Quando essa (S) crise (S) irá (ão) Acabar

Geral

As 5 maiores mudanças na economia global no pós-pandemia

19/04/2021

Geral

TÔNICA DA SEMANA: Bolha nos EUA? Mercado muito caro?

19/04/2021

Tônica do Dia

INFLAÇÃO: O DRAGÃO QUE VOLTOU A ATACAR O PAÍS

12/04/2021

Morning Dive

MORNING DIVE 12/04/21

12/04/2021

Geral

Ações boas para Cachorro! (artigo "divertido"​)

05/04/2021

Geral

Investir em ações não é investir em Ibovespa

05/04/2021

Posts Relacionados

17 comentarios

  • Olá Eliseu,
    amigo, vejo essa euforia altista das bolsas ultimamente puro delírio…
    As economias mundiais estão praticamente quebradas ou paralisadas em quase todos os setores e aspectos pela pandemia, que dispensa detalhes.
    E pra variar aqui, temos um caos inimaginável sanitário, econômico, político ao mesmo tempo!
    Pra mim o mercado está cego, irracional e totalmente sem fundamentos. E pesadas quedas ainda virão. Ou será que ele já precificou notícias como esta?
    https://veja.abril.com.br/saude/pandemia-de-coronavirus-provavelmente-durara-2-anos-dizem-especialistas/

    Logo, o mercado experimentará seu próprio refrão clássico:
    “Sobe no boato cai no fato”.
    Abs.

    • Fala Cicero! obrigado pelo comentário. Quando temos uma convicção temos que agir de acordo.. se estás convicto que economia irá piorar mais que os 6-7% de queda de PIB que o mercado já estima, então o jeito é entrar vendido, comprar dolar, o que for, mas sempre seguir sua convicção.. não sei o que vai acontecer no mercado, daqui 10 dias, 1 mês, 1 ano.. só vejo estudos passados e o que dá para concluir é que sempre temos que estar no mercado com mais ou menos percentual em renda variável de acordo com o nosso perfil de investimento.

      Focar no que podemos controlar é a melhor maneira de agir em crises e isso significa focar nos ativos e procurar saber mais das empresas que investimos. Uma outra coisa é que quando o cenário esiver claro e não tivermos dúvidas, o preço vai ser bem acima dos 70-80 mil pontos. abraços Cícero e ótima semana

      • Sim Eliseu grato.
        Penso q haverá muitos incêndios ainda em várias frentes e setores, apertando as bolsas (mesmo q o vírus terminasse sua destruição HOJE), por isso estou pensando seriamente em aumentar minha posição em ouro-dolar.
        Não fiz nada nos últimos incêndios, nem venda nem compra, apenas uma troca.
        (Acho q segui a tática do Buffet sem querer rsrs..).
        A volta da guerra comercial sino-americana seria mais um incêndio ou consequência do vírus, de difícil apagamento que já durava anos!
        Achar e manter ações em empresas resilientes a tudo isso não envolve mais somente fundamentos, mas também orações!
        Abs.

        • Bom dia Cícero! Aquilo que conversamos: seguros são ideais para pegar quando não precisamos deles! Ouro e dólar são considerados seguros. Fiz algumas trocas também, esperei mais para agir na carteira e clubes da gestora que eu sou fundador, mas andando similarmente ao Ibovespa. Legal saber o que tens feito.
          Abraços e obrigado

    • Entendi.
      Imagino então que vocÊ esteja carregado de ouro, caixa e umas posições vendidas, correto? Já que está tão pessimista assim…
      Só pra eu entender mesmo. No ofense

  • Cash is King…
    Se o Buffet, que aliás compra EUA e não açōes, está sentado no maior caixa de sua vida e não compra nada, deve haver algum motivo.
    Diferentemente de outras crises, essa não respeita fronteiras e o software e hardware das lideranças não parece adequado.
    De resto, falar que caiu muito em dólar e/ou manutenção dividendos futuros é querer acertar a Lua com estilingue.
    O dinheiro para aportes é menos que marginal, a grana já está lá e mal parada. Foi um.massacre.
    Bolsa é fluxo, não valor.
    Sem buybacks nos EUA a festa acaba, simples assim, e o Brasil vai sentir.

    • Mauro, bom dia! sim, cash vem se demonstrando uma boa até o momento, só temos que cuidar para não perder oportunidades!Equilíbrio sempre!

      Ninguém possui bola de cristal, por isso focar objetivamente no mercado, e o fato é que em dólar estamos em 2005 e o lucro, colocando em dólar, mais do que dobrou. Temos uma queda no preço e um aumento no valor, assim como reforço da empresa com melhoria no patrimônio (incorporação de parte dos lucros desde 2005 no patrimônio líquido). Comentei do preço agora em ações em dólares, porque foi a partir de março que dólar disparou e cotações das empresas caíram.
      Sobre bolsa ser fluxo, concordo, mas isso no curto prazo. Cuidar para não criarmos vieses, como por exemplo, o fato de que estrangeiros têm fluxo negativo ano passado e esse ano e bolsa subiu 31% ano passado mesmo assim.
      Sobre os buybacks, concordo, ficaram restritos, proibidos em muitos casos, porém o FED colocou 6% do PIB em grana em 60 dias aproximadamente e esse capital tem ido parte para ativos como ações nos EUA, por isso lá cai no momento 8-12% dependendo do índice, subindo 12% apenas em abril, alta maior que a bolsa brasileira, que além das duas crises incluiu a crise política. Concordo que o Brasil não é uma ilha e tende a sofrer, mas lembro que bolsa brasileira já cai 33% no ano (no momento).
      Espero ter contribuído e valeu o comentário! valeu!

    • Discordamos na essência.
      Bolsa é valor…o preço converge para isso…e o curto prazo não sabemos.
      Imagino que você tenha uma carteira com caixa, ouro e posições vendidas se está tão pessimista assim?
      abs

Deixe uma resposta