20201023 – PODCAST BOM DIA USA: Gilead tem tratamento para Covid aprovado, AT&T cresce e Coca-Cola reporta seus números do trimestre

Podcasts
Tempo de leitura: 11 min

E para quem gosta de ler, aí está a transcrição do podcast. Esse é um podcast destinado aos clientes da Avenue. O texto aqui é apenas uma transcrição e Tais comentários não devem ser visto como qualquer tipo de recomendação de investimentos. 

 

**ONTEM**

Os mercados encerraram na quinta-feira em alta, repercutindo um tom ainda esperançoso de um possível pacote de estímulos. Na quinta-feira, a presidente do Congresso dos Estados Unidos, democrata Nancy Pelosi, afirmou que ela e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, estavam “quase lá” nas discussões sobre um novo pacote de estímulo. Por outro lado, disse que ainda poderia “levar um tempo” antes que a lei definindo o pacote fosse escrita e assinada. Além disse, dados recentes da economia americana, animaram os investidores.

  • Economia: Na quinta, tivemos pedidos de seguro-desemprego que vieram melhores que o esperado. Os pedidos iniciais ficaram em 787mil contra uma projeção de 860mil. Além disso, tivemos a venda de casas usadas, que cresceram 9,4% em setembro, bem acima da estimativa, que previa um crescimento de 5%.
  • Dow: +0,54%
  • S&P: +0,52%
  • Nasdaq: +0,19%
  • Setores: Ontem, destaque positivo para: Energia/Petróleo com o XLE saltando +4,09% e o XOP +5.24% – destaque para as altas de 5.1% da XOM; 6,17% da Suncor (SU); e 5.15% da EOG Resources. Biotechs também foram bem com alta de +2,81% no XBI – destaque para Jazz Pharma subindo 4% e Arena Pharma +5.7%. Setor de bancos foi outro que perfromou muito bem com os bancos regionais (KRE) saltando 4.75% e os bancões (KBE) +4.12%. Na ponta negativa, tivemos apenas Tecnologia XLK com leve queda de (-0,42%) – ações da AAPL foram o destaque negativo caindo 1%, além de ADBE -2.5%, CRM -1.8% e NVDA -1.2%.
  • Dólar: o dólar fechou em leve queda, cotado a $5,59 (-0,28%).

 

**HOJE**

  • Ásia: As bolsas na Ásia fecharam sem direção definida. Na China -1,04%, no Japão +0,18%; o Hang Seng Index, de Hong Kong, teve alta de 0,54%; e o Kospi, da Coreia do Sul, alta de 0,24%.

Os mercados europeus amanheceram em alta nesta sexta-feira (23), com bons resultados em empresas importantes dos setores bancário e automotivo. O banco Barclays (ADR sobe +6%) reportou lucro líquido de ~US$800MM, mais do que o dobro das expectativas. A fabricante de automóveis Daimler aumentou sua expectativa sobre os lucros de 2020. E a alta da demanda na China contribuiu para ampliar as margens da divisão de carros da Mercedes-Benz.

  • Europa: O Eurostoxx +0,52%; o Dax, da Alemanha, +0,66%; O CAC, da França, +1,08%; o FTSE MIB, da Itália, +0,98%.
  • Futuros: O índice S&P 500 futuro tem alta de 0,15%; o Nasdaq Futuro, de 0,09%; e o Dow Jones Futuro, de 0,23%.
  • Agenda: PMI Industrial e PMI de Serviços nos EUA as 10h45; na Zona do Euro o PMI da indústria surpreendeu positivamente ao passo que o de setor de serviços decepcionou.
  • Resultados: American Express (AXP), o banco Barclays (BCS), Expedia (EXPE), Phillips 66 (PSXP).

 

**DESTAQUES DE ATIVOS**

Coca-Cola (KO)

Coca-Cola (KO), que apresentou seu resultado referente ao terceiro trimestre de 2020 ontem e foi melhor que o esperado. Suas ações fecharam com alta de (+1,38%). A companhia informou uma receita de $8,6 bilhões, queda de 9% em relação ao 3T19, porém, melhor que o esperado. Ela comentou que a pandemia impactou algumas de suas principais marcas de bebidas…vale lembrar que diferente de outras empresas do ramo de bebidas, a Coca-Cola está exclusivamente em bebidas não alcoólicas. Sendo assim, ela acabou por sofrer um pouco mais por não ter outros segmentos para se proteger.

Mesmo assim, a empresa entregou um lucro por ação ajustado de $0,55/ação, melhor que o esperado pelos analistas, que era de $0,46 cents. Vale ressaltar, que esse lucro foi ajustado por impairments de ativos (ou seja quando ela tem que ajustar o valor dos ativos ativos que ela tem em seu balanço a uma nova realidade de mercado; ativos que possuem um valor de mercado inferior ao que está no balanço precisam ser depreciados eventualmente); fora isso o resultado ainda foi impactado por uma reestruturação que ela tem feito dentro dos seus negócios e maiores despesas com o corona.

Todas as quatros categorias da Coca-Cola reportaram queda de volume. Entretanto, os refrigerantes foram os menos afetados, com queda de 1%. O segmento mais atingido foi o segmento que ela tem tentado crescer mais, a parte de chás e cafés caíram o volume em 15%. A companhia comentou que percebeu uma melhora na demanda em relação aos trimestres anteriores. Todavia, continua ainda sendo impactada por não conseguir vender suas bebidas em cinemas, restaurantes e prédios comerciais, vendor machines, nos quais ela dependia muito.

