20201214 – Tônica da Semana: BOLHAS? ADAPTABILIDADE? NOVO NORMAL?

Bolsas, Brasil, Emergentes, Empresas

Resultado Taurus Armas (TASA4) 1T22 – PREPARADA PARA CONTINUAR CRESCENDO!

11/05/2022

Bolsas, Brasil, Empresas

Resultado Sequoia (SEQL3) 1T22 – Entregando tudo!

06/05/2022

Bolsas, Brasil, Empresas

Resultado Suzano (SUZB3) 1T22 – Resultado bom, mesmo com o vento contra!

05/05/2022

Bolsas, Brasil, Empresas

Resultado 3R Petroleum (RRRP3) 1T22 – Crescimento que não acaba!

04/05/2022

Empresas EUA, EUA, Morning Dive

22052022 - Morning Dive: Adiantaram o "Sell in may and go away?!"

02/05/2022

Bolsas, Brasil, Empresas

5 OPORTUNIDADES PARA SE OLHAR ESTE ANO!

14/04/2022

6 comentarios

  • Bom dia Will. Parabéns pelo seu trabalho. Gosto muito dos seus comentários, acompanho a tônica e seus posts no Instagram! Tenho uma dúvida que talvez você não consiga me responder por texto, então fica ai uma sugestão de tema.
    Não conheço muito a dinâmica do mercado americano, mas faço um paralelo aqui com o Brasil. Quando o Tesouro emite um título de dívida ele possui vencimento e em determinado momento precisa recomprá-lo ou então rolar. Neste momento o mercado pode aceitar ou não as taxas e gerar um certo stress na rolagem tendo que determinadas vezes aumentar os prêmios em detrimento dos riscos (modo simplista de dizer).
    E no mercado americano? Essa injeção de grana no mercado uma hora não vence? Não pode haver algum stress neste momento? Não existe compromisso de recompra?
    Obrigado. Abs,

    • Obrigado pelo elogio e confiança Vagner.
      Acontece que a injeção não se dá somente através da venda de títulos.
      Gov americano de fato abriu a impressora e deu $ a população. Fora isso comprou títulos do mercado e deu a este dinheiro.
      São alguns instrumentos de politica monetária.
      Sobre a demanda, o USA ainda é o cofre do mundo né e isso dá a eles uma boa segurança nessas rolagens de dívidas.
      Abs

Deixe uma resposta