CARTEIRA #NOTBAD – JULHO 2019

Carteira do Will
Tempo de leitura: 7 min

Para quem não conhece ou sabe, a carteira #Notbad é uma carteira teórica que posto sempre no primeiro dia útil do mês, comentando as performances e eventuais trocas. A ideia é mostrar que é simples investir em ações e com um portfólio de 5 ativos (20% em cada um) você pode se expor com um risco ok e qualidade. Para fins de computo de performance uso os preços de fechamento ainda que eu saiba que na vida real não é tão simples assim e os nossos preços de compra e venda sejam diferentes.

Para não ficar somente na teoria, eu compro todos os ativos que nela constam! Esse é meu compromisso com quem me segue!  

 

PERFORMANCE 

Após um mês de maio absurdamente positivo para essas carteira eu confesso que estava até com receio com junho. Sei lá aquele sentimento de nem sempre as coisas irão bem. Mas para o meu alívio, dá uma olhada na boa performance da carteira:

black denzel washington GIF

E sabe o que é o melhor de tudo? EU COLOCO MEU DINHEIRO NOS ATIVOS DESSA CARTEIRA!! 

 

NÚMEROS 
  • Desde o início a carteira acumula 247% contra 60% do IBOV!
  • Performance de 12 meses: 71% contra 39% do IBOV!
  • Em 2019: 33% contra 15% do Ibov!
  • Até aqui foram 25 meses de existência, com a carteira batendo o IBOV em 19 meses, ou seja, 76% dos meses.

Abaixo a tabela completa com a performance mês a mês. Qualquer dúvida ou erro por favor não hesitem em me informar!

E o gráfico da bonita boca de jacaré:

 

CARTEIRA PARA JULHO

Optei por 2 trocas…lembro que essa é uma carteira de 5 ativos! Muitas vezes gostaria de manter os ativos, o que faria com que eu tivesse mais de 5, mas prefiro seguir com a carteira com um formato bem definido. Portanto, muitas vezes acabo realizando trocas. Lembro ainda que SEMPRE estou buscando aquilo que acredito ser o melhor e que nos gere mais dinheiro!

 

Saídas: 

  • Sai Bradespar (BRAP3). Papel entrou mês passado e rendeu bons 6,5%. Não é muito, eu concordo…a menos que você compare com o CDI..rs. Porque retirar o ativo? Vi o minério de ferro saltar na CHina e isso não fez tanto preço em suas ações que até subiram, mas menos do que poderiam. Meu receio é que se o minério arrefecer o papel possa sofrer. Ainda acho barato, ainda acho bom, mas penso que relativamente SLC pode ser uma opção melhor…simples assim.
  • Sai Trisul (TRIS3). Carrego o ativo desde fevereiro na Carteira com ganhos acumulados de 50%. Penso que o movimento mais recente de alta nela e no setor se deve muito a mudança no patamar de juros no Brasil. Continuo gostanto, achando o melhor ativo do setor de construção e acreditando que entregará bons números esse ano. Mas por ora penso que ela já corrigiu bastante da discrepância de valor que existia no início desse ano.

Como de praxe eu lembro que eu posso estar errado! Que nem sempre vou acertar e que queiro que você esteja ciente disso!

 

As entradas: 

  • SLC AGRÍCOLA (SLCE3)

A queda de mais de 40% desde a máxima já havia me deixado interessado. Empresa é excelente operacionalmente e tem yields de produtividade da lavoura melhor que no US. Uma relação de dívida líquida/Ebitda totalmente sob controle (1,7x) e boa governança. Então o que se passa com ela? O mercado vinha colocando na conta os menores preços de grãos, dado que ela é uma vendedora de commodities agrícolas. A queda nos preços dos grãos foi forte e ajuda a explicar a queda.

No entanto, recentemente, já houve sinais de melhora com alguma recuperação de preços. Em especial os EUA enfrentam sérios problemas em sua safra que é a pior em 27 anos, o que tende a manter preços pressionados. Não obstante, penso que o resultado da guerra comercial entre EUA x China tende a beneficiar os produtores brasileiros….então penso que a recuperação de preços de grãos é um fator positivo que pode estimular as cotações em bolsa.

Fora isso, nos atuais preços a empresa negocia a um P/L de 8x, um EV/Ebitda de 5,5x e com um valor de ativos líquidos (terras, equipamentos, etc descontados da dívida) de ~R$ 23/ação. Então me parece ter uma boa margem de segurança ao comprar nesse preço atual.

 

  • Energias do Brasil (ENBR3)

Não se assuste com a alta de 12 meses desse ativo….mesmo após o que subiu vejo uma empresa “redondinha” negociando a 8x lucros, 5x EV/Ebitda e com um yield de 4%-5%. Longe de ser um ativo caro, enxergo ao menos 30% de upside potencial para ela.

De forma bem resumida, a Energias do Brasil é uma uma empresa integrada de geração (58% da geração de caixa), transmissão (1%)  e distribuição de energia (34%). Essa é a foto atual, mas a empresa vem investindo e alguns projetos de transmissão começam a operar e o segmento tende a ganhar mais relevância no todo. Ela é listada no novo mercado e considero que tem uma boa governança. Dívida em patamares controlados e em linha com o estilo de operação dela. Boa execução na geração e competência para reduzir perdas e operar bem o segmento de distribuição. Para quem quer saber mais no ativo sugiro acessar o site de RI que contém bastante informação – link aqui.

Algumas coisas bem interessantes nela: (i) segmento de distribuição de energia passará por ciclos de revisão tarifária agora em agosto (Escelsa-ES) e outubro (São Paulo); (ii) ela possui hidrelétricas mais novas e eficientes que garantem boa TIR e um baixo investimento de manutenção; (iii) ela apresentou boas economias  e conseguiu entregar projetos de transmissão antes do prazo regulatório o que incrementa a taxa de retorno dos projetos que estão entrando em operação.

 

Como sempre…se algo ocorrer e eu mudar minha percepção acerca de qualquer ativo da carteira, eu vou trocar e vou anunciar/comentar aqui, podem estar certos disso!

 

VÍDEO COMENTANDO A CARTEIRA ESSE MÊS 

 

VÍDEO EXPLICATIVO

 

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

6 comments

  • Fala Will! Esse post de hoje tem muito significado pra mim. invisto a 7 anos no mercado, mas meus resultados não eram bons, pois eu me baseava apenas em análise técnica. Desde que descobri esse blog comecei a ver a bolsa de outra forma, e passei a seguir a sua carteira. Após aprender bastante aqui, comecei a analisar empresas por conta própria e coloquei ENBR3 como alvo. O fato de você inserir ENBR3 na carteira significa que enxerguei corretamente a oportunidade. Obrigado por dividir seu conhecimento conosco!

  • Buenas Will, saudações tricolores.
    Sigo a tempos te acompanhando e notei que tu indicou SLCE3 para este mês. Mas lembro que num passado próximo tu seguiu muito tempo com AGRO3. Comparou-as na indicação de agora? Abraço

    • Dale tricolor!
      Boa percepção Clamer! Gosto muito de AGRO3 e também vejo um bom valor nela.
      Por ora optei por SLC onde acredito que a assimetria de valor esteja maior.
      Mas tu tem um ponto, a AGRO3 poderia ser uma opção sim.
      Forte abs

    • Depende de com quem você está comparando.
      De qualquer forma, ela tem vários projetos de transmissão de energia … esse é um segmento de margens mais elevadas e tende a puxar para cima a margem agregada da companhia.
      Abs

Leave a Reply