bom e não vejo nada muito atrativo em seus resultados atualmente. Para quem olha seus números, preste atenção, pois seus números dos últimos 12 meses tiveram efeitos não recorrentes que tem de ser expurgados…portanto a foto não é tão bonita quanto parece. E como sempre digo: posso estar equivocado…ainda assim preferi sair do papel. Retorno total = -15% em cerca de 30 dias. Preço médio de entrada de 18,25 e saída 15,50.
  • Saída de CSN (CSNA3). Como comentei semana passada, tive um bom retorno no meu investimento nela e optei por embolsar. Retorno total = 22% em 30 dias. Preço médio de entrada de 13,47 e de saída 16,56.
  • Entradas…Conforme comentei no post da Carteira #Notbad, adicionei BRAP3 e SHUL4…ao longo da semana montei posição nos ativos. Comentário sobre elas no post desse link de cima.

Sobre a SHUL4 especificamente, não consegui comprar com um preço dos melhores pois o ativo abriu segunda em alta…mas ok. Abaixo o gráfico de performance em cada um dos papéis da carteira…

O que mais eu fiz? 

Conforme já tinha comentado, reduzi marginalmente minha exposição a TRIS3. Continuo com ela em carteira e gostando, foi apenas o fato dela ter ganho espaço na carteira dado as altas recentes…então eu dei uma rebalanceada.

Sobre a Braskem (BRKM5)….”saudades daquilo que não vivemos”…. segunda após o fechamento a Lyondell desistiu oficialmente do deal de compra. Como resultado o papel despencou. Duro…duro meus amigos. Pela minha experiência entendo esse como um momento de irracionalidade do mercado. Digo isso olhando seus números de capacidade de geração de caixa, lucro, etc. Em condições normais Braskem estaria muito barata…uma pechincha. Entendo que ela possa gerar esse ano algo como R$ 10 BI de Ebitda. Nos preços atuais ela negocia a módicos 4,3x EV/Ebitda.

No entanto, a situação em Alagoas e a situação do grupo que caminha para bancarrota tornam o cenário não normal e isso é precificado nas ações. Fica difícil precificar aquilo que não sabemos. Qual será o custo ou indenização do evento em Alagoas? O que ocorrera com o grupo caso os bancos o executem?

Case bem difícil…mas nesses preços e na queda comprei um pouco mais…reduzi meu preço médio. Gostei de ler que o excelente gestor do Alaska (Henrique Bredda). Compactuo da visão dele….mas temos estado errado segundo o mercado…rs.

Abaixo o comentário dele e a reportagem completa aqui nesse link. 

 

 

#NOTBAD

Sem grandes comentários aqui…começando o mês aparentemente bem…mas é cedo para falar.

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

14 comments

  • Fala Will, tudo bem?
    Quando você entrou em Brasken, optei por ficar de fora… mais por conta da governança mesmo. Após essa queda recente, estou reconsiderando…
    Acompanho de perto sua carteira, e um dos papéis que inclui após ler suas análises foi BRPR. Que começou a andar recentemente!
    Me parece que uns R$ 10,00 – R$ 11,00 seria um preço justo. Concorda, ou acha que tem potencial para andar mais?

    Obrigado pelo ótimo conteudo que nos disponibiliza!
    Abraço!

    • Olhando 1 ano sim…acho que é isso mesmo.
      Agora se pensar em ciclo longo com recuperação de Real estate no Brasil, dá para ver esse papal dobrando de valor fácil.
      Mas estou conigo nesses 10 11 reais
      abs

  • Will, boa tarde. Sobre a Avenue ela é uma corretora Americana que possibilita entrada de investidor Brasileiro ? Quando você clica no link apareceu um aviso legal aonde informa: “This page and the services offered by Avenue Securities LLC were not created and are not intended for investors resident or domiciled in any particular foreign jurisdiction and should not be construed as an offer of services outside the United States of America.” Sendo residente Brasileiro, como nos encaixamos ? Talvez eu tenha entendido errado.

    • Eric esse eh um disclaimer padrão que é necessário colocar sendo uma corretora americana.
      A Avenue é uma corretora americana, regulada pelo regulador americano, com todas as proteções e regulações do maior mercado do mundo.
      Ela oferece acesso ao mercado americano para o público latino, entre eles o brasileiro.
      Na prática nada muda. Você abre a conta com um comprovante de residência no Brasil e um doc com foto…fácil, rápido e sem custo algum.
      Espero ter ajudado.
      Abs

  • Olá Will.

    Você tem ideia do impacto que as operações em Alagoas afetariam o resultado da Braskem? Isso sem considerar as possíveis indenizações.

    • Francis a real é que ninguém tem.
      Já ouvi e li várias contas e suposições.
      R$ 1 BI; R$ 3BI; R$ 5 BI; R$ 8 bi; R$ 10 BI
      Então acho que o q pesa mais é exatamente a incerteza…pois se tu tem o número é uma questão de fazer conta e ponto.
      Essa incerteza é que pesa mais no papel na minha opinião.
      Abs

  • #notbadUS aí eu gostei hein Will!

    Muito boa Análise Will, brkm5 decidi comprar um pouco e reduzir o preço médio, entendo o risco, mas acho que posso cometer ele!

    #oremos

  • Só passando pra elogiar tua disposição em compartilhar todo teu conhecimento conosco. Sem palavras.
    Grande abraço e da-lhe tricolor!

  • Olá. Quando diz que está envolvido no projeto Avenue, pode detalhar um pouco? Eu abri a conta, já estudei os primeiros ativos para entrar, mas na hora de fazer a Ted, deu um aperto no coração, pensando que pode não ser a opção mais segura. Sei que tem milhões envolvidos, que está devidamente registrada na finra etc… Mas porque não abrir a conta na dw diretamente. Aí a comodidade do câmbio justificaria a Avenue?
    Pode discorrer um pouco mais sobre o projeto Avenue? Obrigado.

    • Fala Flávio.
      Cara eu diria q a plataforma da Avenue é melhor, o customer service é em português Brasil e o processo de câmbio é MMMTTTOOO mais fácil, acessível e rápido.
      Fora isso a corretora está desenvolvendo um sistema que vai te ajudar no IR…vai praticamente te dizer tudo que vc precisa declarar.
      Então eu penso que isso faz uma enorme diferença!
      Qdo digo que faço parte é porque estou trabalhando no time que montou e botou a corretora de pé.
      Acho que expliquei…correto?

  • Will, também abri conta na Avenue mas não comecei a operar ainda. Como você pediu feedback e opiniões, tenho um amigo de trabalho que tem conta da Interactive Brokers e ele me disse que lá a corretagem é mais barata e mais opções de investimentos tipo CEF (Closed Ended Funds) e outros. O que achei estranho na Avenue é que a corretagem aumenta conforme o valor da operações. Em geral é o contrário. Estou avaliando ainda se vou operar. No mais parabéns pelo teu trabalho e espero um dia conhece-lo pessoalmente quando vier a Brasilia. A turma da VALOR daqui que me atende. Abraço!

Leave a Reply