20201008 – PODCAST BOM DIA USA: Trump relativiza e mercado gosta. E mais: Match Group é o futuro dos relacionamentos? RPM e outros highlights

Podcasts
Tempo de leitura: 10 min

E para quem gosta de ler, aí está a transcrição do podcast. Esse é um podcast destinado aos clientes da Avenue. O texto aqui é apenas uma transcrição e Tais comentários não devem ser visto como qualquer tipo de recomendação de investimentos. 

**ONTEM**

Seguimos envoltos no sobe e desce de mercado. Ontem tivemos um dia de alta, depois que o presidente Donald Trump acenou para possíveis estímulos em um de seus “tweets”, pedindo para que o senado americano passasse uma ajuda para folha de pagamentos de companhias aéreas e uma ajuda para pequenas empresas. https://rb.gy/ygmey0

  • Economia: não tivemos nenhum dado relevantes. O PMI de Hong Kong ficou 47,7, melhor que o anterior que ficou em 44. Estoques de petróleo bruto que vieram piores que o esperado, com os estoques mais altos em comparação a projeção.
  • Dow: +1,91%
  • S&P: +1,74%
  • Nasdaq: +1,88%
  • Setores: Na quarta, destaque positivo para todos os setores: Biotech XBI com alta de (+3,20%) – destaque para Alexion (ALXN) +8%, ZaiLab (ZLAB) +6.4%; Neurocrine (NBIX) +5%, entre outras. Materiais XLB com alta de (+2,57%) – destaque para mineração com altas de 3% da BHP, 2.4% da Vale e 2.7% da Rio Tinto. Setor Industrial XLI também foi bem com alta (+2,21%) – destaque para Boeing (BA) +3.2%, 3M (MMM) +2.6% e Honeywell (HON) +2.8%.
  • Dólar: apesar do cenário de menor aversão a risco globalmente, o dólar encerrou o dia com leve alta, cotado a R$5,60 (+0,14%). No cenário interno, repercutiu as indecisões sobre o financiamento do novo programa social do governo, chamado “Renda Cidadã”…investidores ainda continuam temendo um possível furo no teto de gastos, que poderia prejudicar ainda mais a situação fiscal brasileira. https://rb.gy/mjoiam
  • Debate: ontem tivemos o debate dos vice presidentes o qual se mostrou muito mais ponderado e sem trocas de acusações ou insultos tão forte como foi o debate dos presidentes. Do lado republicano Pence defendeu a política externa ante terrorista e a guerra com a China; além de defender a rápida recuperação da crise; ele também atacou os democratas na questão da tributação das empresas e do trato com o tradicional setor de energia. Do lado democrata Kamala bateu na necessidade de mais benefícios sociais, no trato com a Covid; na postura do presidente Trump nas questões climáticas e com a Rússia. Ambos fugiram de falar sobre a questão da avançada idade dos 2 candidatos (ambos com mais de 70 anos). All in all, não me parece ter havido um vencedor, mas certamente um debate num nível melhor.

 

**HOJE**

  • Ásia: mercados mostraram tendência positiva, com exceção do Hang Seng, de Hong Kong, que caiu 0,20%. No Japão, o Nikkei +0,96%, o Kospi, da Coreia do Sul, +0,21%. Na China, os mercados seguem fechados por conta de um feriado local.
  • Europa: Na Europa, as bolsas estão predominantemente no campo positivo. O índice Euro Stoxx avança 0,39%. Ao mesmo tempo, o CAC, de Paris, sobe 0,19% e o FTSE MIB, da Itália, registra alta de 0,51%, enquanto o DAX, da Alemanha, sobe 0,41%. Já o FTSE 100, de Londres, perde 0,15%.
  • Futuros: Em Nova York, os índices futuros estão subindo. Os futuros do S&P 500 estão em alta de 0,43%, enquanto os do Dow Jones sobem 0,40%. Os futuros da Nasdaq avançam 0,62%.
  • Agenda: temos os Pedidos de Seguro Desemprego nos Estados Unidos – estimativas de 825 mil. Na Zona do Euro, nós temos declaração da política monetária do BCE. No lado de resultados, temos Delta Airlines (DAL) e Domino`s Pizza (DPZ).

 

**DESTAQUES DE ATIVOS**

 

RPM International (RPM)

