20201123 – PODCAST BOM DIA USA: Mercados retomam as esperanças, AstraZeneca anuncia vacina, Games e Resultado McAffe e Foot Locker

Podcasts
Tempo de leitura: 13 min
E para quem gosta de ler, aí está a transcrição do podcast. Esse é um podcast destinado aos clientes da Avenue. O texto aqui é apenas uma transcrição e Tais comentários não devem ser visto como qualquer tipo de recomendação de investimentos. 

**ONTEM**

Vamos falar do fechamento de sexta! Os mercados encerraram o último dia da semana passada em queda após temores de maiores restrições e do aumento de casos do Covid-19 em diversos países. Assim como, os impasses de um pacote de estímulos mais amplo nos Estados Unidos.

 

 

  • Dow: -0,75%
  • S&P: -0,68%
  • Nasdaq: -0,42%
  • Setores: Na sexta, destaque para os setores: Biotechs XBI com alta de (+0,78%) e Utilities XLU com alta de (+0,02%). Já na ponta negativa, a gente teve Tecnologia XLK com queda de (-1,04%), Bancos XLF com queda de (-0,89%) e Industrial XLI com queda de (-0,89%).
  • Economia: No último dia da semana passada, a gente não teve nenhum dado relevante.
  • Dólar: Sexta-feira, o dólar encerrou o dia em alta, cotado a R$5,38 (+1,36%). No cenário externo, repercutiu o impasse fiscal dos Estados Unidos e o aumento de casos do Covid-19 em diversos países. No cenário interno, o Banco Central brasileiro realizou um leilão de swap cambial tradicional para rolagem de até 12mil contratos. Porém, os investidores ainda estão de olho na situação fiscal do país, que permanece frágil. https://rb.gy/h1z6jq

 

**HOJE**

  • Ásia: No continente asiático, as ações operaram em um misto nesta madrugada, com os investidores de olho no desenvolvimento do vírus em outros países. O índice de Shangai subiu (+1,09%) na sessão, enquanto a Nikkei (do Japão), caia leve (-0,42%).
  • Europa: Na Zona do Euro, as ações abrem em alta, repercutindo a notícia da AstraZeneca em parceria a universidade de Oxford, que reportou uma média de eficácia de 70% em suas vacinas. Isso fez com que os mercados europeus se animassem e retomassem para a esperança de uma vacina ainda este ano. Logo, a Euro Stoxx subia (+0,77%), hoje às 7:30h da manhã no horário de Brasília. Enquanto a DAX (índice alemão) subia (+0,90%), já a CAC 40 (índice francês) subia (+0,74%) e a FTSE100 (Inglaterra) subia (+0,38%).
  • Futuros: Os principais índices futuros americanos amanheceram em alta, repercutindo as mesmas notícias positivas. O futuro do S&P500 subia (+0,66%) e o futuro do Dow Jones subia (+0,74%), também às 7:30h da manhã.
  • Agenda: Hoje temos PMI Industrial nos Estados Unidos e na Zona do Euro, como os únicos dados relevantes do dia. Já do lado dos resultados, nós temos a corretora TD Ameritrade (AMTD) e uma das agências de viagens mais famosas da China que é a TRIP (TCOM).

 

 

**DESTAQUES DE ATIVOS**

 MICROSOFT (MSFT) E SONY (SNE)

Vamos começar hoje com uma notícia do mundo dos games. Aproveitando o lançamento do Xbox Series X/S e do PS5 no dia de 19 de novembro. Vou falar de uma notícia que a CNBC divulgou no dia 20 de novembro e falou sobre tanto a Microsoft quanto a Sony, podem arrecadar $45 bilhões de dólares ainda este ano com vendas de consoles.

De fato pessoal, o Playstation 5, ele praticamente esgotou no país. Vi diversos amigos e conhecidos falando das dificuldades de se arranjar um para comprar pós lançamento. Algumas pessoas conseguiram comprar 1 mês antes na pré-venda e garantiram o seu. Mas a Sony, já comentou que não esperava que a demanda fosse tão alta assim pelos seus consoles de cara. Parece que a mudança de geração mais o isolamento social, tem sido uma combinação muito boa para os vídeos games ainda.

