CARTEIRA #NOTBAD – AGOSTO 2019

Carteira do Will
Tempo de leitura: 7 min

Para quem não conhece ou sabe, a carteira #Notbad é uma carteira teórica que posto sempre no primeiro dia útil do mês, comentando as performances e eventuais trocas. A ideia é mostrar que é simples investir em ações e com um portfólio de 5 ativos (20% em cada um) você pode se expor com um risco ok e qualidade. Para fins de computo de performance uso os preços de fechamento ainda que eu saiba que na vida real não é tão simples assim e os nossos preços de compra e venda sejam diferentes.

Para não ficar somente na teoria, eu compro todos os ativos que nela constam! Esse é meu compromisso com quem me segue!  

 

PERFORMANCE

Números muito bons com todos ativos batendo o IBOV!

Destaque absoluto para Log (LOGG3) que andou bem essencialmente com os juros mais baixos, tal qual boa parte do setor de properties e real estate.  Schulz (SHUL4) também seguiu andando bem ainda que os dados de industria no Brasil se mostrem fracos. No mais, apesar de não ser uma graaaaande performance, Ferbasa (FESA4), Energias do Brasil (ENBR3) e SLC Agrícola(SLCE3) todas tiveram seus 2% de alta. #Notbad!

 

NÚMEROS

Penso que os números falam por si só! Rentabilidade passada não garante absolutamente nada no futuro, mas ao menos mostra que até aqui o trabalho feito e as decisões tomadas tem sido mais positivas que negativas.

  • Desde o início a carteira acumula 268% contra 62% do IBOV!
  • Performance de 12 meses: 68% contra 29% do IBOV!
  • Em 2019: 41% contra 16% do Ibov!
  • Até aqui foram 26 meses de existência, com a carteira batendo o IBOV em 20 meses, ou seja, 77% dos meses.

Abaixo a tabela completa com a performance mês a mês. Qualquer dúvida ou erro por favor não hesitem em me informar!

 

CARTEIRA PARA AGOSTO

Estamos no meio da safra de balanços do segundo trimestre de 2019. Normalmente não gosto de trocar ativos no meio dessa safra, prefiro esperar, ver os números, ouvir o management falar, sentir as perspectivas e tudo mais.

Apesar disso, o mundo e o mercado não param.

Então optei por por trocar apenas 1 ativo. Adicionar uma empresa nova, que já divulgou bons números no 2T19 e sacar uma boa empresa que já rendeu um retorno interessante.

  • Saída: 

Log (LOGG3): o ativo entrou na carteira por uma cisão da MRV(MRVE3). De janeiro para cá, quando estava R$18,02 alcançou uma alta de 31%. Abaixo a comparação com o IBOV.

Continuo gostando da empresa e acreditando quando penso num prazo de 5 anos. Penso que o deficit de bons espaços de armazenagem seguem existindo e a LOG está super bem posicionada para se beneficiar de tal. Mas a alta ajustou uma parte relevante da assimetria que via no ativo e atingiu aquilo que eu esperava de retorno para ela e por isso prefiro sair.

Irei me desfazer da posição nos próximos dias calmamente…de forma paulatina.

 

  • Entrada: 

TIM (TIMP3). Sei que parece bem “boring” ou sem graça investir me TIM. Talvez muitos de vocês se perguntem sobre BIDI4, VVAR3, MGLU3, MOVI3 entre outros ativos “mais da moda”. Mas confesso que esse não é muito meu perfil. Não sei se é porque estou sendo influenciado pelas ideias de Peter Lynch que gosta de empresas “boring”, ou que fugia das “vedetes”, mas o fato é que vejo uma empresa que apresentou bons números, tem um produto decente, um produto de elevada necessidade e menos dependente do ciclo de economia, negociando a múltiplos bem honestos.

As ações da TIMP3 tiveram performance mais fraca que o IBOV. Não significa que irão performar melhor, estou só apresentando um fato.

O negócio de telefonia hoje em dia é relativamente estável e passa pela migração do pré-pago para o pós-pago. Nesse sentido, a base de clientes pré caiu 10% e pós cresceu 12% passando a representar ~40% da base deles. O ARPU (Receita Média Mensal Por Usuário) da TIM Live foi 7,8% maior que no 2T18, com essa migração. Sua receita não cresce de forma agressiva, mas ainda assim cresce. A empresa conseguiu entregar um crescimento de Ebitda da ordem de 6% no trimestre, alcançando R$3,1BI no semestre. Estimo que encerrem o ano com uma geração de caixa (EBITDA) de pelo menos ~R$6,5 BI. Se isso for verdade ela negocia a 4,5x o múltiplo EV/Ebitda, abaixo da Vivo (~6X) e da média internacional (6,5x). Na última linha o resultado mostrou expansão de 26% na comparação anual o que a meu ver é um número bem significativo. Média de múltiplo P/L estimado pelo mercado para 2019 é na casa de 12x.

Seu negócio apresenta margens boas e um retorno sobre o patrimônio satisfatório. Dívida não é um problema já que é bastante baixa comparativamente a sua capacidade de geração.

