20200720 – Tônica da Semana: 3 EVENTOS PARA CHACOALHAR O MERCADO?

A Tônica
Tempo de leitura: 11 min
CORONA AQUI

Bom dia a todos. Mais uma tônica. Espero que todos estejam bem e protegidos desse vírus maldito que nos prende em casa (essa é a parte boa) e nos impede de viajar (parte que detesto), rever amigos e usar essa bendita máscara (parte horrorosa). Casos aqui na Flórida não param de subir…inclusive é trending topic da CNBC de hoje – link.

Aqui eu diria que de um forma geral não houve tanto respeito as medidas de isolamento … pessoas na praia sem grande distanciamento, lojas cheias, restaurantes e bares bem cheios….bingo! Casos voltam a assustar…

Nesse aspecto o que me preocupa não são medidas de isolamento do governo ou oficiais…mas sim das pessoas! Que as pessoas, assustadas com uma segunda, terceira, ou quarta onda, passem a sair menos, consumir menos e por aí vai. Não tenho resposta a isso…enfim, é um receio que tenho. 

 

E A ECONOMIA 

Parte disso que comentei acima já começa a ser visto em alguns indicadores da economia…em especial aqueles que apontam para onde estamos indo. Veja que as reservas em restaurantes nos EUA já parou de se recuperar …

Chart of the year-over-year change in seated diners at restaurants on the OpenTable network, with data through July 15, 2020.

 

Assim como a taxa de ocupação nos hoteis que vinha se recuperando naturalmente, mas que nas últimas semanas a curva já inclinou e a recuperação se tornou bem mais lenta… A ocupação permanece reduzida em aproximadamente 45% da capacidade. A ocupação dos EUA em julho de 2019 foi de 73,8%…

Chart of the U.S. hotel occupancy rate with data through July 11, 2020.

 

E no segmento de aviação a recuperação parece que vai ser bem lenta…O número de passageiros que viajam nos EUA ainda fica 70% abaixo dos níveis de 2019!

Chart of the year-over-year change in daily travelers passing through TSA checkpoints with data through July 16, 2020.

 

Esses são 3 indicadores que buscam antecipar tendências, tal qual o último indicador de confiança do consumidor aqui nos EUA que também mostrou queda…mas fora isso, os demais números da economia tem mostrando uma evolução positiva. Não por acaso o índice de surpresa econômica calculado pelo Citi está lá nas máximas.

 

Destaque para revuperação “V” das vendas no varejo, com destaque para as vendas de roupas – gráfico mais abaixo! Será que isso serviria como uma referência para o Brasil?

Imagem

 

Aliás em termos de economia do Brasil, o último dado de atividade que tivemos foi horroroso! Ficando bem abaixo do esperado e evidenciando a dificuldade do momento.

 

A foto não condiz com o discurso do Paulo Guedes. da “democracia vibrante” que está saindo da crise…veja bem, não estou criticando a quem sou fã absoluto e dou todo apoio … mas me parece um fato … tipo a foto que a Cris postou no Insta:

View this post on Instagram

Kkkkkk as vezes parece isso mesmo

A post shared by Cristiane Fensterseifer (@investe10) on

 

MAS E O QUE ESTÁ NOS PREÇOS?

Dando aquela passada de olho sobre o “painel de controle” da economia, o que vi foi o seguinte…

homer simpson episode 13 GIF

 

VIX voltou para patamares bastante baixos…ainda longe dos níveis pré covid, mas com uma redução significativa para os últimos 3 meses…o que isso quer dizer? Menos aversão a risco. Investidore mais propensos a correr risco e investir em bolsa, moedas e juros de risco.

 

Corroborando a isso, Juros de 10 Anos nos EUA precificam que “não vamos ter juros” tão cedo! Rs. E se os juros vão ficar baixos assim, o que fazer com o dinheiro? Ir para o risco é a resposta! Mas também podemos inferir algo mais: a curva ficou estável de abril para cá, ou seja, ao não cair ou subir também indica que mercado não aposta numa deterioração mais acentuada, nem numa recuperação tao forteassim da economia – minha interpretação.

 

Isso não é uma análise gráfica, o retângulo abaixo é só para mostrar que nesse ambiente “mais calmo” dos mercados, até o Petróleo que é extremamente volátil, tem ficado de lado…e isso mesmo se considerarmos que os cortes de producão da OPEP começam a serem reduzidos!

 

Price to perfection? Juros de 10 anos do Brasil já voltaram para os patamares pré-covid. Parece que o mercado ignorou a deterioração corrente nas contas públicas? Talvez, mas também houve uma reprecificação a um patamar de juros ainda mais baixo que o na pré-covid. 6.4% nominal é um patamar historicamente baixo pra realidade Brasil, mas ainda alto no contexto global. All in all parece que ajustou.

