CARTEIRA WILL – 20200511

Carteira do Will
Tempo de leitura: 9 min
1ª VEZ AQUI?

Primeiramente seja bem vindo! Aqui você não vai encontrar nenhuma recomendação, promessa de lucros extraordinários, ou fórmula correta para ganhar dinheiro no mercado. Aqui você sempre vai encontrar a verdade e a realidade daquilo que faço com o meu dinheiro…meus erros e meus acertos. Meus 16 anos de mercado, tudo que estudei, vivi, vi, me formaram e ainda me formam, como um cara que pode compartilhar algo que talvez possa te ajudar. Posto a minha Carteira Global, abro a minha parcela investida em ações; e a #Notbad é uma carteira teórica que criei mas me comprometi em colocar meu dinheiro nos ativos que nela constam. Quem tiver dúvida só me mandar um mail: william@bugg.com.br 

 

CARTEIRA

DÓLAR. Vamos lá, mais uma semana, e quem achava o dólar caro a R$ 5, tá achando o que agora? 45% de alta no ano! Eu não esperava…ninguém esperava! E exatamente pra isso que temos uma carteira diversificada e com uma parcela dolarizada. Ou vocês acham realmente que eu não teria migrado uns 80% do meu patrimônio para dólar caso tivesse alguma convição numa alta desse porte? Enfim…sigo fazendo aquilo que já me propus a fazer: aumentar a parcela dolarizada da minha carteira para pelo menos 30%. Mesmo com o dólar mais caro? Sim, mesmo com o dólar mais caro! O que estou fazendo é: todos novos aportes estão sendo na carteira no exterior…essa semana o fiz de novo. Não vou desmanchar minha carteira no Brasil do dia pra noite…não se trata disso….mas sim, de construir patromônio, segurança e aposentadoria futura. Quando o Real vai voltar a se valorizar? Não sei, mas acredito que para isso o país precisa reduzir os conflitos políticos e essencialmente crescer! Até isso acontecer, porque o Real se valorizaria ante o dólar?

ERRAR COM CONVICÇÃO. Gosto de aproveitar meus posts de carteira para transmitir mensagens…ensinamentos…numa linha mestre splinter, sabe? Pois então, uma das coisas que mais me fez aprender no mercado financeiro foi errar com convição! Você monta uma posição que tem certeza por A+B que vai dar certo….aí a realidade se mostra dura e implacável e lhe revela o tamanho da sua ignorância….ou no mínimo te traz uma lição de humildade! Não desanime ou fique triste, saiba que esse é o melhor curso que você pode estar tendo! É a realidade te ensinando. Comento isso não por um erro específico que tenha comentido recentemente, mas sim para trazer um pensamento, uma lição. Já acertei várias vezes com muita convição…é bom…não tenha dúvida…mas errar convicto te desmonta e te faz melhor! Pense nisso!

 

 

AÇÕES

Aqueles que me acompanham aqui sabe que troco minhas ações seguindo aquilo que posto na carteira “teórica” #Notbad…não é bem teórica porque de fato coloco o meu dinheiro onde minha boca está…diferente de muitos por aí. Foco aqui é coerência! E é claro, ganhar dinheiro, rs.

MOVIMENTAÇÕES.

Então saquei CEAB3 e LIGT3 da carteira. Durante os 30 dias que estive com elas tive uma retorno de ~50% e ~20% respectivamente. Saquei também MYPK3 a qual recomprei na casa dos R$ 10/ação e saí na casa dos R$ 12/ação. Mas lembro que esse era um papel que carregava há tempos…antes da Covid e que o preço original de compra fora lá nos R$ 17/ação….então considero que no agregado saí com um prejuízo de 30% nela. Além disso, comprei BBDC4 e essa semana pretendo aumentar exposição a ALSO3 a qual vejo como deveras exagerada a queda da última semana.

RESULTADOS. 

BBAS3: Bradesco e Itau já tinham divulgados seus números, então a tônica já estava dada. Inclusive o Breno fez um post bem completo sobre BBDC4 (confere). A meu ver os bancos jogaram para cima as provisões, em linha com o que se viu nos EUA, numa ação conservadora é verdade, mas também como forma de “não chamar atenção”. Em meio a crise que o país enfrenta reportar lucros recordes soaria um pouco estranho…ou no mínimo atrairia a atenção do governo para taxar e buscar arrecadar ainda mais com os bancos. Dito isso, o BBAS provisonou R$ 2BI a mais, um crescimento de 77% nas provisões (YoY) jogando o lucro 27% para baixo – LL foi R$ 3.4BI. Para não me estender vou simplificar. Vamos anualizar esse resultado…isso implica projetar que o lucro não só não aumentará como será horroroso ao longo de 2020. Anualizando temos: 3.4BI x 4 = R$ 13.6 BI. BBAS vale R$ 77 BI em bolsa. Uma relação P/L de 5.7x! Banco negocia com desconto de 25% sobre o valor de patrimônio e um yield de 9%. Vou parar por aqui, porque dá vontade de alocar muita grana nisso…e como eu digo: eu sempre posso estar errado!

CLSC4: para quem não viu a Celesc apresentou um EBITDA e Lucro Líquido crescendo 38% e 98% nesse 1T20 na comparação anual! Na parte operacional tem vários destaques…reducão de perdas de energia, redução de gastos com mão de obra, forte queda nas despesas financeiras, e que tal esse: os consumidores na área de concessão da CELESC, permaneceram sem energia pelo menor tempo registrado nos 65 anos da concessionária! Números muito bons. O mercado tem receio da queda no consumo de energia e do governo empurrar a conta de subsídios dados a população nas distribuidoras de energia. Ambos os receios são pertinentes, mas a meu ver o valuation de Celesc aceita muito desaforo! Lucro desse trimestre foi de R$ 144 MM. Supondo uma queda de 50%…chegamos a R$ 72MM …anualize isso … chegamos a ~R$290MM. Com esse lucro ela estaria negociando a 5.2x lucros! Negociando abaixo de valor de patrimônio e um yield honesto de 5%…faz sentido? Vocês respondam.

 

 

#NOTBAD

Começamos o mês com o pé esquerdo? É o que parece. Semana horrorosa em termos de desempenho dos papeis. VALE3 foi a salvação da lavoura, mas as quedas de ALSO3 e COGN3 empurraram a carteira para baixo.

O que vi nessa primeira semana de maio foram alguns papéis de commodities reagiram bem – PETR, GOAU, VALE, FESA,SUZB – entendo que pelo dólar em alta e os dados de China que mostram uma retomada rápida da economia por lá. Mas o mês está apenas no início, vamos ver como as coisas evoluem.

 

 

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer Os relatórios e/ou em qualquer conteúdo de análise e recomendação providos pelo Bugg possuem caráter meramente informativo e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o usuário a tomar sua própria decisão de investimento, não devendo ser considerado como uma oferta para compra ou venda de ativos. Os editores responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos da Instrução CVM nº 598/18,que as recomendações do relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradasde forma independente. Além disso, os instrumentos financeiros discutidos neste relatório podem não ser adequados para todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento,a situação financeira ou as necessidades específicas de um determinado investidor. A decisão final em relação aos investimentos deve ser tomada por cada investidor, levando em consideração os vários riscos,tarifas e comissões.

2 comments

Leave a Reply