Outro ponto interessante, é que pela primeira vez, os hardwares podem se tornar lucrativos para essas companhias. No passado, muitas delas perdiam dinheiro vendendo consoles, mas tentavam equilibrar as contas ao vender jogos, conteúdos adicionais e assinaturas.

Primeiro, que essa geração é um pulo para quem precisava de uma performance muito boa para jogar. Eu consegui pegar na pré venda e utilizar e pessoal, não é propaganda e nem nada. Mas, a sensação que eu tive foi a mesma que a CNBC comentou. O console é gigante, quando você tira ele dá caixa, parece mais uma CPU, ele é muito rápido e suporta até 8K, se sua TV for uma QLED de última geração. Estamos falando de um processamento de gráfico muito alto, um SSD de ponta e extremamente rápido, um catálogo de jogos extenso logo no primeiro dia (sim, eu assinei a PS Plus de cara, com 25% de desconto e tive acesso a diversos jogos triple A que eu não joguei no PS4 de volta, logo no day one) e uma infinidade de novos projetos que ainda vão ser lançados para o console.

Essa consolidação das assinaturas mais jogos digitais, trouxeram um ecossistema muito forte para essas companhias. O lançamento de Games Pass dos dois lados, contribuem para formar uma base de clientes e jogadores cada vez mais consolidada e chama mais a atenção de pessoas que nunca tiveram um console e agora podem ter acesso a milhares de jogos de uma vez só. Além disso, o foco nos jogos exclusivos deve aumentar bastante nos próximos anos, o que ajuda ainda mais a na concorrência entre Microsoft e Sony. Sendo analistas da CNBC, o PS4 vendeu melhor que o XBOX One devido a maior variedade de exclusivos. https://rb.gy/guv5ot

 

MCAFFE (MCFE)

Agora vamos falar de uma companhia que oferece programas de proteção para computadores. Eu vou comentar o resultado da McAffe (MCFE) que apresentou seus resultados referentes ao terceiro trimestre e a companhia ter batido as estimativas. Apesar de que na sexta, suas ações encerraram com queda de (-3,4%).

A companhia conseguiu atingiu o breakeven (ponto de equilíbrio) no primeiro report de resultado após seu IPO (que foi em outubro). O que é muito bom pessoal. Entregou uma receita de $728 milhões, um crescimento de 10% no ano contra ano. No segmento de consumer (consumidor), a receita aumentou 23% no ano contra ano, para $395 milhões.

O número de assinantes dos seus programas aumentou 2,4 milhões, um crescimento de 16% em relação ao mesmo período anterior e totalizando agora, 17,3 milhões de subscribers. Ela foi beneficiada por conta da pandemia também, já que mais empresas passaram a dar valor para programas voltados para segurança cibernética.

Sendo assim, ela conseguiu entregar um lucro de zero dólares. É isso mesmo galera, ante um prejuízo de $9 milhões no terceiro trimestre de 2019. Por isso ela comenta que chegou no seu ponto de equilíbrio. Mesmo assim, olhando o EBITDA, ela encerrou com $256 milhões, uma alta de 26% frente ao mesmo período anterior.

Para finalizar a parte do McAffe, ela conseguiu uma parceria com as 3 maiores provedoras de telecomunicações nos Estados unidos para oferecer proteção de dados. Além disso, expandiu suas relações com a Amazon, ofercendo com exclusividade seus programas para algumas pequenas empresas que usam o serviço de prime business da Amazon. No mais, a companhia comentou que espera uma receita para o quarto trimestre entre $732-742 milhões de dólares.

Para quem não conhece a McAffe, ela é uma companhia famosa por oferecer seus antivírus para sistemas operacionais. Porém, ela vai além disso, oferecendo uma gama de produtos para segurança cibernética e atendendo desde pequenas empresas até grandes corporações e até o governo americano.

