20200623 – PODCAST BOM DIA USA: Apesar de susto mercado segue em alta . Caterpillar e empresas de máquinas ; e a desconhecida e lucrativa CarMax

Podcasts
Tempo de leitura: 10 min

E para quem gosta de ler, aí está a transcrição do podcast. Esse é um podcast destinado aos clientes da Avenue. O texto aqui é apenas uma transcrição e Tais comentários não devem ser visto como qualquer tipo de recomendação de investimentos. 

**ONTEM**

As ações do setor de tecnologia, ajudaram os índices e a bolsa americana a fecharem em alta. A leitura é a seguinte: no embate de ondas (segunda onda da covid x liquidez abundante) os investidores optam por aquilo que parece ser um “porto seguero”, empresas que com ou sem fechamento conseguem se sobressair. Não estou falando que concordo e ressalto que em se tratando de renda varíavel é sempre perigoso pensar em porto seguro. Mas essa me parece ser a leitura do fluxo e do momento atual.

  • Dow: +0.6%
  • S&P: +0.65%
  • Nasdaq: +1.1%
  • Setores: destaque para Tecnologia (XLK +1.9% dia / +13.3% ano) e as FANGMAN voltaram a performar melhor que o mercado como um todo na busca por ações que mostrem crescimento. FB +0.2%, AAPL +2.6%, NFLX +3.2%, GOOG +1.4%, MSFT +2.8%, AMZN +1.5%; na ponta oposta o financeiro (XLF -1,1%), saúde (XLV -0.8%) e Energia (XLE -0.8%)
  • Petróleo: WTI Agosto +2.2% a $40.73/barril
  • Dólar fechou em queda na segunda-feira (22), com a moeda brasileira acompanhando o movimento de outras divisas em meio a apetite por risco no exterior. A moeda norte-americana caiu 0,89%, vendida a R$ 5,2701

Corona: chegamos aos 9 milhões de casos no mundo nos EUA novos casos aumentaram em 1.1% em linha com a média semanal (1.2%). Mas o Governador do Texas, Greg Abbott, afirmou que as taxas de contágio no estado estão atingindo níveis inaceitáveis. Ainda assim, ele ressaltou que fazer lockdown novamente será a última das opções. E na Flórida, autoridades reforçaram o uso obrigatório de máscaras mesmo em locais abertos e públicos.

 

**HOJE**

Ontem o mercado chegou a cair forte no after depois que o conselheiro comercial da casa Branca Peter Navarro disse no início da noite que o acordo comercial com a China teria acabado. Ele associou o colapso do acordo em parte por Pequim não ter avisado o mundo com antecedência sobre a disseminação do coronavírus. Isso gerou certo pânico momentâneo no mercado. Mas horas depois o presidente Trump no seu twitter que o acordo está intacto. As declarações do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre o acordo com a China foram bem recebidas pelos mercados. As Bolsas europeias avançam e os futuros de Nova York operam em terreno positivo.

  • Asia doq com 0.7% de alta
  • Europa: stoxx 600 +1.3%
  • Futuros apontam pra altas de 0.8%

 

**DESTAQUES**

 

PACOTE DE INFRA

Eu comentei aqui semana passada sobre um pacote de infra estrutura que vem sendo gerido pela adm Trump, estipulado em $1TRI. Os democratas podem até querer atrapalhar ou adicionar pontos para chamar o pacote de seu. De qualquer forma, estima-se que poderia ser votado já até dia 04 de julho. Deixando de lado os embates políticos vou responder a pergunta de alguns: Will e se for aprovado, quais empresas se beneficiam?

Sexta eu comentei de um ETF que te permite estar exposto exatamente a isso. O iShares Global Infrastructure ETF (IGF).

Ontem eu citei 7 empresas do segmento de basic materials – cimento, areia, brita, aço.

Hoje vou citar mais 4 empresas do segmento de veículos e de obras – guindastes, retroescavadeiras, tratores, escavadeiras, betoneiras, etc.

