CARTEIRA #NOTBAD – NOVEMBRO 2019

Carteira do Will
Tempo de leitura: 7 min

Para quem não conhece ou sabe, a carteira #Notbad é uma carteira teórica que posto sempre no primeiro dia útil do mês, comentando as performances e eventuais trocas. A ideia é mostrar que é simples investir em ações e com um portfólio de 5 ativos (20% em cada um) você pode se expor com um risco ok e qualidade. Para fins de computo de performance uso os preços de fechamento ainda que eu saiba que na vida real não é tão simples assim e os nossos preços de compra e venda sejam diferentes.

Para não ficar somente na teoria, eu compro todos os ativos que nela constam! Esse é meu compromisso com quem me segue! 

 

PERFORMANCE

Bom vamos lá…

Primeiro uma consideração importante: revisando a planilha da carteira identifiquei que vinha postando a variação do Ibovespa errado nas últimas semanas na Carteira Will. Isso porque não atualizei a cotação de fechamento do IBOV, logo estava computando a variação do IBOV desde o final de agosto, ou seja, 2 meses e não apenas o mês de outubro. Peço desculpas pelo equívoco e convido-vos sempre a checar e questionar o que posto…

Independente disso o fato é que esse foi mais um mês ruim para a Carteira #Notbad! A pior sequência que já vivi nessa carteira! 3 meses consecutivos com uma performance aquém do IBOV!

broken heart crying GIF

 

Nunca fui de esconder nada ou justificar…os números não mentem! A performance está ruim! Nos últimos 3 meses a bolsa subiu 5,33% e essa carteira acumula uma queda de 2,31%. É bem ruim! Um sentimento ainda pior quando lemos manchetes e mais manchetes da bolsa fazendo máximas…aquele sentimento de estar ficando fora da festa sabe….festa no apê, rolando bundalêlê e você de fora!

Resultado de imagem para not invite for the party meme

 

NÚMEROS

Bom, saibam que eu estou bastante P…. com essa situação! Afinal de contas coloco o meu dinheiro em cada ativo…e não é pouco não! Os ativos da Carteira #Notbad respondem hoje por uns ~56% da minha grana total! Te tudo que juntei na vida! Logo, saibam que eu me importo e levo isso aqui muito a sério! 

Ainda assim, mantendo a calma analítica necessária, acho importante revisar os números e ver que até aqui, apesar do curto prazo ruim, esse tem sido um ano bom, e os acertos superam os erros!

  • Desde o início a carteira acumula 259% contra 70% do IBOV!
  • Performance de 12 meses: 49% contra 23% do IBOV!
  • Até aqui foram 29 meses de existência, com a carteira batendo o IBOV em 20 meses, ou seja, 69% dos meses.

Me corrijam se eu estiver errado…aqui a performance mês a mês:

 

 

Gráfico da performance acumulada:

 

 

E olhando mais detidamente o ano de 2019, fica claro que a performance acumulada veio de 4 meses em especial: fevereiro, maio, junho e julho.

 

CARTEIRA PARA NOVEMBRO

Sem muita enrolação, vamos a carteira para novembro e alguns comentários…

Como de praxe, muitas vezes retiro um ativo porque essa é uma carteira de 5 ativos e nem tanto por mudanças nos fundamentos ou por mudar a visão acerca de algum ativo. Bradespar (BRAP3) entrou na carteira em setembro e de lá pra cá se valorizou 11% contra 6% do Ibov. Então entendo que foi bem. Retiro para dar entrada a outro ativo, apenas isso. Resultado de Vale foi muito bom a meu ver e ela (BRAP) segue sendo um bom carrego com um bom dividendo para os próximos 12 meses.

Cogna (COGN3). Com exceção desse novo nome, tudo que li e vi a respeito dessa reformulação que a antiga Kroton esta fazendo no seu business meu pareceu bem interessante. Papel negocia a valor de patrimônio e caiu cerca de 40% desde a divulgação do seu último resultado, que foi “ok” se nós considerarmos a sazonalidade e dos esforços da companhia em mudança de foco no segmento de educação.