Vamos começar com o resultado da RPM International (RPM), que divulgou seus resultados referente ao 1T21 (seu ano fiscal) no dia de ontem. A companhia fabricante de produtos químicos entregou uma receita de $5,5 bilhões de dólares, abaixo em apenas 1% quando comparado com o mesmo período anterior. Mas a empresa apresentou uma boa gestão dos custos e despesas – o CMV dela caiu 1,7% e o SG&A -3%. Logo, ela conseguiu entregar um EBIT (Lucro Operacional) melhor que o esperado e com alta de 13% no ano contra ano. Por fim o lucro líquido se mostrou melhor que o esperado encerrando em $305 milhões, alta de 14% no ano contra ano. Tudo por conta dessa boa gestão de custos e despesas. A RPM opera em 3 segmentos: Industrial, Especialidades e Consumidor. Em cada um desses segmentos ela tem uma gama ampla de pelo menos mais de 10 produtos. Para tentar entender um pouco, ela fornece revestimentos, selantes, espumas para indústrias, até pigmentos, restauração causada por fogo e acabamentos. Ela fábrica e fornece muitos produtos, grande maioria voltado para indústrias mesmo. Fundada em 1947 e com sede em Ohio. Ela chega a empregar mais de 14 mil colaboradores e em 2019. Atualmente, seu valor de mercado é de aproximadamente $11,3 bilhões. Ela esta inserida na indústria de especialidades químicas, ficando entre as 10 maiores da bolsa americana nesse segmento. No ano as ações sobem 14%.  https://rb.gy/ga8sjk

 

HIGHLIGHTS

Regeneron (REGN): As ações da Regeneron subiram 4.6% no after, depois que Trump disse que um coquetel de anticorpos foi a “chave” para sua rápida recuperação e que autorizaria seu uso.

Ações de aviação subiram com a possibilidade de socorro para o setor e também pelo upgrade de recomendação do JP Morgan para algumas empresas do setor – a JetBlue e a United.

Sunpower (SPWR): As ações da empresa de energia solar saltaram mais de 13% para máxima de 52 semanas depois que a Piper Sandler iniciou a cobertura das ações com recomendação de compra. Para os analistas da empresa a Sunpower é a aposta favorita no segmento e segundo eles ela tem “um caminho para gerar fluxo de caixa operacional positivo no curto prazo e diminuir a dívida ”

 

EMPRESAS DO FUTURO?

O futuro é sempre algo muito incerto e toda e qualquer previsão acerca dele é ainda mais. Mas vamos seguir com nossa série de empresas do futuro. Se no passado os pais escolhiam com quem os filhos iriam se casar, o mundo avançou bastante nesse sentido. Nos últimos digamos 20 anos vimos a ideia do relacionamento online crescer e cada vez mais se materializar. Então quem disse que no futuro esse não será o novo normal?

Pois bem, a MATCH GROUP (MTCH) aposta exatamente nisso!

O que faz: A Match Group é uma empresa de internet inserida na indústria de conteúdo e informação – mesma indústria de Facebook, Google, Snapchat entre outros. Eles são uma empresa de mídia e internet mas com um foco mais específico. Eles operam várias plataformas que te permitem encontrar seu parceiro ideal, seja para uma conversa, um relacionamento ou quem sabe apenas uma noite. Eles atuam com diferentes marcas mas a mais famosa é o Tinder. Sim eles são os donos do Tinder. Eles ainda atuam com outras marcas como Match, OkCupid, Pairs, PlentyOfFish, BlackPeopleMeet, entre outros. Eles oferecem seus produtos em 40 diferentes línguas, tem mais de 10MM de subscribers e apresentam umass estatísticas interessantes: o Tinder ainda é o aplicativo número 1 em downloads e de crescimento bruto no mundo; 40% dos relacionamentos nos EUA começaram de forma online; 60% dos relacionamentos que começaram de forma online se deram em um de seus aplicativos! Eles estão sediados em Dallas, Texas e um valor de mercado de quase $31 bilhões.

Números: A empresa de fato é um case de sucesso tendo apresentado um grande crescimento nos últimos anos e também a própria reinvenção da empresa. Isso porque o Match que da nome a empresa foi um app/site criado lá em 1995, mas foi o Tinder que trouxe de fato o crescimento exponencial para empresa. Bom de 2016 pra cá as receitas cresceram 22% aa atingindo $2.2 BI; o lucro operacional 27% aa e a geração operacional de caixa 25% aa, atingindo mais de $800 MM nos últimos 12 meses. Então dá para dizer que ela já possui um modelo de negócio testado. E diferente de outras empresas de tecnologia ela é lucrativa. Seu lucro cresceu 260% em 5 anos atingindo mais de 500MM em 2019. https://atom.finance/quote/MTCH/financials

Ações: Esse crescimento se refletiu no desempenho da ação que nos últimos 5 anos saltaram mais de 600%. Em 2020 as ações sobem quase 40%. Suas ações negociam a 40x lucros estimados para os próximos 12 meses. Entre as recomendações dos analistas 9 mandam comprar e 4 neutros. O Target médio segundo eles aponta para um potecial de valorização de ~10%. Comento mais dela na sala de análises.

 

 

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer: O conteúdo deste podcast é apenas para fins informativos, não serve como recomendação de compra ou venda de qualquer título na Avenue ou em qualquer outra conta. Ele também não é uma oferta ou venda de um título. Também não são relatórios de pesquisa e não servem como base para qualquer decisão de investimento. Todos os investimentos envolvem riscos e o desempenho passado não garante resultados ou retornos futuros.

Leave a Reply