 

Outro que ajustou foi o câmbio… Dólar parece que achou seu lugar? Não sei, mas tem mostrado certa estabilidade nesses R$ 5.3! 1 mês nesse “patamá”. Nada mais nada menos que 30% acima dos níveis pré-covid.

 

E AS BOLSAS? 

Conforme já comentei aqui e a despeito do que eu acho ou deixo de achar, as bolsas tem seguido sua dinâmica própria muito mais atrelada a injeção de liquidez global (comentei aqui), quanto a falta de alternativa de investimento (comentei aqui) e a entrada de mais e mais investidores (comentei aqui) …. quando escrevo isso estou considerando tanto no Brasil quanto no exterior.

Bolsas nos EUA já zeraram perdas (S&P linha preta) ou já geram ganhos (Nasdaq). Emergentes (linha vermelha) em geral já fizeram um certo catch up – destaque para bolsa da China que ajudou a puxar a média para cima. No Brasil (linha verde) ainda estamos ~11% da abertura do ano nos 115k…será que vamos buscar?

 

PRA SEMANA E PRA ACABAR…

Pra essa semana tem 3 eventos super importantes que podem chacoalhar essa aparente estabilidade do mercado. Não estou dizendo que vão gerar quedas…nada disso…até o contrário … eles me parecem carregar em si o potencial de segurar mercado … também não sei se é viés meu mesmo…rs.

  • Balanços das Techs nos EUA: temos na agenda balanços de Amazon, Microsoft, Intel, Tesla, IBM, Verizon. Após os bancos surpreenderem positivamente na semana passada, uma surpresa positiva das techs certamente ajudaria a dar gás extra aos mercados. Sim elas já subiram bem e até negociam a múltiplos que parecem elevados. Mas veja que algumas delas, como a Microsoft, possui um caixa de mais de US$100BI e  entregou um crescimento de lucros de 24% em média nos últimos 3 anos! Ou seja, se continuarem a fazer o que já vem fazendo, as techs podem dar sustentação a esse mercado….mercado tem apostado nisso…tanto é que tem colocado mais e mais recursos no setor…

 

  • Novo pacote de estímulos. Congresso americano retorna do seu recesso hoje. Com ele voltam as expectativas de anúncio de mais um pacote de estímulos a economia americana. Esse mais focado em investimentos em infra. Se especula num valor na casa de US$1.3 TRI que teria que ser votado até dia 31 de julho quando os congressistas voltam a ter outro recesso, dessa vez de verão (parece Brasil saporra!). Anyway, creio que próximos dias serão importantes e um anúncio também poderia sustentar o mercado. Link para matéria que comenta mais sobre o pacote.

 

  • Reforma Tributária: mais e mais ela começa a ganhar corpo. Será que essa semana temos uma proposta enviada pelo governo para câmara? Tal qual a reforma da previdência o tema em si não é popular e não devemos ver o governo abrindo mão de receitas. Mas penso que a simples racionalização e simplificação tributária já é um avanço e poderia ajudar na percepção dos investidores acerca do processo de retomada que temos vivido desde 2016. Mais sobre o tema aqui. Por outro lado, uma postura negativa do congresso, ou ainda taxações sobre o mercado financeiro podem fazer preço na bolsa…olho vivo.

 

Gosto de escrever essa tônica e pontuar meu erros porque aprendo! Pra não parcer em cima do muro, há mais de 1 mês atrás eu já havia comentado que andava receoso/cauteloso com o mercado. Estávamos em 88 mil pontos! (link para tônica). De lá para cá tenho sido surpreendido semana após semana…até então não havia feito nada, mas na semana que passou comecei a fazer um pouco de caixa, conforme comento no meu post de carteira. E como disse lá: eu sempre posso estar errado.

ending new year GIF by Looney Tunes

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer Os relatórios e/ou em qualquer conteúdo de análise e recomendação providos pelo Bugg possuem caráter meramente informativo e tem como objetivo fornecer informações que possam auxiliar o usuário a tomar sua própria decisão de investimento, não devendo ser considerado como uma oferta para compra ou venda de ativos. Os editores responsáveis pela elaboração deste relatório declaram, nos termos da Instrução CVM nº 598/18,que as recomendações do relatório refletem única e exclusivamente as suas opiniões pessoais e foram elaboradasde forma independente. Além disso, os instrumentos financeiros discutidos neste relatório podem não ser adequados para todos os investidores. Este relatório não leva em consideração os objetivos de investimento,a situação financeira ou as necessidades específicas de um determinado investidor. A decisão final em relação aos investimentos deve ser tomada por cada investidor, levando em consideração os vários riscos,tarifas e comissões.

6 comments

Leave a Reply