Coca-cola (NYSE:KO): Dando um gás na sua carteira!

Empresas, Empresas EUA
Tempo de leitura: 9 min

Texto de: Maria Luiza Martins escrito em fevereiro de 2020, com contribuição de Breno Bonani. 

 

HISTÓRIA…

Não que precise apresentações, mas vamos lá…

The Coca-Cola Company (Coca-Cola) é uma multinacional americana com 130 anos de história, presente em 200 país, com mais de 500 marcas, 30 só no Brasil – Fanta, Sprite, Matte Leão, Del Valle, Kuat, suquinhos Kapo, dentre outras…

 

A marca na verdade nasceu de uma bebida criada por um farmacêutico e que levava o nome de Coca Cola porque bem, levava cocaína e noz da folha de cola, algo bem saudável rs. A companhia veio ao mundo quando em 1891 um outro farmacêutico, comprou os direitos da bebida e fundou a marca e naquele mesmo ano, abriu capital e levantou uns US$100K pra iniciar os trabalhos.

Com os avanços em medidas sustentáveis ao redor do mundo, a marca não ficou pra trás. Adotou metas para redução de açúcar, com bebidas com zero açúcar ou baixo teor de açúcar. Inclusive, por conta do baixo teor de açúcar as vendas de refrigerantes aumentaram 2% em 2018, mas continuando, de 600 novos produtos da marca, pelo menos 250 são nessa pegada mais light. Fora a mentalidade de “waste less” (gastar menos) que a marca já tinha, mas que voltou com tudo com embalagens de “plant base” (a base de plantas), substituindo os petroquímicos antes utilizados, fora também o modelo de garrafas retornáveis que voltaram com tudo.

 

Desempenho da ação no longo prazo…

Crescimento da empresa gerou bons ganhos aos acionistas de longo prazo. Se liguem neste gráfico desde 2009 até o hoje!

 

Fonte: Investing.com.br

 

Quem segurou suas ações desde 2009, acumula uma alta de mais de 163%!!! Isso sem contar os dividendos, nos quais a companhia vem distribuindo (sim, ela tem pago bons divedendos, na faixa de 2,6% a 3% de DY por ano).

 

Como foram seus números em 2019?

Sobre a receita, a receita líquida cresceu 8%, indo pra US $ 9,5 bilhões. Esse resultado foi impulsionado pelo crescimento de preço de 6%, parcialmente compensado por uma queda de 2% nas vendas. Foi um bom crescimento e para vocês entenderem a grandeza da companhia ainda mais. Ela tem cerca de 3900 bebidas no seu portfólio, sendo que 21 dessas traz todo ano para a companhia mais de U$ 1 bilhão anualmente em receitas.

O caixa das operações acumuladas no ano foi de US $ 7,8 bilhões, um aumento de 37% em grande parte devido ao forte crescimento implícito, às iniciativas de capital de giro e a época dos pagamentos de impostos. O fluxo de caixa livre acumulado no ano foi de US $ 6,6 bilhões, um aumento de 41%.

O lucro por ação, o Earnings Per Share que vamos chamar de EPS, cresceu 37%, para US $ 0,60. O EPS comparável caiu 2%, para US $ 0,56. O desempenho comparável do EPS incluiu o impacto de uma energia meio negativa pra corrente de 6 pontos.

Sobre a participação no mercado, a empresa continuou a ganhar participação de valor no total de bebidas não alcoólicas prontas para beber, inclusive nisso aí, vocês repararam que as embalagens diminuíram? Isso entra nos planos da marca também, mais “portable” produtos entendem…

Pra terminar, o fluxo de caixa. O caixa das operações acumuladas no ano foi de US $ 7,8 bilhões, um aumento de 37% em grande parte devido ao forte crescimento subjacente, iniciativas de capital de giro e calendário de pagamentos de impostos. O fluxo de caixa livre acumulado no ano (não-GAAP) foi de US $ 6,6 bilhões, um aumento de 41%.

Para quem quiser olhar na íntegra, aqui você acha os resultados dela: LINK.

 

E a Competição?

Então é isso? Uma companhia que entregou um bom resultado, sem problemas ou competição? Mais ou menos… existe um negócio que está incomodando os investidores (e com razão!). É o fato do “Payout” ou pagamento dos dividendos já estar em 76%, ou seja, do Lucro Líquido apurado no ano fiscal de 2019, a companhia está destinando 76% dele para pagar seus acionistas.

A preocupação está no crescimento desse pagamento, se ele crescer e a receita continuar crescendo de maneira moderada, logo mais poderá atingir 100% de Payout. Neste caso, a companhia teria que procurar uma solução (além do caixa gerado das operações) para continuar pagando esses dividendos.

Pepsico (NASDAQ:PEP), uma de suas concorrentes, tem um DY menor que o da Coca-Cola, por volta de 2,85%. Além disso, está negociando a múltiplos mais atraentes que a Coca-Cola. Porém, mesmo assim, a companhia parece mais bem posicionada no setor, com um novo portfólio de produtos promissor, focando em bebidas energéticas, café (com a aquisição da Costa Coffee em 2018, que a colocou como a segunda maior companhia de café no mundo, atrás somente do Starbucks (NASDAQ:SBUX), produtos em embalagens menores e sustentáveis, e foco em aumentar a demanda.

Agora você entende por que nosso oráculo de Omaha investe nela a 26 anos? Aposto que você deve estar se perguntando como colocar seu suado dinheirinho nesta bela empresa, né?

 

INVESTINDO NO MERCADO AMERICANO…

Primeiro você precisa ter conta em alguma em alguma corretora americana que aceite não residentes caso você queira investir lá fora. Eu uso a Avenue Securities para investir nos EUA, você só precisa apenas de um documento de identificação e um comprovante de residência para o cadastro em um processo que não leva mais do que alguns poucos minutos.

A Avenue foi desenhada para atender investidores de varejo que moram na América Latina e desejam acessar o mercado gringo pela primeira com custos acessíveis, processo de abertura de conta simples, sem custos de abertura e manutenção conta, customer service em português (ou seja, o site já está traduzido e pronto para brasileiros), sem um mínimo para começar a investi e ah! O mais importante, com câmbio integrado é MUITO mais fácil enviar recursos para fora!

Com a conta aberta, basta você mandar os recursos do seu banco para a corretora e realizar uma operação de câmbio para sua conta americana. Com o saldo de dólares já disponível nos EUA, basta comprar as empresas que vocês desejarem, simples assim.

Ficou interessado? Estamos disponibilizando 10 corretagens gratuitas para quem abrir a conta na Avenue via Bugg! Basta clica no link: ABRIR CONTA NA AVENUE

 

Era isso, valeu!

Breno Bonani.

Acompanhe outros conteúdos no Twitter: @Breno_Bonani  Instagram: @bonani_ Linkedin: Breno Bonani

Disclaimer
Os relatórios e/ou em qualquer conteúdo de análise e recomendação providos pelo Bugg possuem 
caráter meramente informativo e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o 
usuário a tomar sua própria decisão de investimento, não devendo ser considerado como uma 
oferta para compra ou venda de ativos. Os editores responsáveis pela elaboração deste relatório
declaram, nos termos da Instrução CVM nº 598/18,que as recomendações do relatório refletem única
e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradasde forma independente. Além disso,
os instrumentos financeiros discutidos neste relatório podem não ser adequados para todos os 
investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento,a situação
financeira ou as necessidades específicas de um determinado investidor. A decisão final em 
relação aos investimentos deve ser tomada por cada investidor, levando em consideração os 
vários riscos,tarifas e comissões.

 

Leave a Reply