  • Falou em infra estrutura e grandes obras, não tem como deixar de citar a maior empresa da bolsa americana voltda para construção pesada, a Caterpillar (CAT). Ela tem valor de mercado de mais de 60BI e acumula queda de 15% no ano. Como ela é muito diversificada a America do Norte representa 50% da receita da empresa. Mas como temos outros pacotes sendo discutidos no mundo ela pode ser uma alternativa. A John Deere é outra que também…apesar de ser mais conhecidas pelas máquinas agrícolas, ela também fabrica maquinas pesadas para construção.
  • Recentemente o Goldman Sachs adicionou a sua conviction list as ações da Oshkosh US (OSK) fornece veículos e equipamentos para construção, todos aqueles veículos que vemos nas obras. Ela faz mais que isso, mas no que se refere ao pacote isso é o que importa. Ela tem valor de mercado de 5BI e suas ações caem que caem 23% no ano.
  • Outras empresas do segmento são: Terex (TEX), Astec Industries (ASTE)…todas empresas que atuam no segmento de aluguel ou venda de veículos pesados ou equipamentos para obras. A primeira mais focada em guindastes ou equipamentos de lifting (erguer coisas). A segunda tem uma parcela relevante do resultado atrelado ao segmento de mineração. Ambas com performances bem distintas a primeira cai 37% no ano e a segunda sobe 8%.

Amanhã comento de empresas de engenharia.

 

Amanhã vou comentar mais empresas…acompanhem.

 

DESCONHECIDAS E LUCRATIVAS

Seguindo a nossa série de abordando empresas que não estão na mídia, mas que nem por isso deixam de ser empresas lucrativas. Eu já falei da transportadora Old Dominion Freight Line (ODFL), da empresa de elevadores a Otis Elevator (OTIS), da Rollins (ROL) que mata barata e ratos; ontem falei da O’Reilly Automotive, Inc. (ORLY) que nada mais é do que uma loja de peças para carros; Cintas (CTAS) empresa que vende uniforme profissional; Tractor Supply Company (TSCO).

Hoje vou falar de uma loja que vende carros! A CarMax, Inc. (KMX)

Quem é:

A CarMax, Inc. é uma varejista de veículos usados nos Estados Unidos que foi fundada em 1993, sediada em Richmond, Virginia que opera 216 lojas no país. A empresa opera em 2 segmentos: (i) a parte de vendas de carros a CarMax Sales Operations (ii) e a parte financeira e CarMax Auto Finance. Então ela vende, financia, faz a intermediação do seguro e também fornece serviços de recondicionamento e reparo de veículos. No último ano venderam 830 mil carros. Nos últimos anos também investiu pesado na web e tem visto um crescimento de 2 dígitos no seu canal de vendas digitais. Eles também operam leilão de carros. A empresa vale 15BI na bolsa americana

Números/case:

De fato ela foi “apenas” uma empresa que conseguiu operar bem um mercado extremamente competitivo e pulverizado. Suas receitas sofreram lá em 2008 quando chegaram a cair 28%, mas nos últimos 10 anos veio entregando crescimento de receita de 11% aa em média. A geração de caixa acompanhou saindo de $450MM ao fim de 2009 para $1,4BI ao fim de 2019. O lucro multiplicou por 3x nos últimos 10 anos também. E esse crescimento se deu mantando margem de uma forma que impressiona. As margens nesse negócio são de fato baixas, então qualquer deslize da empresa pode levar ao prejuízo. Mas ela conseguiu mantersua margem de lucro na casa de 4% de forma consistente nos últimos 10 anos. Parece pouco, mas esse é o tipo de biz que ganha na escala, então, mantendo margem e girando mais ela consegue entregar um ROE alto de mais de 20% desde 2015. Ressalva que a alavancagem do negócio também é alta, grande parte pela existência do ativo real usado como garantia de empréstimos.

Corona: covid afetou duramente a operação, com 80% dos dias de vendas fechados no último trimestre e a venda de veículos usados tendo caído 40%. Apesar disso, ela conseguiu reduzir o estoque, manter os preços e consequentemente não destruiu margem; junto a isso cortou despesas e conseguiu redução de 24% em custos; e apresentou métricas que mostram avanço no seu negócio online. Achei interessante comentar pois afetou e tende a seguir impactando o CP.

Ações: no ano as ações chegaram a estar caindo 50%, mas da mínima de março já sobe 111% e com isso, no ano acumula leve alta de 4%. Em 5 anos suas ações sobem 40% e em 10 anos +365% o dobro do S&P no período. 17 analistas cobre o papel que negocia a mais de 24x lucros: 10 recomendam compra, 5 manutenção e 2 recomendam venda.

 

Vale a ressalva que os ativos citados aqui não são recomendações e o investimento deve respeitar o perfil do investidor.

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer: O conteúdo deste podcast é apenas para fins informativos, não serve como recomendação de compra ou venda de qualquer título na Avenue ou em qualquer outra conta. Ele também não é uma oferta ou venda de um título. Também não são relatórios de pesquisa e não servem como base para qualquer decisão de investimento. Todos os investimentos envolvem riscos e o desempenho passado não garante resultados ou retornos futuros.

2 comments

Leave a Reply