CARTEIRA WILL – 20191118

Carteira do Will
Tempo de leitura: 7 min
1ª VEZ AQUI?

Primeiramente seja bem vindo!

Aqui você não vai encontrar nenhuma recomendação, promessa de lucros extraordinários, ou fórmula correta para ganhar dinheiro no mercado. Aqui você sempre vai encontrar a verdade e a realidade daquilo que faço com o meu dinheiro…meus erros e meus acertos. Meus 15 anos de mercado, tudo que estudei, vivi, vi, me formaram e ainda me formam, como um cara que pode compartilhar algo que talvez possa te ajudar.

Posto a minha Carteira Global, abro a minha parcela investida em ações; e a #Notbad é uma carteira teórica que criei mas me comprometi em colocar meu dinheiro nos ativos que nela constam.

Quem tiver dúvida só me mandar um mail: william@bugg.com.br 

 

CARTEIRA

Zero mudanças da semana passada para cá…não alterei a composição da minha carteira global…sigo com 4% em caixa para oportunidades ou emergência, 17% alocados a gestão da Valor Gestora (são clubes de investimentos em ações), 64% alocados diretamente em ações e 15% alocados no exterior investidos em dólar.

Essa semana, novamente o dólar flertou com níveis máximos chegando nos R$ 4,20 e encerrando em R$ 4,1962.

“Ah mas esse câmbio está desajustado Will”

Pode até ser, mas o fato é que ele está em 4.19 e quem não tem ativos dolarizados segue vendo seu poder de compra global ser reduzido. Fora isso, nos últimos 10 anos a bolsa americana acumula alta de mais de 180%; o dólar cerca de 130%….compondo esses 2 chegamos a 550% de retorno em Reais… ou seja, aquele investidor trocou seus Reais por dólares e investiu-os na bolsa americana, teria visto seu capital se valorizar em mais de 550% nos últimos 10 anos! Enfim, pense nisso.

 

 

AÇÕES

Essa semana segui fazendo o que já tinha dito que faria, ou seja Reduzir BRAP3 e comprar mais COGN3. Por sorte o fiz na terça, antes da empresa divulgar o seu resultado e a ação responder bem a ele. Para quem não viu, o Breno postou uma análise super completa do resultado da empresa…se liga:

RESULTADO COGNA (COGN3) 3T19 – RESULTADO CONGA LA CONGA

 

Fora isso tivemos o resultado de 2 empresas que tenho em carteira…vamos a eles:

 

SLC (SLCE3)

Empresa divulgou um resultado que pode assustar, especialmente aqueles que não entendem a operação dela. Seus números foram afetados pela marcação dos chamados ativos biológicos o qual sofrem influencia de produtividade e preço das commodities em questão. Mas a empresa explica muito bem no seu release…inclusive como deve se ler isso:

O ponto é: esse é um ajuste contábil e não tem efeito caixa! Fora isso a melhora recente de preços deve gerar a reversão disso no próximo trimestre.

Do que vi: operacionalmente a empresa segue muito bem, tendo apresentado números operacionais recordes; indicativo de preços de soja é bom com a quebra da safra ameriana, o algodão (principal gerador de caixa dela) já reagiu nas últimas semanas e também aponta melhora.  Fora isso ela apresentou hedge em patamares bastante satisfatórios.

E pra fechar ela anunciou a venda de um pedaço de uma de suas fazendas…o valor do R$/Hectare foi substancialmente maior do que aquele que se encontra marcado no balanço…eu diria algo como o dobro! O que reforça a tese de que o valor real dos seus ativos é ainda maior do que aquele que o cálculo de NAV (ativos liquidos) nos sugere – atualmente esse valor é de R$ 23,3/ação e já representa um upside de 29% ao menos!

Sigo com ela.

 

Braskem (BRKM5) 

Mais um resutado horroroso da Braskem, em linha com o que foi o 2T. Preços de suas resinas em patamares baixos com certo excesso de produção no mundo; uma demanda mais fraca na comparação anual…em linha com a desaceleração global…isso faz com que a utilização de capacidade de suas plantas seja baixa e com isso ela perca margem dado que tem que manter a planta operando o que gera elevados custos fixos – no Brasil, por exemplo, a utilização de capacidade está em 57%!

Apesar dos pesares, algumas coisas boas aconteceram nessas últimas semanas: (i) empresa entregou suas demonstrações financeiroas e voltou a ser negociada na bolsa de NY; (ii) aprovação (em outubro) do pagamento de dividendos (será em dezembro); (iii) empresa acessou o mercado de dívidas e conseguiu colocar no mercado US$ 2.25 bilhões, o que mostra que ao menos houve demanda e interesse por parte dos investidores.

Case segue extremamente complexo. Precificar Braskem perpetuando a realidade atual é não entender o caráter cíclico do negócio. Em outras palavras é perpetuar o low do ciclo. Veja que ano passado ela gerou mais de R$ 12 Bilhões de Ebitda, esse ano caminha para entregar R$ 5 BI…é uma diferença e tanto!

Sigo entendendo que há valor no ativo…bem acima do preço de tela…mas ela segue passando por um momento difícil, a espera de um comprador…penso que a venda não se dará a um valor que perpetue a difícil realidade atual … e por isso sigo no papel.

 

Semana passada já tinha feito breves comentários de Banco do Brasil (BBAS3), Iochpe (MYPK3) e Schul (SHUL4).

 

 

#NOTBAD

Essa semana a bolsa virou e a carteira segurou muito bem…alguns papeis cederam, o que é normal….mas Cogna respondeu bem ao resultado e ajudou a segurar o desempenho da carteira.

Mas ainda temos 2 semanas e muita água pra rolar! Até aqui, notbad!

 

 

Era isso.

Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves / Youtube: Willcastroalves/

Linkedin: William Castro Alves

Instagram: @willcastroalves / Facebook: William Castro Alves

 

4 comments

  • Fala, Will! Obrigado pela atualização da carteira! COGN3 foi um bom call! Uma perguntinha… não teremos tônica essa semana? Faz falta, hehe! Pra mim já é rito toda segunda-feira de manhã entrar no Bugg e ler a tônica.

    Brigadão e abraços!

    Obs: Caso ainda role tônica essa semana, seria legal se pudesse dar uma comentada sobre o Dólar…

  • Fala Will

    Obrigado por compartilhar tua excelente análise.
    Gostaria de sugerir a colocação do link de análise de cada empresa que compõe o portfólio, no momento em que tu entra no papel , fazendo o racional completo de compra.
    As vezes tento encontrar via “search” mas tenho dificuldade.

    Abs

Leave a Reply