Ela é uma companhia jovem, fundada em 2016 e com sede na Califórnia. Ela emprega pouco mais de 6800 colaboradores e atualmente, tem um valor de mercado de aproximadamente $6,8 bilhões. https://rb.gy/livcfl

 

FOOT LOCKER (FL)

A última companhia para comentar, é uma varejista de roupas esportivas e calçados. A Foot Locker (FL) apresentou seus resultados do terceiro trimestre na sexta também e bateu as estimativas. Mesmo assim, suas ações encerraram com queda de (-5%) no último dia da semana passada.

A varejista reportou uma receita de $2,11 bilhões, batendo as estimativas e com alta de 9,3% no ano contra ano. As vendas de mesmas lojas (SSS), que mede a eficiência de lojas que já existem a 12 meses ou mais, aumentaram em 7,7%. Batendo com folga o consenso, que esperava uma queda de 1,2%.

Mesmo apresentando um crescimento de receita, ela acabou entregando uma margem bruta de 30,9%, com queda em comparação ao mesmo período anterior, mas batendo as estimativas. O ponto positivo, é que ela conseguiu diminuir as despesas gerais e administrativas em 120bps e agora representam apenas 20% das vendas.

Ela foi outra companhia fortemente impactada pelo Covid-19, pois dependia muito de suas lojas físicas. Agora no terceiro trimestre, com praticamente todas as lojas abertas, ela vem conseguindo operar melhor. Todavia, ela acabou fechando mais lojas e encerrou o trimestre com 3032 lojas ante 3129 lojas no mesmo período anterior, uma queda de 97 lojas. De qualquer maneira, excluindo alguns itens não recorrentes, ela a encerrou com um lucro por ação ajustado de $1,21 dólares, batendo as estimativas e com alta 7% frente ao terceiro trimestre de 2019.

A companhia encerrou com quase $2 bilhões em liquidez, que poderia ser usado para pagar suas obrigações. Porém, essa quantia só pagaria um pouco menos da metade de dívida total dela (tanto curto prazo, quanto longo prazo). Pelo menos, quitaria todo o curto prazo dela, o que não perece ser um problema. Ela acabou dando nenhum guidance (projeção) sobre seus resultados futuros, o que pode ter deixado o mercado mais receoso e por isso suas ações sofreram na sexta.

Para quem não conhece a Foot Locker, ela é uma varejista que vende roupas e calçados esportivos. Sob as marcas Foot Locker, Champs Sports, Runners Point e Sidestep. Com pouco mais de 3mil lojas e operando em 27 países diferentes. Ela foi fundada em 1879 e tem sede em New York.

Ela emprega pouco mais de 15.500 colaboradores e em 2019, entregou uma receita anual de $8 bilhões. Atualmente, o seu valor de mercado é de aproximadamente $4,1 bilhões. https://rb.gy/yizwwk

Vou ficando por aqui pessoal, hoje tem sala de análise as 9:30 com o William Castro Alves. E as 10:15 com o Bo Williams, passando em vários gráficos. Quem quiser me seguir nas redes sociais, o meu instagram é @brenobonani e o twitter é @breno_bonani. E quem quiser seguir o William no twitter ou instagram é @willcastroalves. Por fim, desejo a todos um excelente dia e um ótimo começo de semana! Forte abraço!!

Era isso.
Aquele Abs.

Twitter: @willcastroalves
Instagram: @willcastroalves
Linkedin: William Castro Alves

Disclaimer: O conteúdo deste podcast é apenas para fins informativos, não serve como recomendação de compra ou venda de qualquer título na Avenue ou em qualquer outra conta. Ele também não é uma oferta ou venda de um título. Também não são relatórios de pesquisa e não servem como base para qualquer decisão de investimento. Todos os investimentos envolvem riscos e o desempenho passado não garante resultados ou retornos futuros.

Leave a Reply