20201104 – PODCAST BOM DIA USA: Nada de resultado da eleição e mercado segue volátil. E mais: Alibaba, Ferrari e Wayfair

Podcasts
Tempo de leitura: 11 min

 

E para quem gosta de ler, aí está a transcrição do podcast. Esse é um podcast destinado aos clientes da Avenue. O texto aqui é apenas uma transcrição e Tais comentários não devem ser visto como qualquer tipo de recomendação de investimentos. 

 

**ONTEM**

Ontem tivemos um dia muito positivo na bolsa americana. Parece que os investidores acordaram do halloween da semana passada e para o fato de que seja quem ganhe, virar a página é preciso. E, fazendo isso, teremos espaço para voltar a falar do pacote de ajuda a economia, ponto consensual entre ambos os partidos, os quais discordam mais em tamanho do que na necessidade do mesmo.

  • Dow: +2.06%
  • S&P: +1.8%
  • Nasdaq: +1.85%
  • Setores: o setor varejo foi bem ontem com o XRT +3.5% – destaque para Urban Outfitters (URBN) +5.3%, TJX +4.4%, LULU +3.7% e Ross Dress for Less (ROST) +3.4%. O setor industrial também teve forte alta com o XLI subindo 2.95% – destaque para GE+4.4%, HON +3.2% e Rockwell Automation (ROK) +3.25%. E o setor de biotech também foi outro com bom desempenho com o XBI subindo 2.71% – destaque para algumas empresas menores como a Reata (RETA) +5.9%, Amicus (FOLD) +6.9%, Adaptive Biotech (ADPT) +5.2%. Quem não foi muito bem foi o setor de energia/petróleo caindo depois da forte alta de ontem – XOP -0.8% e o XLE -0.6%.
  • Dolar: apesar do bom humor e apetite a risco o dólar voltou a subir fechando em R$ 5,762 com alta de 0.42%

 

**HOJE**

Ainda não chegamos a uma definição da eleição. Ainda estamos em processo de contagem em estados chave, os chamados estados pêndulos que não tem uma tradição bem definida de votar em um ou outro candidato. Portanto a eleição segue indefinida com contagens ainda em processo e sem vantagem clara para um dos candidatos em estados decisivos. Algumas coisas algora parecem mais claras ao menos: (i) aumentam as chances de termos um pleito contestado  Trump já falou de ir a suprema corte; (ii) reduz-se a ideia de uma blue wave com os democratas levando câmara, senado e presidência; (iii) mais uma vez as pesquisas parecem que não conseguiram capturar o total da realidade com a diferença sendo bem menor do que aquela apontada nas pesquisas.

 

  • Dólar tem alta forte contra maioria das moedas emergentes, com peso mexicano em queda de quase 2%; rand e lira perdem mais de 1%. Índice de moedas emergentes tem maior queda desde março.
  • Ásia: bolsas na asia fecharam a maioria em alta com exceção feita a HK com queda de 0.21%. Mas no Japão alta de 1.7%, India +0.9%, Cingapura +0.7% e China +0.2%
  • Europa: tom positivo agora pela manha com Alemanha +0.2%, UK +0.4% e França +0.5%; só a Espanha que cai 0.8%.
  • Futuros: ainda muito incertos…com dow em queda de 0.2%; S&P alta de 0.4% e o Nasdaq saltando 2% com a ideia de: “na dúvida, o mercado corre para o trade que veio dando certo que é a aposta nas big techs”..mas a tônica é ainda de muita volatilidade.
  • Agenda: variação de empregos privados ADP 10h15; PMI de serviços e estoques de petróleo as 12hs
  • Resultados: temos grandes nomes, todos divulgando depois do fechamento. Qualcomm, Mercado Libre, Metlife, Match Group, Baidu na China … apenas uma grande divulgando agora pela manhã, os hotéis Hilton.

 

**DESTAQUES DE ATIVOS**

 

FERRARI (RACE) https://rb.gy/zqehyv

A empresa do cavalinho rampante tem suas ações negociadas na bolsa americana sob o código de RACE. Ferrari apresentou seus resultados referente ao 3T20 e bateu as estimativas dos analistas. Suas ações fecharam com alta de (+7,1%), após a companhia divulgar números melhores que o esperado. Uma receita de €888 milhões, queda de 3% no ano contra ano. Apesar das entregas de carros terem caído 6,5% vs 3T19, por conta das dificuldades de atendimento logístico em meio a realidade de pandemia. Olhando para a queda, é possível ver que Americas no geral, caíram 34,7% e China Continental (Hong Kong e Taiwan) registraram uma redução de 25,2%. Porém, EMEA cresceu 12,7%. Ela conseguiu entregar um lucro por ação de €0,92 cents, batendo as estimativas e crescendo 2,2% no ano contra ano. Entregou também um EBITDA (proxy para o fluxo de caixa operacional) de €330 milhões, alta de 6,4%.