Procurei opiniões contrárias e visões diferentes….o principal risco me parece ser os elevados dispêndios de capital de um business que requer investimentos e o fato de não ser um setor e um negócio “do momento” digamos assim. Então nos preços atuais me parece um case honesto, com retorno potencial de uns 20%.

 

Como digo sempre: eu sempre posso estar errado e sei dos riscos incorridos nisso. Lembre-se disso! 

 

No mais sigo vendo valor nos demais ativos que compõe essa carteira. Penso que FESA4 e SHUL4 devem reportar bons resultados no 2T. SLCE3 segue sendo não consensual e por isso um retorno alto, com um risco igualmente não desprezível. ENBR3 eu comentei aqui…empresa boa e menos nervosa digamos assim.

 

Eis a carteira:

VÍDEO RESUMINDO TUDO ISSO

VÍDEO EXPLICATIVO

 

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

14 comments

  • Conheci o blog hoje e confesso que já gostei bastante! =)
    Difícil encontrar recomendações baseadas em fatos, com contexto e com um racional por trás e que foge de “recomendações da semana” de corretoras tradicionais que parecer sair de um gerador aleatório de escolha de ações.

    Parabéns pelo site!

  • Boa tarde Will, como vai?

    Faz algum tempo que acompanho sua carteira e suas análises, acho eles muito boas.
    Uma dúvida que tenho, como é que você realiza o calculo de rentabilidade da carteira?

    Esta rentabilidade mes a mes, ano a ano e total, que eu gostaria de entender o cálculo.

    Abraço!

    • Oi Rafael.
      Eu criei uma cota e sobre essa cota aplico a rentablidade.
      Na prática é como se o capital estivesse sempre 100% alocado nas ações.
      A tabela grande aqui dessa pagina mostra a evolução da cota (ou número índice se preferir)
      https://bugg.com.br/2019/08/01/13371/
      Ex:
      Cota 100…carteira se valorizou 10%…cota será:
      100*(1+0,1) = 110
      Mês que vem a carteira caiu 10%…a cota será:
      110*(1-0,1)= 99
      Entendido?

      abs

    • Tô na mesma que o Luis, vou ficando com LOGG numa visão de longo prazo. O Will provavelmente vê triggers de curto prazo na TIM, mas ainda vejo enorme potencial de crescimento na LOGG. Como não gosto tanto das emoções do curto prazo, vou ficando fora…

      Eis a beleza do mercado: cada um consegue ganhar no seu próprio jogo, desde que jogue bem jogado. =)

      Will, mais uma vez, parabéns pelo trabalho.

  • Também fico com a LOGG, excelente empresa , enorme potencial, com a queda da taxa de juros, vejo expansão não em tão longo prazo, acredito que eles preferiram não expor tanto suas metas reais no balanço, pois superarão e muito as expectivas, tem muito para andar e para cima, esta ação. Abs

  • Will, já deu uma conferida em SMLS3 nos preços atuais? Não acha interessante o carrego e as chances de destravar valor caso o controlador para de ser xarope? Enfim, tem alguma opinião?
    Ps: na telefonia… me chame de maluco, mas carrego exposição meio a meio em OIBR3 e TIMP3… acho que elas ainda vão se tornar uma única empresa daqui algum tempo.

    • Fala Rafael…então…SMLS é uma excelente empresa com um controlador horroroso e quem todos incentivos para te ferrar..dito isso e sabendo que ele é bem maior que eu, prefiro ficar de fora…rs…vide o caso recente (acho q faz nem 2 anos) do papel caindo 20% do nada pela governança.
      Sobre TIMP3 e OI eu não descarto não, afinal algo tem de ser feito com a Oi…vamos ver. Mas estou nela por valor mesmo…se vier isso tem que analisar pra saber o quão bom ou ruim é.
      Abs

  • Prezado Will bom dia amigo!
    Meu nome é Rodrigo e estou te acompanhando já faz algum tempo e confesso pra você, foi você que mudou minha visão sobre o mercado. Eu operava day trade nos mini contratos e acabei perdendo muito dinheiro. Quando vi um vídeo seu dando sua opinião sobre day trade me fez abrir os olhos quanto ao risco retorno e principalmente a pressão psicológica que o trader ganha ao longo dos anos. Analisando então seu canal e seu blog sobre o mercado de ações me fez enxegar que realmente é possível ganhar dinheiro no mercado a médio e longo prazo com riscos é claro, porem bem controlados.
    Quero te agradecer por estar compartilhando seu conhecimento e a partir do mês que vem estarei junto com você nesse barco remando junto e com certeza ganhando também.
    Fica com Deus e Deus nos abençoe sempre

    • Cara que sensacional esse comentário!
      Agradeço de coração a tua sinceridade e confiança no nosso trabalho aqui no Bugg!
      Vamos junto! Tenho certeza q teremos algumas derrotas, mas sempre com coerência, sinceridade, transparência e buscando ganhar mais do que perder!
      Forte abs!

Leave a Reply