A companhia se encontra 10x lucros 2019E e 11,5x EV/EBITDA 2019E, enquanto a média do setor está negociando 20x lucros. A aquisição da Somos colocou ela nos trilhos para um segmento que parece ter mais valor e ser mais rentável que o Ensino Superior.

Segundo Rodrigo Galindo (Diretor Presidente), o caixa gerado (EBITDA) virá do PNLD (Programa de livros didáticos e FIES). O perfil de geração de caixa da companhia mudou com a compra da Somos que irá entregar mais receita via PNLD.

A companhia vem sendo penalizada com a queda de demanda do FIES. Porém, a mesma já está financiando os seus próprios estudantes com o PEP (Parcelamento Estudantil Privado) e o PMT (que seria o PEP depois que as aulas já começaram).

A Cogna é uma das maiores empresas privadas de educação do Brasil e do mundo, com 50 anos de história, 143 campi de ensino superior em 20 estados e mais de 100 cidades no Brasil. Sua tese voltada para ensino básico me deixou otimista em relação a empresa, espero estar acertando o ponto de entrada, rs.

 

No mais sigo com:

Iochpe-Maxion (MYPK3) foi muito mal nesse mês. Poderia discorrer sobre os vários motivos citados para não ter o ativo…mas a meu ver, grande parte desses “porquês” estão precificados no papel e meu ponto com ela é que entendo que seu valuation atual não reflete o real valor do ativo.

Tenho uma expectativa muito boa com o resultado de Schulz (SHUL4). É um papel pouco olhado e qualquer novidade pode ser um trigger para o papel. Espero que o resultado possa ser esse trigger.

SLC (SLCE3). Vi a trade war começar a ter uma sinalização de final feliz, ainda que temporário; o preço do algodão reagindo; Bolsonaro indo a Arábia e ganhando promessas de compras de mais produtos agrícolas, entre outros eventos e por ora nada do papel andar. Sigo nela, achando muito barata ainda que não seja um papel “hype” ou da moda. 

Banco do Brasil (BBAS3) “andou” no curto prazo, mas o descompasso relativo ante o setor segue existindo e ainda acredito que isso possa ser corrigido. Fora isso vejo um banco decente, num cenário bom de economia, negociando a múltiplos atrativos. Por isso sigo no ativo.

 

 

VÍDEO EXPLICATIVO DA CARTEIRA

 

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

14 comments

    • Fala Daniel.
      Entendo teu raciocínio…mas n vdd essa eh uma info bem conhecida no mercado, a da sazonalidade do 4T, quando as empresas de varejo tendem a vender bem.
      Não adicionaria uma empresa de varejo na carteira com esse pensamento, mas sim por achar boa e/ou barata.
      Mas muito obrigado pela pergunta!
      Forte abs!

  • A reflexão alimenta a mente e reforça a perseverança Will. Na vida sempre estamos administrando nossos momentos, na bolsa não é diferente. Em setembro ajudei uma amiga a dar os primeiros passos na bolsa, agora no final do mês ela veio me perguntar porque não ganhou dinheiro… Falei: Você começou agora, isso não é uma corrida de 100m, administre seu fôlego porque se trata de uma maratona. Apesar do momento de raiva tenho certeza que você não esta preocupado, esta apenas analisando, ou seja, fazendo o que gosta. Portanto vamos que vamos, estamos juntos. flw

  • Essa mudança de nome da Kroton está maior zueira no forum da pense rico, lá está sendo chamada carinhosamente de congão (conga la conga) hahahaha Krot era bem mais imponente hehe

    • Olá Luiz.
      Te convido a acessar a Carteira Will.
      Ela representa exatamente o que eu tenho em carteira.
      A Carteira #Notbad é uma carteira teorica que monto e acompanho a performance. Mas diferente de outras carteiras teoricas, eu compro os ativos que comento ali.
      Explicado?
      abs

  • Acho que na tabelinha de performance mes a mes a linha 12M tá 11M !
    Gostei do blog… vou dar uma lida em alguns posts.

    Grato.

Leave a Reply