CARTEIRA WILL – 20190916

Carteira do Will
Tempo de leitura: 5 min

Bem vindo! Aqui você não vai encontrar recomendação, promessa de lucros extraordinários, ou fórmula ficar milionário. Aqui você vai encontrar a verdade e a realidade daquilo que faço com o meu dinheiro … meus erros e meus acertos. Meus 15 anos de mercado, tudo que estudei, vivi, vi, me formaram e ainda me formam, como um cara que pode compartilhar algo que talvez possa te ajudar. Posto a minha Carteira Global, abro a minha parcela investida em ações; e a #Notbad é uma carteira teórica que criei mas me comprometi em colocar meu dinheiro nos ativos que nela constam.

Quem tiver dúvida só me mandar um mail: william@bugg.com.br 

 

CARTEIRA

Miami. Rapaz, vou falar uma coisa para vocês…essa vida dolarizada, com esse dólar acima dos R$ 4,00 custa caro! Rs. Como muitos sabem, me mudei recentemente para Miami. Vim tocar um projeto profissional aqui. Os primeiros dias são sempre cheios de novidades, bem ocupados resolvendo um milhão de coisas e gastando muito! Rs. Mas já esperava por isso…comprar carro, depósito de aluguel, compra coisas para a Mila (meu bebê), fora a vida que é mais cara mesmo.

Fundo de Emergência. Tudo isso para explicar a redução do meu fundo de reserva imediata/emergência (Fundo Maxime RF do Personalitee). Já cheguei a ter mais de 11%, mas agora carrego 5%. Essa é a ideia de ter um fundo de emergência. Estou tendo gastos extras…programados até certo ponto…mas que ultrapassam minha renda mensal….logo precisei custear com recursos de poupança. Se não tivesse, eu teria que vender ações para cobrir…ser obrigado a vender ações pode me fazer ter prejuízos indesejados…logo penso ser fundamental ter uma reserva de emergência!

Investimento no Exterior. No mais ressalto como é importante ter investimentos dolarizados! Não só porque vivo no exterior, mas como proteção de patrimônio! Pensa o sujeito que tinha R$ 200 mil com o Dólar a R$ 3,75 (US$ 53,3 mil). Com o novo patamar de câmbio seu patrimônio em dólar é hoje, US$ 48,8 mil….sujeito ficou US$ 4,5 mil mais pobre internacionalmente! Nessa brincadeira ele perdeu alguns iPhones novos que ele poderia comprar!

 

AÇÕES

Sigo exatamente com as mesmas posições da semana passada. Não mudei nada.

Então aproveito para responder algumas perguntas:

Como defino os percentuais da minha carteira? Por convicção. Maior convicção no papel, maior participação na carteira. Normalmente, mas não sempre, tem a ver com o ativo que também vejo/acredito que tenha maior assimetria de valor.

Como tu executa as mudanças da #Notbad na tua carteira? Com parcimônia, rs. Mas é verdade. Tem mercado todos os dias. Todos os dias ativos sobem e descem. Por isso não precisa ter paúra! Bem verdade que não consigo ter o exato preço da #Notbad…pode ser pior…pode ser melhor…criei uma sistemática para #Notbad para facilitar o entendimento…mas para execução, busco fazer conforme o mercado vai me permitindo.

Por que tenho outros ativos além da #Notbad? Criei a #Notbad com intuito de facilitar a compreensão, acompanhamento e execução de compra e venda de ações para quem está começando e mesmo para quem tem pouco capital….além disso, me comprometi a comprar os ativos que comento. Agora, não necessariamente quero ficar restrito apenas aos 5 ativos…apenas isso.

Tenho alguma planilha de controles mirabolantes? Até tenho, mas ela é tão pouco sofisticada que nem vale a pena compartilhar, rs. As pessoas tem a mania de achar que super planilhas ou que a matemática é que vai fazer a diferença na hora de investir….pra mim não é….uso-a apenas como ferramenta que é.

Como controlo o risco da carteira? Sabendo naquilo onde estou colocando o meu dinheiro. Isso pra mim é gerenciamento de risco. Proteger de flutuação mensal ou querer acertar quando o mercado vai cair ou subir não é minha praia…é até divertido, mas como jogo…tipo cassino sabe…rs.

Enfim…paro por aqui,…tendo dúvidas, só mandar.

 

 

#NOTBAD

Carteira recuperando e conseguindo acompanhar esse bom momento do IBOV…seguimos…estamos apenas no meio do mês…ainda tem muita água para rolar!

 

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

10 comments

  • Boa will!! Parabéns, uma dúvida! Vc tem computado os 15% de IR nesse retorno da not bad? Pq nas trocas tem essa porradinha q faz diferença né!???

    • Oi Rafael. Cara tem um problema aí:
      e as pessoas que investem até o limite de R$ 20 mil e não pagam IR?
      Mas certamente o IR faz uma diferença sim!
      Mas penso que isso é trabalho de um fundo, clube de investimento…uma carteira sugerida como padrão eh sempre sem computar o IR.
      abs

  • Fala Will! Com base no seu case de Braskem, acha válido para quem está de fora entrar agora, tendo em vista que o preço caiu bastante?

  • Fala Will, nas suas analises eu vejo vc utilizando bastante a metodologia de valuation por múltiplos, gostaria de saber se vc utiliza algum outro método de valuation para encontrar o valor justo da ação, como por exemplo o fluxo de caixa descontado.

    • Penso que o FCD serve para casos específicos e só é bom na medida em que te ajuda a conhecer a empresa. O número (target) derivado dele, pra mim é pouco relevante. Ele nada mais é do que um exercício que você faz para conhecer a empresa. Se consegue conhecer a empresa estudando de outras formas, pronto.
      Qual o impacto de uma mudança nesse ou naquele insumo; quanto de ganho de margem podemos assumir nesse ou naquele cenário, qual será o ritmo de crescimento de vendas, etc
      São perguntas que você pode responder com uma planilha e contas, ou estudando a empresa, setor, etc.
      Gosto de dividendos descontados; acho o número de gordon da uma ideia boa tb.
      Abs

  • Vlw Will, parabéns pelo excelente trabalho que você faz aqui no BUGG e obrigado por compartilhar o seu conhecimento e experiência no mercado financeiro. Este blog é muito bom e ajuda demais a entender como funciona o mercado.

    Vida longa ao BUGG e sucesso para todos!

    Abs.

Leave a Reply