Acontece que a Ferrari foi pouco impactada por estar em um segmento de luxo. Quem compra este tipo de produto, geralmente, não para de consumir em momentos de crise. Fora que a presença física tem a sua importância, mas não necessariamente é o que define a compra. Você não sai parar passear de decide comprar uma Ferrari….logo o lockdown acaba tendo um impacto menor do que em outras montadores. Além disso, o comprador da Ferrari não necessariamente usa o carro como o meio de locomoção diário, logo sua demanda também não está atrelada a necessidade de locomoção, de ir trabalhar no escritório por exemplo. E como ela não precisa de escala para vender seus produtos, ela consegue agregar muito valor a sua marca, o que compensa a não necessidade de giro. Olhando para o futuro, a companhia comentou espera um ebitda ajustado de €1,12 bilhão para o final de 2020.

Acho que a Ferrari, despensa muitas apresentações né? Mas por curiosidade, ela não vende só carro, ela oferece serviços de manutenção e vende produtos relacionados a sua marca, vestuário e acessórios mesmo. Fundada 1947 e com sede na Itália. Ela emprega pouco mais de 4mil colaboradores e em 2019, chegou a entregar cerca de €4,2 bilhões em receitas anuais. Atualmente, o seu valor de mercado é de aproximadamente $36,3 bilhões de dólares e as ações +18% no ano.

 

WAYFAIR (W)

A companhia que fornece um comércio eletrônico para diversas marcas, Wayfair (W), divulgou seus resultados ontem. Para quem não conhece a Wayfair, ela é uma companhia de comércio digital que vende diversas marcas, chegando a mais de 14 milhões de produtos voltados para o lar, como decorativos, utensílios domésticos e móveis. Ela foi fundada em 2002 e tem sede em Massachusetts. Em 2019, entregou cerca de $9,1 bilhões em receitas anuais e seu valor de mercado é de aproximadamente, $26,1 bilhões. Falando do seu resultado, ele se mostrou melhor que o esperado e com isso suas ações fecharam com alta de +7,2%. A companhia passou a focar mais na América do Norte e na Europa, notando que mais clientes compravam mais de uma vez nessas regiões. Além disso, focaram mais em marketing e ciências de dados para ter melhor entendimento sobre suas ações. Isso fez com a companhia encerrasse o trimestre com uma receita de $3,8 bilhões, alta de 66,5% no ano contra ano e também batendo as estimativas. O número de clientes diretos no trimestre atingiu 28,8 milhões, um crescimento 51% no ano contra ano também. Sendo que o número de clientes, comprando pela segunda vez ou mais, cresceu para 71,9% ante 67,3% no 3T19.  Sendo assim, ela entregou um lucro por ação de $2,3 dólares ante um prejuízo de $2,23 dólares no terceiro trimestre de 2019. A Fluxo de Caixa Livre ficou em $255 milhões, tendo uma melhora significativa em relação ao mesmo período anterior. Lembrando que, Fluxo de Caixa Livre, de forma de resumida, é a soma do fluxo de caixa operacional com o fluxo de caixa dos investimentos, logo ele mede a geração de caixa livre da companhia, que poderia ser usada para remunerados os investidores ou pagar os credores. A companhia comentou que no terceiro trimestre, as vendas continuaram boas, mas não na mesma intensidade que foram vistas no primeiro e no segundo trimestre. Porém, ela espera que no quarto trimestre, com as festas de final de ano, as vendas voltem com muito mais força. No ano suas ações saltam 200% sendo uma das ações que mais subiram entre as varejistas de internet que contam com nomes como: Farfetch (FTCH), Chewy (CHWY), MercadoLibre (MELI), Etsy (ETSY).

https://rb.gy/aqufbe

 

ALIBABA (BABA) https://rb.gy/h3sd9c

As ações caíram 8% ontem depois que a oferta pública inicial do Ant Group em Xangai e Hong Kong foi suspensa. A Alibaba detém aproximadamente 33% do Ant Group. E a propósito, muitas pessoas perguntaram se poderiam participar desse IPO através da Avenue. Não, não é possível pois ele vai se dar nas bolsas asiáticas. Ontem a a Bolsa de Valores de Xangai explicou por que suspendeu o IPO. Segundo a bolsa a Ant relatou “questões significativas, como as mudanças no ambiente regulatório de tecnologia financeira”, de acordo com uma tradução da CNBC do comunicado do mandarim. “Esses problemas podem fazer com que a empresa não atenda às condições de listagem ou aos requisitos de divulgação de informações.” Pouco depois, o Ant Group disse que a listagem das ações de Hong Kong também será suspensa. O Ant Group estava se preparando para levantar cerca de US$ 34,5 bilhões nesse que teria sido o maior IPO da historia. Ela estava planejando uma listagem dupla em Xangai e Hong Kong na quinta-feira. Em uma declaração à CNBC, um porta-voz do Ant Group se desculpou pela suspensão de seu IPO e trabalhará nas questões regulatórias com as bolsas de valores de Hong Kong e Xangai.

 

 

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer: O conteúdo deste podcast é apenas para fins informativos, não serve como recomendação de compra ou venda de qualquer título na Avenue ou em qualquer outra conta. Ele também não é uma oferta ou venda de um título. Também não são relatórios de pesquisa e não servem como base para qualquer decisão de investimento. Todos os investimentos envolvem riscos e o desempenho passado não garante resultados ou retornos futuros.

Leave a Reply