A Coca-Cola foi fundada em 1886 e tem sede na Geórgia. Ela tem mais de 86k colaboradores e em 2019 e seu valor de mercado é de ~$218 bilhões. Suas ações caem 8% no ano e seu dividend yield atual é de 3.2%. Com um yield alto e considerando seu beta baixo, ou seja, ela tende a oscilar menos que o mercado, ela pode ser uma alternativa para investidores que querem menos emoções em seu portfólio. https://rb.gy/1dlbjy

 

AT&T (T)

Outra empresa que também divulgou seus resultados ontem, foi a de telecomunicações AT&T (T). Suas ações fecharam com alta de (+5,84%) após a companhia divulgar um resultado dentro das estimativas. A empresa comentou que seu segmento de mídia foi fortemente impactado pelo Covid-19, mas que ao mesmo tempo, foi compensado com ganhos fortes em novos assinantes de telefone, que ficaram interessados na oferta de assinar seus planos e levar junto a assinatura do seu serviço de streaming HBO MAX. A AT&T entregou uma receita de $42,3 bilhões, superando as estimativas, mas com queda de 5,1% no ano contra ano. Como eu tinha dito anteriormente, a WarnerMedia foi bastante impactada. Mas foi compensada com a adição de 645mil novos assinantes de seus serviços de telefonia. Melhor do que o esperado, os analistas esperavam -9mil assinantes. Ela entregou um lucro por ação de $0,76 cents, queda de 20% no ano contra ano, mas melhor que o esperado. Vale ressaltar, que no ano passado, ela passou o ano tentando crescer no segmento de mídia para diversificar as suas receitas. Ela comentou que tem 38 milhões de assinantes do HBO premium. E no HBO Max, agora ela conta com 57 milhões de assinantes, batendo sua meta de 2021 um ano antes. Ela gerou um fluxo de caixa livre de $8,3 bilhões e divulgou um Payout para dividendos de 45%. Lembrando que, Fluxo de Caixa Livre, de forma de resumida, ele nada mais é que a soma do fluxo de caixa operacional mais o fluxo de caixa dos investimentos, logo chegamos neste indicador que mede a geração de caixa livre da companhia, que poderia ser usada para remunerados os investidores ou pagar os credores. Para quem não conhece a AT&T, ela é uma companhia de telecomunicações e streaming (agora), fornecendo serviços de telefonia (pós pago e pré-pago), serviços de mídia (streaming e canais) e serviços wireless (4G, 5G). Fundada em 1983 e com sede no Texas. Em 2019 teve receitas de mais de $180 bilhões; seu valor de mercado é de ~$200BI; suas ações acumulam queda de 27% no ano com investidores um tanto quanto céticos com a capacidade da empresa em crescer e competir no streaming. Por conta dessa queda seu dividend yield hoje é um dos mais altos do S&P500 em mais de 7%. https://rb.gy/mkblgb

 

GILEAD (GILD)

A U.S. Food and Drug Administration, agência americana responsável por aprovar medicamentos antes de chegarem ao mercado, aprovou o antiviral remdesvir, da sGilead Sciences, como tratamento para a Covid-19. Ele será vendido com o nome de Veklury, e é o primeiro tratamento contra o coronavírus completamente aprovado pela agência durante a pandemia. Até então, vinha sendo usado emergencialmente. Em maio, o FDA concedeu ao medicamento uma autorização de uso emergencial, permitindo que hospitais e médicos o usassem em pacientes hospitalizados com a doença, mesmo que o medicamento não tivesse sido formalmente aprovado pela agência. O medicamento intravenoso ajudou a reduzir o tempo de recuperação de alguns pacientes Covid-19 hospitalizados. Foi um dos medicamentos usados para tratar o presidente Donald Trump, que testou positivo para o vírus no início deste mês. Remdesivir foi aprovado ou autorizado para uso temporário como tratamento Covid-19 em aproximadamente 50 países em todo o mundo, de acordo com a empresa. Remdesivir, agora sob a marca Veklury, custa US$ 2.340 para um tratamento de 5 dias para pessoas cobertas por programas de saúde do governo e outros países, e US$ 3.120 para pacientes norte-americanos com cobertura privada de saúde. Em agosto, a empresa disse que planejava produzir mais de 2 milhões de tratamento de remdesivir até o final do ano e antecipou ser capaz de fazer “vários milhões a mais” em 2021. A aprovação levou as ações a subirem 5.5%. Vale lembrar que o tratamento não significa uma vacina e que o mesmo só pode ser usado em hospitais. A Gilead é uma das maiores empresas de biotech do mercado americano, com um Market cap de 76BI e receitas da ordem de mais de US$22BI em 2019. As ações dela acumulavam queda de 6% até ontem, por conta do receio com as oportunidades de crescimento da companhia, talvez agora as ações respondam positivamente a essa notícia.

 

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer: O conteúdo deste podcast é apenas para fins informativos, não serve como recomendação de compra ou venda de qualquer título na Avenue ou em qualquer outra conta. Ele também não é uma oferta ou venda de um título. Também não são relatórios de pesquisa e não servem como base para qualquer decisão de investimento. Todos os investimentos envolvem riscos e o desempenho passado não garante resultados ou retornos futuros.

os futuros.

Leave a Reply