Resultado BRKM5 2T19: HAJA INCERTEZAS E PACIÊNCIA!

Empresas
Tempo de leitura: 4 min

Vamos lá, quem olha essa tabela abaixo pode se apavorar …pensar: F___

Como sempre digo meu compromisso é com a verdade. É a verdade é que o resultado da Braskem nesse trimestre não foi bom, simples assim. No entanto, contrariamente ao que essa tabela acima deixa a entender, ele não foi assim tão horroroso. Há uma boa explicação nas fortes quedas na comparação com o 2T18.

Vamos digredir o resultado…

 

BRASIL 

Responde por 44% do Ebitda total. Vendas levemente melhores com ganho de market share pela empresa. Exportou mais também, mas a comparação com o 2T18 é suja porque naquele trimestre houve a greve dos caminhoneiros.

EUA e EUROPA

Responde por 31% do Ebitda total. Vendeu mais nos EUA. Vendeu menos na Europa que vai devagar e a sazonalidade não ajudou (verão europeu)

MÉXICO

Responde por 25% do Ebitda total. Arriba? No! México sentiu a ameaça de imposição de tarifas pelos EUA. Volumes caíram bem por lá. Vale a lembrança que o atual presidente tem um viés de esquerda e está “dilmando” por lá. Tenso!

 

Até aqui nada tão absurdo.

 

O QUE PEGOU DE FATO? 

A queda nos preços e nos spreads das resinas. Simples assim. Poderia colocar a tabela dos preços dos EUA e Europa e ainda México…mas não precisa…petroquímico é commoditie e quando cai num lado, cai no outro…believe me!

Os motivos?

  • Principal: novas capacidades de produção de resinas e petroquímicos que aumentaram oferta e afetam negativamente os preços;
  • Crescimento mais lento da economia chinesa;
  • Arrefecimento do setor automobilístico;

Apesar dos pesares eu diria que isso era dado.

Mas o que pesa contra suas ações é uma conjunção de fatores:

  • Cenário segue não dos melhores para resinas e penso que esse é um motivo que trava sim muitos gestores de comprarem Braskem.
  • A questão da planta de sal em Alagoas é um risco mais pelo receio do potencial custo que possa ter. Na indefinição muita gente fica fora. Nesse sentido, veja que hoje ela já tem R$ 3,7 BI embargados pela justiça e ainda assim tem caixa para honrar todos serviços de dívida por pelo menos 21 meses, fora a linha de crédito internacional já disponível para empresa.
  • Deslistagem em NY não ajudou em nada e afastou potenciais investidores. Em outubro haverá uma audiência com o recurso da empresa sobre isso. Até lá ela segue fora.
  • Situação do grupo Odebrecht que penhorou as ações da empresa em tudo quanto é dívida. Tendência é que bancos tomem a empresa…acho bom porque afasta mais uma incerteza.

 

Muitas incertezas…mas ela segue sendo uma empresa que “roda” a ~5x Ev/Ebitda, 8,5x lucro e um belo free cash flow to yield de mais de 10%…não consigo deixar de achar muito barata! Provavelmente estou errado porque estou perdendo dinheiro, mas enfim…sigo nela. 

 

 

TUA OPINIÃO É IMPORTANTE: 

Você quer mais conteúdos como esse? Cobertura de resultados rápida, acessível e com uma opinião direta de quem tem ou não o ativo em sua carteira?

Deixa a tua mensagem e nos ajude a tornar o Bugg cada vez mais útil para você! 

Aguarde, em breve novidades! 

Resultado de imagem para question mark

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

16 comments

Leave a Reply