Grandes Investidores: Jesse Livermore, um dos maiores traders do mundo

Geral

Conheça o Modelo de Yale e saiba como aplicá-lo em sua carteira

10/05/2021

Geral

O que o aumento da Selic afeta em seus investimentos? Em nada!

10/05/2021

Geral

Tônica da Semana: Eu tenho tanto, pra lhe falar...

10/05/2021

Bolsas, Brasil

Morning Dive: Economia dos EUA, temporada de resultados e dividendos!

10/05/2021

Geral

5 lições de Warren Buffett em sua convenção anual

03/05/2021

Geral

Coisas para monitorar nos resultados dos grandes bancos

03/05/2021

4 comentarios

    • Boa tarde Yan! Tento usar análise gráfica para entrada de ativos, para o “timming”, o momento de se entrar ou sair de um ativo e análise fundamentalista para escolher o que comprar. Já realizei trades, mas isso é comprovado que não dá dinheiro no longo prazo e de maneira consistente. Não há nada maior que juros compostos e isso demanda tempo para acontecer, ao contrário de trades.
      Sendo assim, o melhor é ser investidor ao meu ver e faço isso com um Clube de Investimentos que cuido através de uma gestora, onde no ano, o retorno está acima dos 34% no momento contra 14% do Ibovespa. FOcar em ativos com geração de caixa, alto ROE, ROIC, mesclando em uma carteira ativos focados em valor e algumas apostas é o ideal.
      Sucesso Yan e obrigado pelo envio da pergunta!

Deixe uma resposta