20200331 – PODCAST BOM DIA USA: 5 motivos porque o dólar não cai, mais uma Cash King, derrocada do petroleo e mais

Podcasts
Tempo de leitura: 7 min

E para quem gosta de ler, aí está a transcrição do podcast. Esse é um podcast destinado aos clientes da Avenue. O texto aqui é apenas uma transcrição e Tais comentários não devem ser visto como qualquer tipo de recomendação de investimentos. 

**ONTEM**

Contra fluxo não há argumentos? O que parecia ser mais uma segunda-feira negativa, com o petróleo atingindo o menor patamar em 18 anos e o futuro de S&P500 chegando a cair mais de 2% na noite de domingo, acabou se tornando mais um dia verde, com todos os setores em alta e os principais índices da bolsa americana subindo mais de 3%.

  • S&P: 3.35%
  • DJ: 3.19%
  • Nasdaq: 3.62%

Os mercados seguem apostando em mais estímulos por parte do governo. Ontem repercutiu positivamente o anúncio por parte da presidente da Câmara americana, Nancy Pelosi (Democrata) de que estaria trabalhando no que chamou de “fase quatro” de enfrentamento da crise. As duas primeiras fases, segundo ela, foram apenas endereçadas às questões de saúde pública, a terceira ao presente estado da economia, e esta quarta trataria sobre a recuperação pós crise. Entre os assuntos citados como prioritários estão investimentos em infra-estrutura digital (5G) e o reforço do apoio financeiro aos Estados.

  • Setores – Setor de saúde (XLV +4.7%) grande destaque de alta do dia após o anúncio da Johnson&Johnson (JNJ +8.0%) de que está trabalhando num projeto de mais de 1 bilhão de dólares, em conjunto com o governo americano, para desenvolver e fabricar uma vacina contra o coronavírus. O setor de Tecnolocia (XLK +4.2%) também apresentou fortes ganhos e destacamos a Microsoft (MSFT +7%) que reportou um aumento de 775% no uso de recursos na nuvem (cloud) nas regiões onde está havendo confinamento
  • Petróleo – teve mais um dia de queda…cerca de 6% cotado a $20 atingindo novamente o menor nível em 18 anos! O motivo é o colapso da demanda – queda de mais de 25% na demanda mundial. Estoques se acumulam nos reservatórios, navios e até mesmo nos próprios oleodutos. Ontem ainda Trump ligou para Putin para discutir o que ele chama de “crazy”, essa guerra entre russos e árabes. Vale a pena investir? Me parece que esse preço não é sustentável, quando e se vai ser alterado eu não sei, pois falta racionalidade nessas discussões….
  • Dólar fechou em alta de 1.5% aos R$ 5.18. 5 motivos porque ele não cai: (i) Brasil não deve crescer; (ii) situação fiscal se deteriora com a crise; (iii) taxas de juros baixas; (iv) discussões e divergências políticas; (v) movimento global.

 

**HOJE**

Coronavírus – Apesar do tom mais cauteloso do presidente Donald Trump ontem de manhã o tom mais otimista vem predominando com a diminuição no número de novos casos na Itália e a autorização pela FDA do uso (ainda que limitado) da hidroxicloroquina para tratamento. Além do navio hospital que chegou em NY ajudando a cuidar das pessoas infectadas. Em linhas gerais o mercado gostou do tom mais realista adotado por Trump.

  • Na Ásia queda no Japão, mas alta nas demais praças, destaque para 3.6% de Cingapura.

Tivemos o dado que surpreendeu mostrando que a China começa a se recuperar dos impactos do coronavírus. Os índices PMI industrial e de serviços, ontem à noite, voltaram a indicar expansão em março, ainda que recebidos com incredulidade.

  • Bolsas na Europa todas no positivo mas com altas moderadas
  • Futuros instáveis, operando sem tendência

 

**DESTAQUES**

CASH IS KING

Vou seguir com nossa sequência de vasculhar empresas com caixa, pois essas tem melhores condições de enfrentar a adversidade de um momento em que a economia para.

Comecei com 5 gigantes com caixas robustos: Microsoft, Google, Apple, Berkshire e Facebook;

Depois comentei outras empresas que também tem uma situação bem confortável de caixa: Twitter(TWTR), Nvidia (NVDA), Vertex Pharmaceuticals Incorporated (VRTX), Cisco (CSCO), Salesforce.com, inc. (CRM), Activision Blizzard, Inc. (ATVI), Intuit (INTU), Paypal (PYPL), Accenture (ACN)

Hoje comento mais uma, a décima QUINTA:

Humana Inc (HUM)

Empresa vale $39BI e tem cerca de $15 BI em caixa, ou seja, 38% do valor de mercado da empresa.

Eles têm dívidas de cerca de 6BI, logo um caixa líquido de $9BI.

A Humana é uma empresa de seguro de saúde que opera nos EUA nos segmentos de Varejo, Grupo e Especialidades. A empresa possui aproximadamente 17 milhões de membros em planos de benefícios médicos, além de cerca de 5 milhões de membros em produtos especiais. A Humana Inc. foi fundada em 1961 e está sediada em Louisville, Kentucky.

Recentemente eles anunciaram que arcarão com todos os custos dos tratamentos do corona, mesmo para os pacientes com o plano chamado co-pay que são cost-sharing. Humana se comprometeu a trabalhar com autoridades federais para garantir que os pacientes não recebam contas surpreendentes pelo seu tratamento.

“Estamos adotando essa ação para ajudar a aliviar o fardo para idosos e outras pessoas que estão com dificuldades no momento. Nenhum americano deve se preocupar com o custo dos cuidados ao ser tratado com coronavírus ”, disse Bruce Broussard, presidente e CEO da Humana.

Em suma eles devem sim sentir um forte impacto de custos nos próximos resultados por conta dos dispêndios com o tratamento…não há prever o quanto, mas o importante é que eles tem caixa para abserver isso. Fora isso, dado o seu porte, eles tem trabalhado junto com o governo americano para suprir as necessidades de seus segurados, algo muito bom. Para ajudar, eles fizeram uma emissão de mais de $1BI com sucesso, como forma de reforçar o caixa.

Nível de rentabilidade bom com ROE de 24% e negocia a 15x lucros. Da máxima desse ano ao nível atual as ações acumulam cerca de 18% de queda. Em 10 anos as ações se valorizaram mais de 4x que o S&P com números e uma operação sólida. Um futuro incerto no curto prazo, mas uma empresa muito sólida.

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Leave a Reply