20200617 – PODCAST BOM DIA USA: Liquidez sustenta otimismo no mercado a despeito do avanço do corona. E mais: Oracle, Grupoun e Rollins

Podcasts
Tempo de leitura: 10 min

E para quem gosta de ler, aí está a transcrição do podcast. Esse é um podcast destinado aos clientes da Avenue. O texto aqui é apenas uma transcrição e Tais comentários não devem ser visto como qualquer tipo de recomendação de investimentos. 

**ONTEM**

Temos visto sustentação para um mercado de alta…exagero ou não, excesso de expectativas ou não, o fato é que ontem vimos a bolsa subir de forma consistente por mais um dia, o terceiro seguido. Temos visto o embate de 2 ondas…uma possível e cada vez mais presente segunda onda de corona trazendo receios; mas isso colide com o tsunami de dinheiro que foi e vem sendo injetado na economia dando sustentação aos mercados. Fora isso com juros 0% o que fazer com o dinheiro senão coloca-lo no risco? Seguimos…

  • Dow: 2.04%
  • S&P: 1.90%
  • Nasdaq: 1.75%

Os fatores: (i) a expectativa com o pacote de $1TRI de investimentos em infra estrutura preparado pela administração Trump; (ii) o programa de compra de títulos corporativos pelo FED; (iii) e ontem tivemos uma surpresa bastante positiva vinda do dado de vendas no varejo americano que subiram 17.7% no mês de maio, o maior número da história, e superaram as altas expectativas (+8.4%)…a explicação para esse dado mais forte foi a demanda reprimida do mês anterior (-16.4%) e os cheques de ajuda do governo.

Ontem ainda a gente teve o presidente do FED em depoimento ao Senado alertando para o alto grau de incerteza quanto à recuperação econômica pós pandemia, em especial para os pequenos negócios.

  • Setores Mais um dia com todos os setores em alta. Destaque para Energia/Petróleo (XLE +2.9%) e Saúde (XLV +2.5%). Ações ligadas à reabertura tiveram um dia positivo.
  • Petróleo WTI Agosto +3.3% A Agência Internacional de Energia revisando para cima números de demanda.
  • Dólar teve alta de 1,76%, fechando em R$ 5,23 nesta terça-feira surpreendendo. As justificativas (i) Brasil teve novo recorde de casos com mais de 34 mil novas infecções; (ii) Corte de juros na reunião do copom que pode ser anunciado hoje ao final do dia; (iii) aumento de casos de corona na China e investidores buscando segurança em moedas fortes.

 

**HOJE**

  • Corona: sobre isso vale chamar atenção a alguns indicadores preocupantes em relação ao Corona. (i) O número de casos na Flórida subiu 3.6% e superou a média semanal de 2.6%; (ii) A quantidade de hospitalizações no Texas atingiu novo recorde (2518); (iii) O aumento no número de casos em Pequim levou o governo chinês a aumentar o nível de segurança anti-epidemia para o nível 3…isso quer dizer o quê? São várias medidas como: suspensão das aulas, encorajar o trabalho remoto e restrição de voos. …. Do lado positivo, na Califórnia, novos casos aumentaram 1.4% e atingiram o menor patamar em 3 semanas e o estado de NY reportou o menor número de hospitalizações desde o início da crise.
  • Asia: mercados mais para positivo do que negativo, apesar da queda de 0.5% no Japão e 0.3% na Índia.
  • Europa: tons mistos com quedas na espanha e Itália; estabilidade na Alemanha; altas na Inglaterra e França.
  • Futuros: apontam altas de 0.3%

 

**DESTAQUES**

ORACLE (ORCL)

As ações da Oracle caíam no after ontem (~3%) depois que a empresa divulgou seus resultados do trimestre. Eles reportaram lucro de $ 1,20/ação e receitas de $ 10,44 bi, enquanto analistas estimaram ganhos de $ 1,15/ação e receita de $ 10,65 BI. Bateu no lucro mas não na receita o que evidencia uma dificuldade da Oracle que é crescer. Segundo a CEO Safra Catz os negócios tiveram um desempenho bom, mas que poderia ter sido melhor por conta do impacto nos clientes de setores mais atingidos pela pandemia, como hospitalidade, varejo e transporte. A CEO chamou atenção ainda que a medida que a economia está reabrindo eles estão conseguindo restabelecer o pipeline de projetos com clientes e ela tem esperança no fechamento de novos contratos. A Oracle compete com Amazon e Microsoft no seu negócio de nuvem, algo que não é simples de se fazer. Pesa contra ela o fato de que muitas empresas migraram o foco do seu trabalho de TI para gerar as condicões necessárias para o trabalho de casa, deixando grandes projetos ligados a infra e que demandam produtos da Oracle em stand by. Oracle vale mais de $170BI na bolsa americana e suas ações estão praticamente estáveis no ano. Ela negocia mais barata que a média das empresas de tecnologia com uma relação Preço/Lucro de 17x ante mais de 20x da média do setor. Yield dela é de cerca de 1.8% aa.

 

GRUPON (GRPN)

As ações da empresa de comércio eletrônico subiram mais 3% no after depois de saltar 12% durante o pregão. O Groupon divulgou seus resultados do 1T. A empresa reportou uma perda de $ 1,63/ação e receita de $ 374,2 milhões, enquanto analistas esperavam uma perda de $1,91/ação e uma receita de $ 369,1 milhões. A Groupon disse que tinha $ 667 milhões em caixa no final do trimestre e que as recentes tendências de desempenho indicam que a empresa está se recuperando mais rapidamente do que o esperado, segundo uma carta de acionistas. No ano suas ações ainda caem mais de 40% e em 5 anos cerca de 75%; com a empresa avaliada em 770MM

 

DESCONHECIDAS E LUCRATIVAS

Seguindo a nossa série de abordando empresas que não estão na mídia, que não são vedetes ou queridinhas do momento, mas que nem por isso deixam de ser empresas lucrativas. São desconhecidas ou esquecidas e luctrativas. Mas vale a ressalva que os ativos citados aqui não são recomendações e o investimento deve respeitar o perfil do investidor.

Eu já falei da transportadora Old Dominion Freight Line (ODFL) e da empresa de elevadores a Otis Elevator (OTIS).

Hoje eu vou falar da ROLLINS (ROL)

Quem é:

A empresa fornece serviços de controle de pragas e cupins para clientes residenciais e comerciais dos EUA. O CEO Gary Rollins costuma dizer que barata e ratos não leem o WSJ, ou seja, as pestes não se preocupam com crises econômicas. Ela tem 3 verticais: residencial, comercial e cupins. Todos os 3 tem uma receita recorrente de mais de 80%. Basicamente você paga um valor mensal para o cara ir no teu estabelecimento ou casa e dedetizar. Já o segmento de cupins é menos recorrente. Questão é que esse é um mercado muito pulverizado aqui nos EUA as 3 maiores não tem nem metade do mercado em termos de share. Principal empresa deles: Orkin. Eles tem aproveitado o crescimento e introdução de tecnologia para comprar as empresas menores, faz parte da cultura da empresa. Essa crise afetou-os por conta do fechamento de diversos estabelecimentos comerciais. Mas se afeta eles, afeta ainda mais os menores. Em termos de diferencial competitivo o principal é a confiança de que você vai botar um cara na sua casa que vai botar um veneno que não vai te causar dano de saúde. O mesmo serve para estabelecimentos comerciais, porque se você contratar a Rollins e 1 dia depois aparece um rato no restaurante, você sabe que a empresa grande tem um risco de imagem grande…e por ai vai. Fora isso o turnover baixo de funcionários/técnicos.

Números/case: Nos últimos 15 anos as receitas crescem em média 6,5% e seus lucros 9,3% ao ano – vale olhar o gráfico pq é um crescimento que impressiona pela estabilidade. No site de IR da empresa eles chamam atenção exagamente para isso: são 21 anos ininterruptos de crescimento de lucro. Da mesma forma, nesse mesmo período as margens de lucro também impressionam porque vieram aumentando ano após ano. Mesmo com a queda em 2019 o seu retorno sobre o patrimônio líquido roda em 25%.

Ações: No auge da pandemia e histeria do mercado as ações chegaram a cair 5%. No ano sobem 27% e nos últimos 10 anos as ações se valorizaram 580% contra 180% do S&P. Isso faz com que ela não negocie a múltiplos barato – PE atual é 68x e o dividend yield é de cerca de 1%. Por qualquer métrica que você veja ela não parece barata. 3 analistas mandam segurar e 1 manda comprar. A empresa vale 14BI na bolsa americana.

 

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer: O conteúdo deste podcast é apenas para fins informativos, não serve como recomendação de compra ou venda de qualquer título na Avenue ou em qualquer outra conta. Ele também não é uma oferta ou venda de um título. Também não são relatórios de pesquisa e não servem como base para qualquer decisão de investimento. Todos os investimentos envolvem riscos e o desempenho passado não garante resultados ou retornos futuros.

Leave a Reply